conecte-se conosco


Economia

Mesmo com pandemia, setor de cruzeiros cresce 7,6% no Brasil

Publicado


.

Uma pesquisa produzida pela Associação Brasileira de Cruzeiros Marítimos (CLIA Brasil) e pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostra que a última temporada de viagens turísticas de navios teve impacto econômico de R$ 2,24 bilhões na economia do país, um valor 7,6% maior em comparação à temporada anterior (2018/2019). Além disso, o setor gerou R$ 296 milhões em tributos e 33.745 empregos no período. O levantamento, divulgado hoje (24), se refere ao período de novembro de 2019 a março de 2020, que é o justamente o mês de início da pandemia. Por causa disso, a temporada oficial este ano foi um mês mais curta. 

Apesar de menor, a última temporada de cruzeiros registrou aumento do número de viajantes em comparação ao período anterior, totalizando aproximadamente 470 mil cruzeiristas a bordo de oito navios. Esse público navegou por 15 destinos nacionais (Santos, Rio de Janeiro, Búzios, Salvador, Ilha Grande, Ilhabela, Ilhéus, Recife, Maceió, Angra dos Reis, Porto Belo, Cabo Frio, Ubatuba, Itajaí e Balneário Camboriú), além de outros três na América do Sul: Argentina (Buenos Aires) e Uruguai (Montevidéu e Punta del Este).

O levantamento da FGV e da CLIA Brasil também mostra que o gasto médio por pessoa com a compra da viagem de cruzeiro foi de R$ 3.256 e o tempo médio da viagem foi de 5,2 dias.

O estudo indica que o impacto econômico médio gerado por cruzeirista nas cidades de escala foi de R$ 557,32. Os setores mais beneficiados com os gastos dos cruzeiristas e tripulantes foram compras e presentes (R$ 335,2 milhões), seguido por alimentos e bebidas (R$ 333,4 milhões), transporte (R$ 177,8 milhões), passeios turísticos (R$ 146 milhões), transporte nas cidades visitadas (R$ 71,3 milhões) e hospedagem antes ou após a viagem de cruzeiro (R$ 46,4 milhões).

Quase 92% dos entrevistados da pesquisa informaram que desejam realizar uma nova viagem de cruzeiro, e 87% querem retornar ao destino de escala, índice que, segundo os pesquisadores, reforça o papel da viagem de cruzeiro como uma vitrine para os viajantes conhecerem diversos destinos de maneira dinâmica e voltarem em um outro momento. 

Quanto à frequência, 66,1% dos cruzeiristas realizavam sua primeira viagem de navio, enquanto os 33,9% restantes já haviam viajado de cruzeiro, em média, aproximadamente quatro vezes, o que demonstra que os cruzeiros estão sempre levando novos turistas aos destinos dos roteiros. As mulheres representam 61,9% do público que viaja de navio. Em relação ao estado civil, 61% dos passageiros são casados e 43,9% têm entre 35 e 54 anos.

Edição: Lílian Beraldo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Economia

JetBlue apresenta seu primeiro Airbus A220

Publicado


source

Contato Radar

undefined
Gabriel Araújo

JetBlue apresenta seu primeiro Airbus A220

A JetBlue apresentou hoje (19) seu primeiro Airbus A220-300. A montagem da aeronave está sendo realizada na cidade norte-americana de Mobile, Alabama.

A companhia será a segunda maior operadora do A220-300 nos Estados Unidos, ficando atrás somente da Delta. Possui mais de 60 pedidos do jato e a entrega da primeira unidade está programada para dezembro.

À medida em que os A220 forem entregues, os Embraer 190 da JetBlue serão retirados gradualmente da frota. São 60 unidades do jato brasileiro voando pela companhia, sendo que possuem uma idade média de 12,1 anos.

Para mais conteúdo sobre aviação, acesse aqui o site do Contato Radar.

O post JetBlue apresenta seu primeiro Airbus A220 apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Continue lendo

Economia

Estados Unidos tem maior movimento diário de passageiros desde março

Publicado


source

Contato Radar

undefined
Raphael Magalhães

Estados Unidos tem maior movimento diário de passageiros desde março

A pandemia fez com que o fluxo de pessoas nos aeroportos do mundo todo despencasse. O impacto, principalmente no primeiro semestre, foi sentido nos quatro cantos do planeta, tornando-se um grande entrave no setor.

Com o passar dos meses, a aviação vem se adaptando e reagindo à nova realidade. Países como China e Rússia conseguiram recuperar boa parte dos números de tráfego doméstico, acendendo uma luz no fim do túnel para este ano tão complicado para o mercado.

Apesar disso, os Estados Unidos vem patinando na recuperação de demanda, uma vez que este é um dos países mais afetados pela pandemia. O crescimento do número de voos ainda acontece de forma gradual, no aguardo da liberação da vacina para a população em geral.

Entretanto, a Administração de Segurança de Transporte (TSA), anunciou que ontem (18) foram processados mais de 1 milhão de passageiros em todos os aeroportos do país. Apesar de ser apenas 40% do equivalente ao ano passado, este é o maior movimento registrado desde 17 de Março. Nesse período, o impacto da pandemia começou a ser sentido de forma mais intensa.

Para efeitos de comparação, no dia 14 de Abril foram processados apenas 87.534 passageiros em todos os aeroportos dos Estados Unidos, frente aos 1.031.505 registrados ontem.

Além disso, a agência também informou que na semana de 12 a 18 de outubro processou um número recorde de passageiros. No total, foram mais de 6.1 milhões de pessoas, representando o maior volume semanal desde o início da pandemia.

O post Estados Unidos tem maior movimento diário de passageiros desde março apareceu primeiro em Contato Radar – Notícias de aviação .

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana