conecte-se conosco


Geral

Manutenção em ETA pode deixar dezenas de bairros sem água em Cuiabá

Publicado

ETA do bairro Coophema vai operar com capacidade reduzida nessa quarta-feira

A Estação de Tratamento de água (ETA) Coophema vai operar com capacidade temporariamente reduzida nesta quarta-feira (4) Em função de uma programada cujo objetivo é a manutenção preventiva de parte do sistema de tratamento.

A previsão da concessionária é de que os serviços estejam concluídos até o fim da quinta-feira (5). Diante disso, as regiões atendidas pela ETA Coophema poderão vir a apresentar impacto no abastecimento. Após o reparo, o fornecimento de água retornará à normalidade conforme a pressurização da rede, medida que poderá levar até 24h.

A Águas Cuiabá conta com a compreensão da comunidade e solicita a todos que adotem práticas de consumo consciente de água, evitando o desperdício. O telefone de atendimento ao cliente é o 0800 646 6115.

 

Leia Também:  Detran-MT implanta recurso para coibir fraudes em aulas para habilitação
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Geral

Estado receberá mais de R$ 3 milhões para instalar oficinas em unidades penais

Publicado

A Secretaria Adjunta de Administração Penitenciária (SAAP) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT) instalará 15 oficinas de trabalho em estabelecimentos penais de Mato Grosso. Serão trabalhadas habilidades em artefatos de concreto, panificadora, marcenaria e manutenção de ar condicionado junto aos reeducandos. O objetivo é ampliar vagas de trabalho, gerando capacitação profissional e possibilidade de renda e remição de pena.

A iniciativa é fruto de um convênio firmado pelo Governo do Estado com o Departamento Penitenciário Nacional (Depen), do Ministério da Justiça e Segurança Pública. Este é o 5º Ciclo do Projeto de Capacitação Profissional e Implantação de Oficinas Permanentes (Procap), que prevê investimento de R$ 3.647.054,20 em recursos da União e contrapartida de R$ 3.647,05 por parte do Executivo Estadual.

O valor será repassado de forma fracionada, até 2022, sendo que R$1.978.892,01 já foi empenhado em dezembro de 2019 e já está na conta do Estado. A vigência do convênio será até 27 de junho de 2022. A SAAP dará início agora aos processos de aquisição dos equipamentos para proceder a instalação das oficinas.

Leia Também:  Saúde destina R$ 8,6 milhões para os municípios de Mato Grosso

Serão contempladas as seguintes unidades penais: Penitenciária Central do Estado (PCE); Centro de Ressocialização de Cuiabá (CRC); Penitenciária Major PM Zuzi Alves da Silva (Água Boa); Penitenciária Dr. Osvaldo Florentino Leite Ferreira (Sinop); Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May; Centros de Detenção Provisória (CDP´s) de Juína, Pontes e Lacerda, Tangará da Serra, Peixoto de Azevedo e Várzea Grande; e Cadeias Públicas de Cáceres e de Sorriso.

A escolha das unidades visou abranger o maior número de pessoas e também a vocação local e futuras parcerias para a continuidade dos projetos. O Governo do Estado participou de ciclo anterior com oficinas de costura e panificação na PCE; Penitenciárias Ana Maria do Couto, de Sinop e de Rondonópolis; CRC; CDP de Juína; e nas Cadeias Públicas: Feminina de Nortelândia, de Barra do Garças, de Cáceres, de Primavera do Leste e de Peixoto de Azevedo.

“O convênio é muito importante, pois garante aos privados de liberdade qualificação profissional para que possam ter uma alternativa de trabalho quando saírem das unidades. Além disso, como o objetivo das oficinas é que sejam sustentáveis, podem garantir serviços também para a sociedade com o material a ser produzido, a exemplo do que ocorre em algumas unidades que confeccionam uniformes escolares para a rede municipal”, frisa a superintendente de Política Penitenciária da Sesp-MT, Michelli Monteiro.

Leia Também:  Mato Grosso alerta sobre “fake news” e pesca do dourado segue proibida

.

Continue lendo

Geral

Aaeronave agrícola sofre pane, cai em plantação de soja no interior e mata piloto

Publicado

A aeronave ficou parcialmente destruída / Foto: Reprodução

Uma aeronave de pequeno porte PT PR AS, da empresa aliança, sofreu uma pane e terminou caindo, quando fazia pulverização em uma das muitas fazendas, na região de  Guiratinga (cidade que fica localizada a 332 quilômetros de Cuiabá), ao médio-sul do Estado.

As informações ainda são desencontradas, mas há a confirmação da morte do piloto, segundo as autoridades que atenderam à ocorrência. A sua identidade ainda não foi checada. Não houve explosão.

O pequeno avião ficou totalmente avariado com o choque ao solo. Com o impacto, uma das rodas do trem de pouso quebrou e foi arremessada da aeronave.

Leia Também:  Audiência Pública discute nesta segunda-feira a regulamentação do uso de miniestádios
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana