conecte-se conosco


Tecnologia

Meta cria programa para Instagram ter mais filtros para pessoas negras

Publicado

source
Meta lança desafio RAP para dar mais diversidade a soluções de realidade aumentada
Divulgação/Meta

Meta lança desafio RAP para dar mais diversidade a soluções de realidade aumentada

A Meta anunciou nesta quarta-feira (18) uma iniciativa exclusivamente brasileira para ampliar as soluções de realidade aumentada (RA) disponíveis para pessoas negras. Atualmente, grande partes dos filtros de RA presentes no Instagram e no Facebook são criados para pessoas brancas, fazendo com que muitos deles sequer funcionem para pessoas negras.

Pensando nisso, a Meta criou o “Desafio RAP: Realidade Aumentada na Pele”, que vai treinar e premiar pessoas negras que queiram criar filtros de realidade aumentada.

“É preciso criar oportunidades de forma intencional e o Desafio RAP nasce como uma forma de abrir mais portas para a comunidade negra no universo de realidade aumentada. A iniciativa tem como premissa que ao incluir, educar e desenvolver mais criadores negros de RA, é possível promover mais diversidade, oportunidades e inclusão para esse grupo no ambiente digital”, afirma Erick Portes Martins, gerente de parcerias estratégicas da Meta na América Latina e membro do [email protected], grupo de afinidade de pessoas negras e aliados na empresa.

A partir desta quarta, brasileiros negros com mais de 18 anos interessados em participar do desafio podem entrar no  site do RAP  e fazerem cursos online para aprenderem a criar filtros de realidade aumentada na ferramenta da Meta. No final de junho, novos filtros poderão ser submetidos a um concurso que, em agosto, vai premiar os 10 melhores.

Os campeões receberão uma bolsa de estudos e equipamentos para continuarem desenvolvendo soluções em realidade aumentada.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tecnologia

Gmail adota como padrão novo visual com Meet e Espaços integrados

Publicado

Gmail começa a adotar novo visual como padrão
Unsplash/Solen Feyissa

Gmail começa a adotar novo visual como padrão

O visual do Gmail vai mudar para todos os usuários em breve. Desde a última terça-feira (28), o Google começou a liberar como padrão o novo design da plataforma de e-mails. Com foco na integração entre Mail, Chat, Espaços e Meet, a interface atualizada deve entrar em vigor de forma definitiva até o final de julho.

Em fevereiro, o  Google lançou o novo visual do Gmail para contas pessoais, porém o layout estava em fase de testes e precisava ser ativado pelos usuários. Quem não quisesse experimentar a interface integrada podia escolher continuar no design antigo.

Agora, o Google está se preparando para reformular o Gmail de maneira definitiva. No blog oficial do Google Workspace, a empresa anunciou que uma parcela de usuários vai passar a ver a nova interface da plataforma como padrão. Entretanto, ainda haverá uma opção para reverter o layout a qualquer momento.

A implementação começou em 28 de junho e deve durar por mais de 15 dias. Após esse período, a empresa pretende aposentar de vez o visual atual do Gmail, dando espaço às novas funções do serviço.

Novo Gmail integra apps do Google Workspace

A ideia do novo layout do Gmail é oferecer uma visualização integrada de aplicativos do Google Workspace, como Mail, Chat, Espaços e Meet. Nele, os serviços ficam localizados em uma barra lateral no canto esquerdo da tela.

Com isso, não é preciso mudar de aba ou janela para acessar outras plataformas do Google Workspace. As bolhas de notificação também irão ficar visíveis em cima dos seus respectivos aplicativos, mantendo as informações concentradas em uma única aba no navegador.

No futuro, o Google ainda pretende unificar a ferramenta de busca para mostrar resultados em todos os aplicativos ao mesmo tempo. Caso o usuário não queira utilizar as demais plataformas do Google Workspace, será possível remover todos os serviços e manter somente o Gmail.

Por enquanto, o novo layout do Gmail está disponível para usuários de contas Google pessoais, assim como do Google Workspace, com exceção do plano Google Workspace Essentials.

O Google prometeu lançar o redesign até o final de junho. Porém, como as novidades ainda estão em fase de testes, a estreia deve ser adiada por mais algum tempo.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Continue lendo

Tecnologia

Computador aprende sozinho a jogar Minecraft ao assistir vídeos

Publicado

Minecraft foi escolhido para teste por ser jogo 'genérico'
Reprodução

Minecraft foi escolhido para teste por ser jogo ‘genérico’

Pesquisadores da OpenAI conseguiram fazer com que um computador aprendesse a jogar Minecraft ao assistir vídeos de outros jogadores publicados na internet. A tecnologia, chamada de Video PreTraining (VPT), treinou uma rede neural para executar a função.

Para cumprir a tarefa, os pesquisadores reuniram um conjunto de dados que incluía vídeos e também as ações realizadas por trás das imagens, como toques em teclas e cliques no mouse. Em seguida, a rede neural foi treinada com essas informações, conseguindo prever qual ação deveria ser feita para executar cada função.

O resultado foi bastante surpreendente. Depois de assistir a 70 mil horas de vídeos, o sistema aprendeu a executar várias tarefas em Minecraft, inclusive algumas bastante complexas. “Ele aprendeu a derrubar árvores para coletar troncos, transformar esses troncos em tábuas e, em seguida, criar essas tábuas em uma mesa de trabalho; esta sequência leva um humano proficiente em Minecraft aproximadamente 50 segundos ou 1.000 ações consecutivas do jogo”, relatam os pesquisadores.

De acordo com os cientistas, os resultados podem ser expandidos para outras áreas do conhecimento, já que o jogo Minecraft “é muito aberto e a interface humana nativa (mouse e teclado) é muito genérica”.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana