conecte-se conosco


Saúde

Mais de 860 ambulâncias novas vão reforçar Samu

Publicado

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência e Emergência (Samu 192) recebeu do Ministério da Saúde 866 novas unidades para o atendimento à população em todo o país. Os veículos vão para 672 municípios em 24 estados.

Até o final do ano, está prevista a liberação de mais 199 unidades. O investimento total será de R$ 199,7 milhões.

De acordo com o ministério, com as aquisições deste ano, a frota do Samu 192 será renovada 100% em até cinco anos. O Samu 192 está presente, atualmente, em 3.618 municípios, com 3.274 ambulâncias, sendo 252 motolâncias, 12 embarcações (ambulancha), 14 aeromédicos e 191 centrais de regulação.

Ao todo, 174 milhões de pessoas (83,69% da população) dos 210 milhões de brasileiros contam com a cobertura do serviço. O serviço é prestado 24 horas por dia para socorrer rapidamente pacientes com necessidade de ser levados a unidades que prestam serviços de urgência ou emergência, como hospitais e unidades de pronto atendimento (UPAs), para atendimentos clínicos, cirúrgicos e obstétricos, entre outros, evitando sofrimento, sequelas ou mesmo a morte.

Edição: Nádia Franco

Fonte: EBC Saúde
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Saúde

Em São Paulo, 58 morrem pelo novo coronavírus

Publicado

O número de óbitos por coronavírus no estado de São Paulo cresceu 163,6% em apenas quatro dias. Se no último domingo havia o registro 22 pessoas mortas pela covid-19, hoje são 58. O balanço foi divulgado na noite de hoje (26) pela Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo.

Segundo a secretaria, além de crescer em números, o novo coronavírus está também avançando para outras regiões do estado. No último domingo, apenas a capital registrava mortos por coronavírus. Mas hoje foi registrada a primeira morte no interior paulista, fora da Grande São Paulo, no município de Ribeirão Preto, de um jovem de apenas 36 anos, que tinha comorbidade.

De ontem para hoje foram notificados dez óbitos. Sete deles são homens, de 36, 63, 73, 76, 80, 86 e 92 anos. E três são mulheres, de 64, 77 e 77 anos.

Pacientes graves

O número de pacientes internados em estado grave em unidades de terapia intensiva também cresceu, passando de 54 pessoas ontem para 84 hoje. Até agora, São Paulo registra 1.052 confirmações para a coronavírus no estado.

Em todo o Brasil, 77 pessoas morreram por complicações do novo coronavírus. 

Naomi Munakata

Entre esses mortos hoje está a regente do Coral Paulistano, a maestrina Naomi Munakata, 64 anos. A informação foi confirmada pelo Theatro Municipal de São Paulo. Pela redes sociais, o Theatro Municipal lamentou a morte e disse que “a música perde um talento extraordinário e nós perdemos uma grande amiga”.

 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

O Theatro Municipal de São Paulo lamenta o falecimento da maestrina titular do Coral Paulistano Naomi Munakata aos 64 anos de idade. A morte ocorreu hoje, 26 de março, na capital paulista. A direção do Theatro Municipal de São Paulo, o Instituto Odeon, bem como as equipes do Coral Paulistano, da Orquestra Sinfônica Municipal, do Balé da Cidade, da Orquestra Experimental de Repertório e demais funcionários, se solidarizam com a dor da família. A música perde um talento extraordinário e nós perdemos uma grande amiga. Naomi Munakata iniciou os estudos musicais ao piano com apenas quatro anos de idade e começou a cantar aos sete, no coral regido por seu pai – Motoi Munakata. Estudou violino, harpa e formou-se em Composição e Regência em 1978 pela Faculdade de Música do Instituto Musical de São Paulo, na classe de Roberto Schnorrenberg. Por duas décadas foi regente do Coro da Osesp e foi diretora e professora da Escola Municipal de Música de São Paulo, diretora artística e regente do Coral Jovem do Estado, regente-assistente do Coral Paulistano e professora na Faculdade Santa Marcelina e na FAAM. Era regente titular do Coral Paulistano desde julho de 2016.

Uma publicação compartilhada por Theatro Municipal de São Paulo (@theatromunicipal) em 26 de Mar, 2020 às 11:53 PDT

Por meio de nota, o prefeito de São Paulo, Bruno Covas, lamentou a morte da maestrina. “Uma das mais importantes regentes brasileiras, Naomi foi também regente titular do Coro da Osesp durante duas décadas, com reconhecimento internacional. Era um orgulho para a prefeitura de São Paulo tê-la como colaboradora”.

Segundo o Hospital Alemão Oswaldo Cruz, a maestrina deu entrada no pronto atendimento do hospital no dia 16 de março com sintomas de insuficiência respiratória grave, sendo internada na Unidade de Terapia Intensiva. Ela tinha comorbidades, que resultaram na evolução desfavorável do quadro clínico. “O Hospital Alemão Oswaldo Cruz lamenta o falecimento desta que foi um dos grandes nomes da música erudita brasileira. A direção, equipe médica e assistencial do hospital se solidarizam com os familiares e amigos neste momento de grande dor”, diz a nota do hospital.

Edição: Aline Leal

Fonte: EBC Saúde
Continue lendo

Saúde

Testagem aumenta notificação do coronavírus no Ceará

Publicado

A última atualização do Ministério da Saúde sobre casos de infecção pelo novo coronavírus no Brasil confirma o Ceará como a terceira unidade da Federação com mais ocorrências. Até o momento, são 235 casos, 8% do total do país (2.915 caos). Abaixo apenas de São Paulo e Rio de Janeiro, que são estados mais populosos que o Ceará e onde estão as maiores metrópoles nacionais.

A razão do número elevado de casos registrados é o esforço de testagem da população. “A questão do comportamento da epidemia no Ceará é muito relacionada ao aumento da vigilância epidemiológica. O aumento da investigação desses casos foi o que possibilitou que tivéssemos um número bem maior que outros estados”, assinala Antônio Silva Lima Neto, professor de Medicina da Universidade de Fortaleza (Unifor).

Há cerca de dez dias, o governo do Ceará anunciou a aquisição de 5 mil kits para diagnóstico do coronavírus em prazo de até quatro horas. No raciocínio de Lima Neto – que é pós-doutor em epidemiologia pela universidade de Harvard, e também gerente da Célula de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde de Fortaleza – a intensificação e a rapidez da testagem favorecem a notificação.

Conforme o Plano Estadual de Contingência do coronavírus, a notificação “deve realizada pelo meio de comunicação mais rápido disponível, em até 24 horas, a partir do conhecimento de caso que se enquadre na definição de suspeito”.

Até hoje, três pessoas com o coronavírus no estado morreram: um homem de 72 anos e duas mulheres, uma de 72 anos também e outra de 85 anos. Nos três casos, os pacientes já apresentavam doenças crônicas.

Segundo Lima Neto, o perfil prevalecente de pessoas infectadas é de adultos a partir dos 29 anos, inclusive pessoas assintomáticas, residentes em bairros de classe média, que potencialmente tiveram contato com pessoas que estiveram no exterior. Ele teme que o vírus possa se alastrar em áreas de grande densidade populacional e com piores condições sanitárias, e, assim, atinja velozmente pessoas mais pobres.

Na avaliação do especialista, o isolamento é “muito importante” no Ceará. “Fundamental para diminuir a dispersão da doença e reduzir a velocidade de propagação.” Até ontem (25), Fortaleza concentrava 92% dos casos. A Secretaria de Saúde não publicou até o fechamento dessa reportagem o novo boletim epidemiológico.

Edição: Liliane Farias

Fonte: EBC Saúde
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana