conecte-se conosco


Policial

MP pede que pai do namorado da menor que matou Isabele pague fiança de R$ 104 mil

Publicado

Empresário é dono da arma usada no assassinato de Isabele e que foi levada ao local da tragédia pelo filho dele

O Ministério Público de Mato Grosso (MPE), por meio do promotor de Justiça Mauro Poderoso de Souza, instaurou um Termo Circunstanciado com pedido de fiança de 100 salários mínimos, equivalente a R$ 104,5 mil, ao empresário e agropecuarista G.F.M.C.C., pai do adolescente G.A.S.C.C, 16 anos, que levou a arma até a casa da namorada, então com 14 anos, no condomínio de luxo Alphaville, em Cuiabá. A arma foi usada pela menor para matar Isabele Guimarães Ramos, de 14 anos, na noite de 12 de julho. A arma, uma pistola calibre 380, pertence ao empresário.

“Aplicação imediata de pena restritiva de direitos, especificamente prestação pecuniária no valor de 100 (cem) salários mínimos (R$ 1.045,00 – Um mil e quarenta e cinco reais), a ser destinada à instituição cadastrada junto a esse Juízo”, diz parte da decisão do promotor.

O objetivo do MPE é investigar o delito de omissão de cautela praticado pelo empresário ao permitir que seu filho, menor de idade transportasse armas de fogo de sua residência no bairro Quilombo, até o local onde ocorreu a tragédia. Além da arma usada no crime, outra pistola também foi levada pelo adolescente até o Alphaville.

“O menor se apoderou das armas: uma pistola IMBEL, calibre 380, No. HGA44564 e uma pistola TANFOGLIO, calibre 38, No. N210BR, de propriedade de seu genitor, ora autor dos fatos, e as transportou até a residência de sua namorada”.

G.F.M.C.C. já havia sido indiciado pela Polícia Civil pelo crime de omissão de cautela de arma de fogo. Seu filho responderá por ato infracional análogo à posse de arma de fogo por ter transportado armas de fogo até a residência da namorada.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Polícia Civil apreende 53 tabletes de pasta base de cocaína na região de fronteira

Publicado

A Polícia Civil, em ação conjunta da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) e Delegacia Regional de Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá) apreendeu 53 tabletes de pasta base de cocaína, no final da tarde de quarta-feira  (28), na zona rural de Vila Bela da Santíssima Trindade. A apreensão da grande quantidade de entorpecente aconteceu após troca de informações entre as delegacias.

Em investigações do tráfico na região de fronteira, a equipe da DRE em Cuiabá recebeu informações sobre uma possível negociação de drogas que aconteceria nas proximidades do aterro em Vila Bela da Santíssima Trindade, acionando a equipe da Delegacia Regional de Pontes e Lacerda para diligência.

Com base nas informações, os investigadores da Delegacia Regional foram até o local, onde avistaram um homem em atitude suspeita, que ao perceber a presença dos policiais empreendeu fuga.

Em continuidade as diligências, os policiais fizeram a varredura do local, conseguindo localizar três sacos em que estavam armazenados os 53 tabletes de maconha, de aproximadamente um quilo cada. A droga foi apreendida e encaminhada para a delegacia para as providências cabíveis.

As investigações estão em andamento para identificar e prender os responsáveis pelo entorpecente.

 

 

 

 

 

Continue lendo

Policial

Polícia Civil apreende 53 tabletes de pasta base de cocaína em Vila Bela da Santíssima Trindade

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, em ação conjunta da Delegacia Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE) e Delegacia Regional de Pontes e Lacerda (448 km a oeste de Cuiabá) apreendeu 53 tabletes de pasta base de cocaína, no final da tarde de quarta-feira  (28.10), na zona rural de Vila Bela da Santíssima Trindade. A apreensão da grande quantidade de entorpecente aconteceu após troca de informações entre as delegacias.

Em investigações do tráfico na região de fronteira, a equipe da DRE em Cuiabá recebeu informações sobre uma possível negociação de drogas que aconteceria nas proximidades do aterro em Vila Bela da Santíssima Trindade, acionando a equipe da Delegacia Regional de Pontes e Lacerda para diligência.

Com base nas informações, os investigadores da Delegacia Regional foram até o local, onde avistaram um homem em atitude suspeita, que ao perceber a presença dos policiais empreendeu fuga.

Em continuidade as diligências, os policiais fizeram a varredura do local, conseguindo localizar três sacos em que estavam armazenados os 53 tabletes de maconha, de aproximadamente um quilo cada. A droga foi apreendida e encaminhada para a delegacia para as providências cabíveis.

As investigações estão em andamento para identificar e prender os responsáveis pelo entorpecente.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana