conecte-se conosco


Saúde

Mortes por Covid-19 já são 33,9 mil no estado de São Paulo

Publicado


source
Coronavírus em São Paulo
Agência Brasil/Rovena Rosa

Secretaria estadual atualiza dados da Covid-19 em SP

De acordo com boletim atualizado nesta segunda-feira (21) pela Secretaria Estadual de Saúde, o estado de São Paulo notificou 2.032 novos casos da Covid-19 em um dia, contabilizando agora 937.332 casos desde o início da pandemia. Ainda segundo o boletim, 33.984 mortes foram causadas pela doença no estado.

São Paulo apresenta uma queda gradual da média móvel, apontando uma discreta regressão da pandemia. De acordo com o secretário de saúde, Jean Gorinchteyn, “estamos na nona semana consecutiva na queda de internações do estado”, com mais de 800 mil considerados recuperados. “Mas ainda não podemos esquecer: estamos em quaretena”, completou o secretário.

Existem, no estado, 5.127 pessoas internadas em enfermarias com diagnóstico de suspeita ou confirmação para Covid-19. 3.945 pacientes estão nas unidades de terapia intensiva, em casos considerados graves. A lotação dos leitos de UTI é de 47,7% no estado e 47% na região metropolitana da capital.

Fonte: IG SAÚDE

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Saúde

OMS diz que risco de transmissão da Covid-19 em vôos é “muito baixo”

Publicado


source
avião
Reprodução

Estudo diz que transmissibilidade da Covid-19 em aviões é muito baixa

De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), o risco de disseminar a Covid-19 em vôos parece “muito baixo” desde que haja obediência aos protocolos de segurança e distanciamento social. A Organização comentou um estudo realizado pela Agência Internacional de Transporte aéreo.

“A transmissão em voo é possível, mas o risco parece ser muito baixo, dado o volume de viajantes e o número pequeno de relatos de casos. O fato de que a transmissão não é amplamente documentada na literatura publicada não significa, porém, que não acontece”, disse a OMS em um comunicado à agência Reuters.

Apesar de reconhecer que o risco não é alto, a Agência reforça que ele existe e merece atenção – diferente do que sugerem algumas empresas aéreas como a norte-americana United Airlines, que teria citado um estudo ao afirmar que o risco é “virtualmente inexistente”.

No dia 8 de outubro, a Associação Internacional de Transporte Aéreo (Iata) afirmou que apenas 44 casos de transmissão em voo foram identificados entre 1,2 bilhão de viajantes neste ano. É possível que haja, porém, subnotificação dos dados.

Fonte: IG SAÚDE

Continue lendo

Saúde

Saúde planeja incentivo para ações em prol de alimentação saudável

Publicado


O Ministério da Saúde planeja disponibilizar, ainda este ano, em caráter excepcional e temporário, um incentivo financeiro para qualificação das ações de promoção de alimentação saudável e da atividade física no país. A iniciativa busca reforçar a atenção a pessoas com doenças crônicas não transmissíveis (DCNTs), e os valores a serem empregados no incentivo ainda estão em estudo.

Divulgada ontem (21), a Pesquisa Nacional de Saúde apontou que o excesso de peso e a obesidade se tornaram mais frequentes na população brasileira entre 2003 e 2019. A pesquisa foi realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) em parceria com o Ministério da Saúde.

A proporção de obesos na população brasileira aumentou de 12,2% para 26,8% entre 2003 e 2019. No ano passado, 30,2% das mulheres e 22,8% dos homens com 20 anos de idade ou mais tinham índice de massa corpórea (IMC) maior que 30 kg/m2, o que configura obesidade.

O excesso de peso, que se dá a partir do IMC 25 kg/m2, também se tornou mais frequente na sociedade brasileira, passando de 43,3% em 2003 para 61,7% em 2019.

Segundo o Ministério da Saúde, está em preparação o lançamento de ações de qualificação para profissionais de saúde, como o “Protocolo Clínico e Diretrizes Terapêuticas de sobrepeso e obesidade” e a publicação do “Instrutivo de Cuidado da Obesidade em Crianças e Adolescentes”.

“Nós já vínhamos acompanhando a evolução dos indicadores de sobrepeso e da obesidade, mas agora com esses dados novos temos uma informação real, mensurada, que reforça a necessidade de compromisso do Ministério da Saúde e da sociedade para enfrentamento de um dos principais fatores para doenças de risco, como diabetes e doenças cardiovasculares, entre outras”, disse Eduardo Macário, diretor do Departamento de Análise em Saúde e Vigilância de Doenças Não-Transmissíveis do Ministério da Saúde.

Edição: Fernando Fraga

Fonte: EBC Saúde

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana