conecte-se conosco


Registro Geral

MPF define destinação de recursos a serem pagos pela UHE de Sinop; confira os valores e beneficiados em Mato Grosso

Publicado

Acordo judicial que definiu o valor de R$ 4 milhões foi firmado no mês de outubro, em Mato Grosso, que irá beneficiar ações em defesa do meio ambiente na região

O Ministério Público Federal em Sinop (MPF/MT) e a Companhia Energética Sinop S/A assinaram o termo de aditamento do Acordo Judicial, resultante de uma ação civil pública, que prevê o pagamento de R$ 4 milhões pela empresa a título de compensação pelos impactos socioambientais ocasionados pelo empreendimento Usina Hidrelétrica Sinop (UHE Sinop). No acordo judicial foi definido que a destinação dos recursos seria realizada em projetos de prevenção ou reparação de bens jurídicos da mesma natureza, ou ao apoio a entidades de proteção aos direitos difusos, a serem definidos pelo MPF. No fim de 2019, foi então assinado o termo de aditamento indicando a destinação dos recursos.Os R$ 4 milhões a serem pagos pela Companhia Energética Sinop S/A serão divididos em quatro projetos. Desse total, R$ 600 mil serão destinados ao Projeto Sirius, que tem a finalidade de desvendar a rota migratória de peixes migradores e os impactos relacionados às atividades como agricultura (agrotóxico), garimpo (mercúrio e outros metais-traço), curtume e cevas em peixes comerciais, na área de abrangência do reservatório do empreendimento hidrelétrico UHE Sinop, na bacia do Rio Teles Pires.Os outros R$ 3,4 milhões serão investidos na implementação da sede do Batalhão Ambiental especializado da Polícia Militar, no município de Sinop (MT); no Projeto de Revitalização do Parque Natural Municipal Paulo Viriato Corrêa da Costa, localizado no município de Cláudia (MT); e no Projeto de Revitalização do Parque Natural Municipal de Itaúba (MT).

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Registro Geral

Apego ao cargo e salário de marajá de 25 mil do presidente da AMM

Publicado

Neurilan Fragra, que aumentou o próprio salário de R$ 18 mil para R$ 25 mil

Pegou muito mal a decisão do presidente da Associação Mato-grossense dos Municípios (AMM), Neurilan Fraga Filho, em conceder, por iniciativa própria, um aumento salarial de mais de R$ 7 mil.

Fraga Filho, irmão do ex-deputado José Domingos Fraga, que apareceu no vídeo pegando dinheiro de propina do ex-chefe de gabinete do governo Silval Barbosa, o delator Sílvio Corrêa, além de estar se perpetuando no cargo de presidente da AMM, aumentou o próprio salário, que era de menos de R$ 18 mil, para mais de R$ 25 mil. Coisas do poder!

Continue lendo

Registro Geral

Prefeito testa popularidade durante o Carnaval e tem boa receptividade

Publicado


Prefeito de Cuiabá no meio de foliões no Carnaval de Chapada dos Guimarães [F-Reprodução]

Deu no portal RD News, do jornalista Romilson Dourado: Iniciando o quarto e último ano de mandato, o prefeito Emanuel Pinheiro resolveu testar a popularidade no meio dos foliões em Chapada dos Guimarães, que foi tomada neste Carnaval por milhares de cuiabanos.

E ele próprio ficou surpreso com a boa receptividade.

Segundo o secretário de Planejamento da Capital, Zito Adrien, que o acompanhou o tempo todo, muitas pessoas paravam o prefeito para cumprimentá-lo. Uns abraçavam-no e até faziam selfie. Sem seguranças, o emedebista permaneceu no frevo por um bom tempo, na praça principal da Chapada.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana