conecte-se conosco


Policial

Motorista de aplicativo e dois amigos tentam estuprar passageira de 17 anos em Cuiabá

Publicado

Tentativa de estupro coletivo ocorreu na noite de domingo. Nenhum suspeito foi preso

Uma adolescente de 17 anos foi vitima de tentativa de estupro coletivo na madrugada desta segunda-feira (17) no bairro Vista Alegre, em Cuiabá.

A violência foi praticada por um motorista de aplicativo de transporte e dois amigos dele.

De acordo com o boletim de ocorrência, a vítima, que é moradora do bairro Tijucal, estava na casa de amigos no bairro Parque Cuiabá e por volta da meia-noite, decidiu ir embora. Ela então, chamou um motorista pelo aplicativo, que informou o modelo e a placa do veiculo e nome da pessoa que iria fazer a corrida.

O boletim de ocorrência narra ainda que a corrida seguia dentro da normalidade, quando em determinado momento, o motorista informou à adolescente que iria finalizar a corrida porque iria pegar dois amigos, mas que logo depois, a levaria para a casa.

Ela não aceitou a proposta a avisou que iria descer. O motorista então, a segurou pelo braço, no momento em que os dois homens entraram no veiculo. Já na rodovia Palmiro Paes de Barros, a vítima entrou em luta corporal contra os agressores e conseguiu escapar, correndo até um bar onde pediu ajuda.

Os agressores fugiram e um taxista levou a menor para a residência onde ela estava reunida com os amigos Em seguida, ela foi até a Central de Flagrantes onde registrou o boletim de ocorrência. A adolescente estava bastante abalada e com muitas lesões no braço esquerdo e nas costas. Até o momento, nenhum suspeito foi preso.

O caso será investigado pela Polícia Civil por meio da Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente (Deddica).

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

Agentes penitenciários apreendem drones que transportavam celulares para dentro de unidade prisional

Publicado

Agentes da Penitenciária da Mata Grande, em Rondonópolis, apreenderam nesta terça-feira (31) mais um drone que tentava transportar três celulares para dentro da unidade. Os objetos foram apreendidos entre as torres 2 e 4 da unidade prisional e ninguém foi preso.

Essa não é a primeira apreensão realizada em menos de uma semana pelos agentes da Mata Grande. No último domingo (29), um homem de 29 anos e um adolescente de 16 foram detidos tentando jogar dois pacotes que continham sete celulares, um chip, uma tela de celular e dois tabletes de substância semelhante à maconha para dentro da unidade.

Os dois foram presos e conduzidos para a Delegacia de Rondonópolis e outros dois suspeitos conseguiram fugir.

Já na noite da última sexta-feira e na manhã de sábado (27 e 28), agentes penitenciários da unidade também apreenderam dois drones, três celulares e cinco fones de ouvidos. Foram realizadas buscas pela região, mas ninguém foi preso.

Apesar do número de ocorrências, o diretor da unidade alerta que este tipo de prática não será tolerada e a atenção entre os agentes penitenciários nestes dias estará redobrada.

“A gente vem trabalhando para coibir todas as ações de criminalidade e estamos obtendo êxito nessas apreensões, exemplo disso são estes três casos que ocorreram em menos de uma semana”, destacou o diretor da Penitenciária da Mata Grande, Ailton Ferreira.

Continue lendo

Policial

Mato Grosso registra queda nos índices de criminalidade durante isolamento social

Publicado


Houve redução nos casos de homicídio doloso, roubo, furto, latrocínio, lesão corporal, tráfico e violência contra a mulher

Com o isolamento social, medida imposta para controlar a disseminação do coronavírus em Mato Grosso, as ocorrências policiais reduziram no Estado, conforme a análise do Observatório de Violência, da Adjunta de Inteligência da Secretaria de Estado de Segurança Pública.

O período analisado é 10 a 29 de março, com base nos boletins de ocorrência registrados pela Polícia Militar e Polícia Civil no Sistema de Registro de Ocorrências Policiais (SROP). Por ser dados preliminares, estão passíveis de alterações após a consolidação pelo Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp).

Comparado com o mesmo período do ano passado, os crimes de latrocínio (roubo seguido de morte) caíram 85,7%. Foi registrado 1 caso este ano contra 7 no ano passado. Da mesma forma os casos de roubos caíram em 30,7%, furto 40,4%, lesão corporal 34,4%, tráfico de drogas 36,3% e 4,3% nos casos de homicídios dolosos (com intenção de matar). No caso dos assassinatos, foram considerados números absolutos de vítimas. Foram 44 mortes em 2020 no período de 10 a 29 de março, enquanto foram 46 no ano passado.

Em outro estudo do Observatório da Violência, mas no período de 10 de março a 24 de março, apontam que os casos de violência contra a mulher caíram 35% em Mato Grosso. Os dados levam em conta a comparação deste ano (1.402 casos) com o mesmo período do ano passado (2.170).

Nestes números, levantados pela Superintendência do Observatório de Violência da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), estão incluídas as 23 principais naturezas criminais praticadas contra mulheres, como ameaça, homicídio doloso e assédio sexual, por exemplo.

A Secretaria de Estado de Segurança Pública destaca que as razões para a redução não significam necessariamente que o crime contra a mulher caiu, mas pode ser caso de subnotificações dos casos. Dentre os motivos pode ser que o agressor está em casa inibindo a vítima, ou caiu porque os bares estão fechados, já que o álcool é um potencializador da violência doméstica.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana