conecte-se conosco


Registro Geral

MONTANHA PARIU UM RATO: Suposta delação de Riva não traz fatos novos e carece de provas contra acusados

Publicado

Ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Riva: tentativa desesperada de firmar acordo de colaboração premiada com o Ministério Público para evitar prisão em sentenças de segunda instância

A suposta delação premiada do ex-presidente da Assembleia Legislativa, José Riva, publicada pela imprensa antes mesmo de ser aceita pelo Ministério Público Estadual (MPE) é anêmica, com pouquíssimas provas e sem nenhum fato novo. Fica evidente que o esboço da colaboração apresentada ao MP, em março deste ano, foi lapidado para omitir nomes e forjar crimes contra desafetos do ex-deputado. Segundo respeitado jurista, consultado pela coluna, caso a peça acusatória de Riva seja aceita pelo órgão fiscalizador, a maioria dos delatados será absolvida por falta de provas, em instâncias superiores. “O Ministério Público vai demandar enorme força-tarefa para investigar supostos ilícitos praticados há mais de 10 ou 12 anos. No final, os promotores vão chegar num beco sem saída. Do jeito que está, a delação dele não fecha. O Riva montou um “Frankenstein” de sua vida criminosa, juntando e omitindo fatos, o que já foi inclusive constatado pelo Supremo Tribunal Federal”, explicou o experiente operador do direito ao emendar: “a narrativa do ex-deputado é cheia de vícios, sem provas elementares e muito frágil do ponto de vista processual. Com o endurecimento dos acordos de delação, lá em Brasília essa colaboração não se sustenta de jeito nenhum”, finalizou.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Registro Geral

Delator dá calote em ex-secretário após receber empréstimo com ‘desconto’

Publicado


Silvio Corrêa disse que se sentiu traído pelo colega e até hoje, não pagou pelo empréstimo

O ex-chefe de gabinete de Governo, gestão Silval Barbosa, o delator Silvio Corrêa, provocou uma fala, no mínimo, hilária durante depoimento na manhã desta quarta-feira (19), na CPI do Paletó, na Câmara de Vereadores da Capital.

Em determinado momento, Sílvio Corrêa, disse sobre uma gravação feita em sua casa pelo ex-secretário Alan Zanatta, em agosto de 2017, e que foi encontrada na casa do prefeito Emanuel Pinheiro pela Polícia Federal em setembro do mesmo ano.

Conforme Silvio, tratava-se de uma conversa em que ele pedia dinheiro emprestado para Zanatta. Sílvio revelou que pediu R$ 6 mil e que quando foi conferir o dinheiro, só tinham RS 5 mil e 700 reais.

Ele disse que não pagou a dívida até hoje e que se sentiu, de certa forma, traído pelo ex-secretário. “Pedi R$ 6 mil e quando fui conferir tinha R$ 5,7 mil”.

Continue lendo

Registro Geral

Maluf cria assessoria parlamentar para ampliar relação com a Assembleia Legislativa

Publicado

Ex-deputado estadual, conselheiro busca aproximação com Legislativo

O presidente do Tribunal de Contas de Mato Grosso (TCE-MT), conselheiro Guilherme Maluf, anunciou na segunda-feira (17) a criação de uma assessoria parlamentar para promover o intercâmbio com as comissões da Assessoria Legislativa de Mato Grosso (ALMT).

Maluf reforçou que o TCE-MT não vai apenas julgar contas, mas também vai atuar fortemente na orientação e prevenção junto à sociedade, Prefeituras e Câmaras Municipais.

“Estamos iniciando neste ano, uma nova política de relacionamento com o Poder Legislativo. Entre as medidas que estamos adotando, está a criação de uma assessoria parlamentar para fazer o intercâmbio com as comissões da Assembleia Legislativa, no que se refere as auditorias que são feitas neste Tribunal. Temos auditorias extremamente especializadas, competentes, que vão subsidiar os deputados na elaboração de projetos e políticas públicas. Vamos nos aproximar do Poder Legislativo”, afirmou.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana