conecte-se conosco


Policial

Membro de facção criminosa é preso pela PM após raptar e estuprar adolescente

Publicado


A vítima foi encaminhada para o hospital e recebeu apoio do Conselho Tutelar

A Polícia Militar prendeu um homem (19 anos) por estupro de vulnerável, em Cáceres, na noite de terça-feira (6). A vítima foi localizada e libertada, após o suspeito pegar a adolescente na rua a levando para casa e a obrigando a ter relações sexuais com ele.  A adolescente estava debilitada, com hematomas na boca, já que o homem havia tentado esganar a menor.

Policiais militares receberam a denúncia de que havia uma vítima de estupro em uma residência. A polícia foi até a casa apontada e o suspeito já saiu do imóvel com as mãos para alto dizendo que não teria feito nada, que a vítima era sua namorada.

Ao deter o homem, a adolescente relatou que estava passando na frente da casa do suspeito, quando ele a chamou e a levou para dentro da residência, mesmo recusando o convite, a vítima descreveu que o suspeito utilizou violência física, tentando lhe esganar para que ela calasse a boca.

A vítima disse ainda que chegou a perder a consciência e acordou quando o suspeito jogou álcool em seu rosto, dizendo que se ela contasse para alguém, ele iria entregar a mesma para membros de uma facção criminosa.

O homem foi preso e a vítima que estava com a roupa suja de sangue, com dores no corpo, com dificuldades para andar e alguns hematomas foi encaminhada para o hospital da cidade e recebeu apoio  do Conselho Tutelar.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Casal com diversas passagens criminais é preso novamente por tráfico de drogas

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Um casal com diversos registros criminais, entre eles tráfico de drogas, roubo, ameaça e associação para o tráfico, por preso mais uma vez nesta segunda-feira (25.01), na área central de Rondonópolis, após diligências da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos do município (Derf) para averiguar uma denúncia sobre venda de entorpecentes na região da Avenida 15 de Novembro. 

A equipe de investigação recebeu informações de que o suspeito, de 27 anos, que integra uma facção criminosa, estaria utilizando profissionais do sexo para traficar drogas no centro da cidade. Uma das mulheres foi identificada e passou a ser monitorada e os policiais flagraram o momento em que o suspeito chegou à residência e saiu logo depois, seguido da mulher.

Os policiais abordaram os dois e com ela encontraram porções de maconha. Ao indagar o suspeito, este afirmou que o entorpecente era dele e que a mulher seria sua esposa. Aos investigadores, a suspeita afirmou ser garota de programa.

Diante das contradições apresentadas por ambos, os policiais realizaram buscas na casa e localizaram mais porções de maconha, sementes da planta cannabis sativa e recipiente com resquícios de drogas.

Os dois foram encaminhados à Derf de Rondonópolis e autuados em flagrante por tráfico e associação para o tráfico.

A mulher, de apenas 24 anos, tem diversas passagens registradas na Polícia Civil desde 2017 por crimes como tráfico de drogas e associação para o trafico.

O homem tem registros criminais também por tráfico, associação, roubo, receptação, vias de fato, homicídio culposo, adulteração de sinal identificador de veículo e ameaça.

Os dois foram encaminhados às respectivas unidades prisionais em Rondonópolis, onde aguardarão decisão do Poder Judiciário.

 

 

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Menor que matou amiga em condomínio de luxo em Cuiabá deixa isolamento no socioeducativo após sete dias

Publicado

A partir desta terça-feira, a atiradora passa a conviver com outras meninas do Socioeducativo [Foto – Ianara Garcia/TVCA]

A adolescente condenada por atirar e matar Isabele Ramos Guimarães, de 14 anos, em julho do ano passado no condomínio de luxo Alphaville, em Cuiabá, deixou o isolamento de sete dias no Centro de Atendimento Socioeducativo (Case) de Cuiabá e passará a conviver, a partir desta terça-feira (26), com outras menores na unidade.

Na terça-feira (19), a juíza da 2ª Vara Especializada da Infância e Juventude de Cuiabá, Cristiane Padim, mandou internar a menor, que foi condenada a pena máxima de três anos de reclusão em regime socioeducativo, podendo ter sua pena revista a cada seis meses.

Ela continuará dormindo em um quarto sozinha, porém, as demais atividades e rotina serão cumpridas normalmente, sem diferenciação. Na sexta-feira (22), um recurso que pedia a liberdade da adolescente foi negado na tarde de hoje pelo desembargador Juvenal Pereira da Silva, do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT).

Após a prisão da menor, a mãe de Isabele, a empresária Patrícia Guimarães Ramos disse que se sentiu aliviada, mas cobrou a condenação dos pais da atiradora.

“Olha, no momento que eu soube dessa sentença, eu confesso que eu suspirei assim… Eu dei um suspiro profundo, mas carregado de angústia, de sofrimento, de muito pranto. Eu não tenho motivo nenhum para comemorar isso porque a minha filha não tá aqui hoje, mas eu estou aliviada. “Essa batalha ainda não encerrou por aqui. Ainda tem a condenação dos pais”.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana