conecte-se conosco


Geral

Mais de 90% das mortes por Covid-19 em Mato Grosso são entre pessoas não vacinadas

Publicado

Levantamento considerou as notificações feitas de janeiro a julho de 2021 e reforça que a vacinação é o meio mais eficaz de prevenir mortes pela doença [Foto – Christiano Antonucci]

Em 2021, cerca de 94% dos óbitos por Covid-19 em Mato Grosso ocorreram em pessoas não imunizadas. O dado foi mensurado pela equipe técnica da Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT), com base nas informações oficiais do sistema IndicaSUS, mantido pelo Ministério da Saúde.

O percentual reforça que a vacinação é o meio mais eficaz de prevenir mortes pela Covid-19. O levantamento considerou as notificações feitas de janeiro a julho de 2021.

“No momento, não há meio mais efetivo de se prevenir a Covid-19. Por isso, alertamos à população sobre a importância da vacina na contenção da pandemia. Precisamos do empenho de toda a sociedade, pois a imunização é uma estratégia coletiva e não individual”, disse o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

De acordo com o secretário adjunto de Vigilância e Atenção à Saúde, Juliano Melo, o levantamento aponta que está sendo comprovada a eficácia esperada dos imunizantes.

“Mais de 94% das pessoas que vieram a óbito em Mato Grosso não tomaram a primeira ou segunda dose da vacina contra a Covid-19. Já se percebe que a proteção aos casos graves e óbitos, entre as pessoas que tomaram uma ou duas doses da vacina, é extremamente maior do que naqueles que não tomaram. Isso corrobora com pesquisas que são desenvolvidas sobre a eficácia das vacinas, independentemente do tipo do imunizante”, pontuou.

O gestor ainda explicou que, como a imunização foi iniciada em 2021, o número de pessoas que completaram o esquema vacinal, com duas doses, ainda não é expressivo se comparado ao número da população total do Estado. Contudo, já é perceptível a efetividade da imunização. “Já se percebe que a proteção da vacina contra a gravidade e o óbito é muito significativa”, concluiu.

Veja o gráfico com os percentuais por mês

 

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Geral

Cuiabá abre seletivo para contratar 1,6 mil servidores na Educação com salários que chegam a R$ 2,8 mil

Publicado

Aprovados irão atuar no ano letivo de 2022

As inscrições para o Processo Seletivo Simplificado para Contratos Temporários de Prestação de Serviço por Tempo Determinado e Formação de Cadastro de Reserva (Nº 004/2021/GS/SME) da Secretaria Municipal de Educação começam no próximo dia 20 de setembro e vão até o dia 10 outubro. Serão ofertadas 1.605 vagas, visando o ano letivo de 2022, em funções de nível médio e superior, com remuneração de até R$ 2.895,01. Os candidatos aprovados atuarão em substituição de servidores efetivos a fim de atender à necessidade temporária de excepcional interesse público.

A partir desta sexta-feira (17) até as 23h59, do dia 19/09, próximo domingo, os candidatos poderão solicitar a isenção do valor da inscrição, desde que se atenda os critérios previstos no Edital entre eles, estar desempregado, ser doador regular de sangue e/ou de medula óssea, ser doadora de leite materno. Os documentos que comprovem as condições passíveis de isenção do pagamento da taxa de inscrição devem ser encaminhados, digitalizados, por meio eletrônico, no prazo, pelo endereço da Selecon. organizador processo seletivo, no endereço, www.selecon.org.br

As vagas oferecidas neste processo seletivo simplificado para o nível médio são de Instrutor de Libras, Intérprete de Libras, Técnico em Desenvolvimento Infantil (TDI), Técnico em Manutenção e Infraestrutura nas funções de Auxiliar de Serviço Geral (TMIE-ASG) e Técnico em Nutrição Escolar (TNE). Para as   funções com exigência de nível superior as vagas são para Professor e Professor com Especialização em Atendimento Educacional Especializado e/ou Educação Especial.

Os candidatos interessados devem fazer suas inscrições somente pelo site do Instituto Selecon que só serão efetivas com o pagamento do boleto bancário. A taxa de inscrição é de R$ 35,00 para as funções cujo pré-requisito seja nível médio técnico e nível médio e, de R$ 40,00 para superior e superior com especialização.

No ato da inscrição o candidato deverá optar pelo grupo de unidades educacionais em que gostaria de atuar, identificando uma das Regionais, Norte, Sul, Leste, Oeste, Escolas do Campo (única com a sub-opção de escolha de unidade escolar), ou Escola Cívico-Militar Cuiabana.

A seleção será feita em etapa única, de Avaliação de Títulos, de caráter eliminatório e classificatório, de acordo com a função e pontuação. A secretária Municipal de Educação, Edilene de Souza Machado falou sobre a realização do Processo Seletivo Simplificado. “Todos os anos a Secretaria de Educação realiza o processo seletivo para contratação temporária de profissionais que irão atuar nas unidades educacionais e também na sede. Lembramos que esses contratos são temporários e, em substituição a servidores efetivos. Este ano, a seleção também será em etapa única. Não haverá provas presenciais para evitarmos aglomerações. Portanto o interessado deve ler com bastante atenção o Edital e todas as informações sobre o Processo Seletivo”, ressaltou a secretária Municipal de Educação, Edilene Machado.

 

Continue lendo

Geral

Em 24 horas, MT registra 13 mortes e 618 novos casos de Covid; taxa de ocupação de leitos de UTIs está em 39%

Publicado

Mato Grosso já registrou 530.426 casos e 13.701 mortes pela doença

A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta sexta-feira (17), 530.426 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 13.701 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 13 mortes e 618 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 530.426 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso 4.401 estão em isolamento domiciliar e 511.505 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, há 161 internações em UTIs públicas e 92 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está 39,17% para UTIs adulto e em 15% para enfermarias adultos.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (109.404), Rondonópolis (37.402), Várzea Grande (36.838), Sinop (25.605), Sorriso (18.071), Tangará da Serra (17.614), Lucas do Rio Verde (15.549), Primavera do Leste (14.627), Cáceres (11.707) e Barra do Garças (10.537).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 386.221 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 116 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

Na quinta-feira (16), o Governo Federal confirmou o total de 21.069.017 casos da Covid-19 no Brasil e 589.240 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país tinha 21.034.610 casos da Covid-19 no Brasil e 588.597 óbitos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados desta sexta-feira (17).

Recomendações

Já existem vacinas para prevenir a infecção pelo novo coronavírus, mas ainda é importante adotar algumas medidas de distanciamento e biossegurança.

Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca da Covid-19. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo vírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;

– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;

– Evitar contato próximo com pessoas doentes;

– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;

– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana