conecte-se conosco


Geral

Mato Grosso registra 590 óbitos e 15.328 casos de Covid; 217 pacientes estão na UTI e 5.419 recuperados

Publicado


Nas últimas 24 horas foram registradas 34 mortes e 682 novos infectados

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (29), 15.328 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 590 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

As 34 mortes mais recentes envolveram residentes de Barra do Garças, Várzea Grande, Sinop, Cuiabá, Confresa, Vila Bela da Santíssima Trindade, Nova Mutum, Jangada, General Carneiro e Campo Novo do Parecis.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (3.740), Várzea Grande (1.252), Rondonópolis (1.195), Sorriso (654), Primavera do Leste (606), Tangará da Serra (571), Lucas do Rio Verde (498), Nova Mutum (423), Sinop (392), Campo Verde (332), Pontes e Lacerda (315), Confresa (311), Cáceres (263), Barra do Garças (208), Campo Novo do Parecis (200), Colíder (181), Querência (177), Sapezal (169), Alta Floresta (152) e Nossa Senhora do Livramento (150).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria.

Nas últimas 24 horas, surgiram 682 novas confirmações no Estado. A área técnica ainda esclareceu que foram corrigidas oito ocorrências de duplicidade no sistema. Além disso, um caso anteriormente notificado em Cáceres foi reposicionado para Mirassol D’Oeste; outro caso de Nova Mutum foi para Lucas do Rio Verde. As mudanças levaram em consideração o município de residência dos pacientes.

Dos 15.328 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 8.735 estão em isolamento domiciliar e 5.419 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 217 internações em UTI e 274 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 90,4% para UTIs e em 42,1% para enfermarias.
Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,8% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,2% masculino; além disso, 4.160 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos.

O documento ainda aponta que um total de 18.438 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.216 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Nesta segunda-feira (29), o Governo Federal confirmou 1.368.195 casos da Covid-19 no Brasil e 58.314 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 57.622 óbitos e 1.344.143 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Geral

MT registra 857 mortes e mais de 22 mil infectados por Covid; nas últimas 24hs foram 36 óbitos e 1 mil casos

Publicado


Há 227 internações em UTI e 327 em enfermaria; taxa de ocupação está em 93% para UTIs está e em 48% para enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (6), 22.078 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 857 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

As 36 mortes mais recentes envolveram residentes de General Carneiro, Lucas do Rio Verde, Peixoto de Azevedo, Cuiabá, Rondonópolis, Campo Verde, Várzea Grande, Tangará da Serra, Diamantino, Sorriso, Apiacás, Juína, Jaciara, Cametá, Primavera do Leste e Campo Novo do Parecis.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19 estão Cuiabá (5.191), Várzea Grande (1.678), Rondonópolis(1.523), Sorriso (1.021), Lucas do Rio Verde (965),  Tangará da Serra (855), Primavera do Leste (827), Sinop (586), Nova Mutum (546), Pontes e Lacerda (488), Campo Verde(409), Cáceres (388),Confresa (330), Campo Novo do Parecis (278), Barra do Garças (274), Sapezal (265), Matupá (254), Colíder (253), Querência (245) e Peixoto de Azeved(234).

Nas últimas 24 horas, surgiram 1.010 novas confirmações no Estado. A área técnica ainda esclareceu que foram corrigidas 13 ocorrências de duplicidade no sistema. Além disso, ocorreu o reposicionamento de 12 casos, após a consideração do município de residência dos pacientes.

Dos 22.078 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 11.534 estão em isolamento domiciliar e 8.974 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 227 internações em UTI e 327 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 93% para UTIs e em 48% para enfermarias.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 51,2% dos diagnosticados são do sexo feminino e 48,8% masculino; além disso, 5.895 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 24.894 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.412 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios.

Cenário nacional

Nesta segunda-feira (6), o Governo Federal confirmou 1.623.284 casos da Covid-19 no Brasil e 65.487 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 64.867 óbitos e 1.603.055 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

 

Continue lendo

Geral

Cuiabá libera duas parcelas de R$ 500 para 958 beneficiados do programa Renda Solidária; confira a lista

Publicado

No total, são R$ 958 mil investidos no pagamento dos meses de maio e junho

A Prefeitura de Cuiabá investe o valor de R$ 958 mil para quitar as duas primeiras parcelas do programa Renda Solidária aos 958 trabalhadores aptos a receberem o auxílio financeiro. A medida é um compromisso do prefeito Emanuel Pinheiro, como forma de cuidado e respeito ao grupo afetado pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A lista com os nomes regularizados foi publicada nesta segunda-feira (6) no Diário Oficial de Contas.

As parcelas quitadas nesta oportunidade são referentes aos meses de maio e junho, totalizando R$ 1 mil para cada trabalhador. Conforme a programação do Município, a última cota deve ser paga no início de agosto. Para quem possui conta no Banco do Brasil, o dinheiro já está disponível. No entanto, àqueles que optaram por utilizar outros bancos, o valor estará em conta nesta terça-feira (7).

Segundo o Comitê Gestor, dos 958 beneficiados, 839 foram inscritos pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, e outros 119 pela Secretaria de Mobilidade Urbana (Semob). “Essa foi uma forma que encontramos de amenizar a angústia dessas pessoas, que foram diretamente afetadas e estão impedidas de trabalhar e precisam dessa renda. São duas parcelas aos que estão regulares e os demais terão mais um prazo de 10 dias para solucionar os contratempos”, comenta o prefeito.

Para receber o auxílio, os beneficiários devem comprovar o exercício da atividade mediante inscrição nos cadastros municipais, ser maior de 18 anos de idade, residir há pelo menos três anos na Capital, e apresentar toda documentação pessoal. Além disso, é necessário que todos possuam conta corrente, já que o pagamento será efetuado via transferência bancária.

“É importante destacarmos que nesta primeira lista publicada, o nome de um dos beneficiários saiu repetido. Todavia, essa pequena falha já foi constatada e não houve pagamento duplicado para a pessoa. De imediato, vamos publicar uma retificação no Diário Oficial de Contas”, explica a presidente do Comitê Gestor e secretária de Assistência Social, Direitos Humanos e da Pessoa com Deficiência, Hellen Ferreira.

O PROGRAMA

Por meio do Renda Solidária, 1.687 trabalhadores autônomos, inscritos na Prefeitura de Cuiabá, receberão o valor de R$ 500, pelo período de três meses. O benefício abrange as categorias dos feirantes, ambulantes, transporte escolar, carroceiros e catadores de recicláveis e é destinado, exclusivamente, para situações de primeira necessidade.

O valor total do investimento feito pelo Município é de R$ 2.530.500. O remanejamento do recurso será feito da seguinte forma: R$ 660 mil da suspensão das verbas indenizatórias (VI) do prefeito, vice-prefeito e secretários; R$ 870,5 mil transferidos dos serviços administrativos da Secretaria de Habitação e Regularização Fundiária; e R$ 1 milhão de encargos de tarifas bancárias.

“É um programa que beneficia milhares de pessoas e não cria nenhuma nova despesa para os cofres da Prefeitura. Além disso, cada etapa do desse processo é acompanhada de perto e fiscalizada pelo comitê gestor, que conta com representantes de órgãos municipais e da Câmara Municipal de Cuiabá”, finaliza o chefe do Executivo.

Confira no anexo abaixo a relação completa

 Primeira lista do Renda Solidária Programa Renda Solidária.pdf (2.6 MB)

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana