conecte-se conosco


Geral

Mato Grosso registra 40 óbitos e 1.617 casos de covid em 24 horas; já são 961 mortes e 26.396 infectados

Publicado

Há 240 internações em UTI e 381 em enfermaria; taxa de ocupação está em 98,4% para UTIs está e em 55,9% para enfermarias

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (9), 26.396 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 961 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

As 40 mortes mais recentes envolveram residentes de Cuiabá, Pontes e Lacerda, Várzea Grande, Sinop, Alta Floresta, Poconé, Rondonópolis, Nossa Senhora do Livramento, Campinápolis, Cáceres, Poxoréu, Campo Novo do Parecis, Porto Esperidião, Lucas do Rio Verde, Sorriso e Colíder.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão Cuiabá (5.920), Rondonópolis (1.973), Várzea Grande (1.964), Sorriso (1.192), Lucas do Rio Verde (1.131),  Tangará da Serra (1.027), Primavera do Leste (1.004), Sinop (800), Nova Mutum (655), Pontes e Lacerda (608), Campo Verde (472), Cáceres (455), Colíder (368), Barra do Garças (352), Confresa (349), Sapezal (327), Campo Novo do Parecis (325), Querência (292), Peixoto de Azevedo (288) e Matupá (272).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado ao final desta matéria.

Nas últimas 24 horas, surgiram 1.617 novas confirmações no Estado. A área técnica ainda esclareceu que foram corrigidas 25 ocorrências de duplicidade no sistema. Além disso, três casos anteriormente notificados em Tangará da Serra foram reposicionados para Nova Marilândia; e outro de Cuiabá foi corrigido para Várzea Grande. As mudanças consideraram o município de residência dos pacientes.

Dos 26.396 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 13.036 estão em isolamento domiciliar e 11.660 estão recuperados. Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 240 internações em UTI e 381 em enfermaria. Isto é, a taxa de ocupação está em 98,4% para UTIs e em 55,9% para enfermarias.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 51,3% dos diagnosticados são do sexo feminino e 48,7% masculino; além disso, 7.073 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 27.455 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 1.398 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Nesta quinta-feira (9), o Governo Federal confirmou 1.755.779 casos da Covid-19 no Brasil e 69.184 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 67.964 óbitos e 1.713.160 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Cuiabá e Várzea Grande mantêm nível moderado de contaminação de Covid-19; apenas um município tem “risco alto”

Publicado

Nenhum município com risco “muito alto”, indicado pela cor vermelha, risco eminente para o coronavírus

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) divulgou nesta quinta-feira (13.08) o Boletim Informativo n°158 com o panorama da situação epidemiológica da Covid-19 em Mato Grosso. O documento mostra (a partir da página 6) que o único município do Estado que configura na classificação com risco “alto” para o novo coronavírus é Sorriso.

Outros 24 municípios estão na classificação de risco “moderado” para a disseminação do coronavírus. São eles: Cuiabá, Lucas do Rio Verde, Rondonópolis, Várzea Grande, Cáceres, Primavera do Leste, Sapezal, Barra do Garças, Mirassol D’Oeste,  Tangará da Serra, Paranatinga, Campo Novo do Parecis, São José dos Quatro Marcos, Alta Floresta, Colíder, Barra do Bugres, Arenápolis, Gaúcha do Norte, Brasnorte, São Félix do Araguaia, Nova Ubiratã, Curvelândia, Nova Guarita e Torixoréu.

Nesta edição, nenhum município de Mato Grosso foi classificado “muito alto”, indicado pela cor vermelha, risco eminente para o coronavírus.

O sistema de classificação que indica o nível de risco é definido por cores: muito alto (vermelho), alto (laranja), moderado (amarelo) e baixo (verde). De acordo com a definição dos riscos é necessária a adoção de medidas restritivas para o controle da propagação do coronavírus nas cidades. Os indicadores de classificação de risco são atualizados duas vezes por semana e os resultados são divulgados nos Boletins informativos da SES-MT  disponíveis neste link.

O Governo de Estado publicou novo decreto restringido ainda mais as medidas que devem ser adotadas pelos municípios, com base na classificação de risco para prevenir a disseminação da Covid-19. O Decreto n° 532 foi publicado na edição extra do Diário Oficial de 24 junho. O documento altera as tabelas de classificação de risco, criando uma terceira tabela. Para saber mais informações clique AQUI.

Veja a tabela de classificação de risco por município

Recomendações e cuidados

– Evitar contato próximo com pessoas que sofrem de infecções respiratórias agudas;

– Usar máscara quando sair de casa;

– Evitar aglomerações;

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

 

Continue lendo

Geral

Guarda Municipal recebe novas viaturas, armas, fardamento e autorização para realizar concurso público para 150 vagas

Publicado

Mesmo diante das adversidades impostas pela pandemia da COVID 19, a Prefeitura de Várzea Grande está conseguindo manter os investimentos em todas as áreas conforme planejado.  Assim acontece com a Secretaria de
Defesa Social da qual faz parte a Guarda Municipal que recebeu novas viaturas, armamentos, munições, fardamento e autorização da prefeita Lucimar Sacre de Campos para o processo licitatório de contratação de empresa especializada visando realizar concurso público para 150 homens e mulheres para a corporação.
“O equilíbrio nas finanças públicas e a correta aplicação dos recursos existentes nos permite investir em todas as áreas como também planejar futuras ações em prol de Várzea Grande e sua gente”, disse a prefeita
Lucimar Sacre de Campos, ressaltando que é nítida a mudança para melhor na qualidade de vida e nos serviços públicos prestados no atual momento se comparado com 2015 quando assumiu a atual gestão.
Ela lembrou que já se encontra em análise estudos para a realização do novo concurso público para a Guarda Municipal de Várzea Grande, apontando que existem recursos disponíveis e capacidade para melhorar a
atuação da Guarda Municipal de Várzea Grande que foi a primeira criada em Mato Grosso no ano de 2000 quando era prefeito o atual senador Jayme Campos .
“Equipes da Prefeitura já deram inícios aos estudos referentes às medidas legais, além das questões que envolvem a viabilidade econômica e financeira do município para o ingresso de mais 150 Guardas Municipais.
Vários guardas municipais estão se aproximando da aposentadoria, outros foram aprovados em concurso público para outras funções e para que não falte efetivo é preciso a abertura de um concurso para a contratação de
pessoal”, destacou a prefeita determinando que todo este processo respeite a legislação e o momento eleitoral que impões restrições.
O Secretário de Defesa Social e comandante da Guarda Municipal, Evandro Homero Dias se mostrou animado com a possibilidade de o órgão de segurança municipal abrir novas vagas e ampliar a sua capacidade de atendimento operacional.
Quanto aos investimentos, o comandante reafirma o compromisso desta gestão em priorizar diversos setores, e dentre eles a segurança pública. “Hoje temos condições plenas de atuação, graças ao reconhecimento ao
nosso trabalho. A renovação dos veículos que realizam rondas nas ruas, bem como a ampliação e inovação no armamento fazem parte das políticas de segurança adotadas por essa administração. Essa nova estrutura vai
contribuir no trabalho de combate à criminalidade, bem como nas diversas atribuições efetuadas pela tropa”, destacou o secretário de Defesa Social e comandante da Guarda Municipal, Evandro Homero Dias, lembrando
que a instituição é referência no atendimento.
Os quatros novos veículos irão aumentar a frota da Guarda Municipal que possui um total de 20 veículos sendo 12 viaturas, 6 motocicletas, 1 microônibus, e 5 veículos administrativos. A instituição recebeu ainda equipamentos de trabalho, sendo 7 carabinas calibre 12 e 500 munições SG calibre 12.
Uma das novas viaturas vai atender ao Programa Social Maria de Penha que resguarda a integridade física de mulheres e suas famílias que são vitimas de violência doméstica e que conseguiram na Justiça Medida Protetiva que necessita do aparato policial para ser cumprida.
Para o comandante essa aquisição de veículos e equipamentos de segurança vai reforçar a atuação da Guarda Municipal de Várzea Grande nas ações preventivas de combate a criminalidade em todas as regiões da cidade.
O comandante da Regional II da Polícia Militar em Várzea Grande, coronel José Nildo, disse que a Guarda Municipal tem sido parceira da Polícia Militar em diversas operações desenvolvidas na cidade e saber que a
instituição de segurança recebe investimentos no setor operacional e de segurança é um momento de comemoração e de parabenizar a prefeita Lucimar Campos pela percepção de que investir em segurança pública e assegura qualidade de vida para a população. “A Guarda Municipal vem desempenhando um importante trabalho no município e conta com nosso total apoio e ajuda as demais forças policiais a realizar um trabalho preventivo de resultados”, afiançou.
A Guarda Municipal, Sirlei Salete Piasecki foi escolhido para falar em nome da tropa e reconhecer o novo momento vivenciado para instituição de segurança pública. Para ela, é importante e fundamental reconhecer que:
“Os investimentos agora aplicados pela gestão da prefeita Lucimar Campos, vão muito além do que foi investido nos últimos anos pelas gestões anteriores”, assinalou ela.
Sirlei Salete enumerou como as principais medidas, a troca do prédio do Comando Central com um ambiente harmonioso, armamentos, munições, viaturas, fardamentos, novos coletes balísticos, informatização do
sistema de notificações, aperfeiçoamento profissional, reforma da Praça Prefeita Sarita Baracat (Aquidaban) contribuiu para um melhor ambiente de trabalho e consequentemente melhor atendimento a população de Várzea
Grande.
Ela acrescenta ainda que mesmo após o término do atual mandato, “iremos contar ainda com as boas ações, porque o que foi feito não será facilmente esquecido, e se a Guarda Municipal de Várzea Grande tem um pai de registro de criação, o senador Jayme Campos, juntamente com o Coronel PM Walter de Fátima Pereira, agora a Guarda Municipal tem uma mãe que cumpre com o seu papel, corrigindo quando tem que corrigir e dando amor quando tem que dar”, disse.
O senador Jayme Campos destacou as conquistas realizadas pela Guarda Municipal desde a sua criação que já dura 20 anos e foi a primeira instituição de segurança municipal criada em Mato Grosso e desde então vem sendo modelo para outros municípios que querem implantar uma semelhante à nossa. “Há princípio o papel da guarda seria o de fazer a segurança do patrimônio da cidade, bem como a segurança dos órgãos municipais, porém a sua atuação foi ampliada e hoje desenvolve diversas atividades, por isso os investimentos feitos no setor são importantes uma vez que atua de forma efetiva no combate a criminalidade”.
MAIS INVESTIMENTO: Além dos investimentos em viaturas e equipamentos de trabalho, todos os Guardas Municipais irão receber fardamento completo, sendo calça, gôndola, camiseta branca, boné, fiel, apito, cinto de
guarnição, porta tonfa, porta algema, porta munição, porta carregador, capa de colete. E para este ano uma novidade. A aquisição de fiel retrátil, coldre de polímero, bastão tonfa retrátil, além de coturno que possui selo de qualidade e maior durabilidade.
A renovação do fardamento é anual – conforme lei que regulamenta a Guarda Municipal de Várzea Grande – e vem sendo cumprida desde 2015. “Esses investimentos fazem parte das ações prioritárias de nossa administração, além da valorização do profissional da Guarda que tem feito a diferença, principalmente, neste período de pandemia, onde estão na linha de frente no trabalho de prevenção e combate ao novo coronavírus”, ressaltou a prefeita Lucimar Campos.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana