conecte-se conosco


Internacional

Manifestação contra telescópio no Havaí é realizada em Tóquio

Publicado

Havaianos e simpatizantes fizeram uma manifestação em Tóquio para tentar cancelar um projeto internacional para a construção de um enorme telescópio sobre uma montanha do Havaí, considerada sagrada pelos nativos do arquipélago.

Cerca de 50 manifestantes se reuniram, ontem (1º), na frente da estação de metrô de Shibuya, em Tóquio.

Eles pediram que astrônomos do Japão, Estados Unidos e três outros países desistam de seu plano de criar o maior telescópio refletor do mundo no alto da montanha Mauna Kea, na Ilha do Havaí. O telescópio terá 30 metros de diâmetro se for concluído.

Os manifestantes portavam faixas e distribuíram panfletos exigindo o cancelamento do projeto.

Um havaiano que estava no ato de protesto disse que “eles não estão fazendo isso por não gostar de ciência, mas porque não querem mais ver a montanha ser profanada.”

Uma outra afirmou querer que muitas pessoas no Japão fiquem sabendo da questão, já que há cientistas japoneses participando do projeto.

Nativos do Havaí e simpatizantes vêm realizando manifestações contra o projeto na base daquela montanha, bloqueando uma estrada que vai até seu topo.

Edição: Kleber Sampaio

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Mortes por covid-19 caem para oito no Reino Unido nas últimas 24 horas

Publicado


.

O Reino Unido notificou oito mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, em comparação com 55 do período anterior, elevando para um total de 46.574 as mortes pela doença desde o início da pandemia, anunciou hoje (9) o governo britânico.

O número de infeções foi de 1.062, elevando para 310.825 o número total de pessoas que testaram positivo ao novo coronavírus no Reino Unido, segundo as autoridades.

O Grupo Consultivo Científico para Emergências do governo britânico estima a taxa de transmissão do vírus em nível nacional entre 0,8 e 1, acima do qual o vírus se propaga facilmente.

Esses números foram divulgados após o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, ter classificado como “dever moral” e “prioridade nacional” que todas as crianças voltem à escola em setembro.

“Manter as nossas escolas fechadas por mais tempo do que o absolutamente necessário é socialmente intolerável, economicamente insustentável e moralmente indefensável”, escreveu Johnson na edição deste domingo do jornal The Mail on Sunday.

Globalmente, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 727 mil mortos e infectou mais de 19,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Continue lendo

Internacional

Covid-19:Itália tem 463 novos casos e duas mortes em 24 horas

Publicado


.

A Itália teve, nas últimas 24 horas, 463 novos casos de covid-19, e mais duas mortes associadas à doença, um dos números mais baixos de toda a pandemia, informou hoje (9) o Ministério da Saúde italiano.

Desde o início da pandemia do novo coronavírus, quando, em 21 de fevereiro, foram detectados os primeiros casos no país, a Itália contabilizou 250.566 casos da doença, enquanto o balanço provisório de mortes subiu para 35.295.

Os 463 novos casos de ontem para hoje constituem o segundo maior número de infectados desde o início de junho (o primeiro foi notificado sexta-feira, com 552), o que confirma a tendência de alta, “embora contida”, reconhecida há alguns dias pelo Instituto Superior de Saúde (ISS) italiano.

O aumento do número de novos casos ocorreu apesar de o total de testes de diagnóstico ter sido menor do que o normal, num total de 37.637.

O vice-ministro da Saúde italiano, Pierpaolo Sileri, pôs de lado a ideia de que o país registra um “recrudescimento”, acrescentando que se trata de “focos bem contidos” e controlados.

Atualmente, 13.263 pessoas estão infectadas com o novo coronavírus, com a grande maioria se recuperando em isolamento caseiro, quer com sintomas leves ou assintomáticos.

Apenas 45 pacientes se encontram em unidades de terapia intensiva, dois a mais do que no sábado.

A região mais afetada continua a ser a Lombardia (Norte), epicentro da pandemia na Itália e que, nas últimas 24 horas, acumulou 71 dos 463 novos casos e um dos dois óbitos.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 727 mil mortos e infectou mais de 19,6 milhões de pessoas em 196 países e territórios, segundo um balanço da agência francesa AFP.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana