conecte-se conosco


Geral

Mais de 26 mil candidatos participam do concurso da Assistência Social no domingo

Publicado

Este é o primeiro concurso público realizado pela Prefeitura de Cuiabá exclusivamente para a Secretaria de Assistência Social

Mais de 26 mil pessoas inscritas para o 1º concurso público realizado pela Prefeitura de Cuiabá exclusivamente para a Secretaria de Assistência Social, concorrem nesse domingo (22), as 288 vagas disponíveis, sendo 185 vagas para nível médio e 103 para o nível superior, destinado a selecionar candidatos para provimento de vagas efetivas e formação de cadastro reserva.

Do montante de 26.628 inscrições homologadas, 23.537 foram pagas e 3.091 isenções.

O cartão de Confirmação de Inscrição (CCI) do Concurso Público, contendo o local, a sala e o horário de realização das provas objetivas e discursivas já está disponível no site do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC), por meio do endereço eletrônico www.ibfc.org.br.  A Prefeitura de Cuiabá, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social, alerta os candidatos para que confiram com antecedência os locais de realização das provas.

No domingo, a duração das provas será de 04h00 (quatro horas), incluídos o tempo para leitura das instruções, coleta de digitais e preenchimento do Cartão de Respostas e do Caderno de Respostas. No período da manhã, serão as vagas destinadas para o nível superior, sendo o horário de abertura dos portões as 07h45 e do fechamento às 08h30. As provas terão início às 08h45.

Já no período da tarde, as provas aplicadas serão aos candidatos de nível médio. O horário de abertura dos portões será às 14 horas e fechamento as 14h45. O início das provas será às 15 horas. Os horários estabelecidos no Edital são baseados no horário de Cuiabá

Leia Também:  Três pessoas são presas por exercício ilegal da profissão em academias de Cuiabá

Os candidatos devem comparecer ao local designado para realização das provas com uma hora de antecedência do início das provas, conforme o edital, munidos de caneta esferográfica de tinta preta ou azul não porosa, de material transparente, do Cartão de Confirmação de inscrição (CCI) e de original de documento oficial de identidade, contendo fotografia e assinatura. A orientação é para que os candidatos confiram com antecedência os locais de realização das provas para que sejam evitados imprevistos futuros.

PROVA

Além de uma boa noite de sono e alimentação leve na véspera, os candidatos devem levar para a prova apenas caneta esferográfica de tinta preta ou azul não porosa, de material transparente, o Cartão de Confirmação de Inscrição (CCI) e o original de documento oficial de identidade, contendo fotografia e assinatura.

Não serão permitidos o uso de óculos escuros, boné, chapéu, gorro ou lenço e, mesmo que desligados, telefone celular, pagers, bip, agenda eletrônica, relógio analógico ou digital, calculadora, walkman, notebook, palmtop, ipod, tablet, gravador, ponto eletrônico, transmissor/receptor de mensagens de qualquer tipo ou qualquer outro equipamento eletrônico.

As provas objetivas terão a duração de quatro horas. O gabarito preliminar da prova objetiva será divulgado no endereço eletrônico do IBFC www.ibfc.org.br, em até 24 (vinte e quatro) horas após a aplicação da mesma. 8.34. O Caderno de Questões da Prova Objetiva será divulgado no endereço eletrônico www.ibfc.org.br, na mesma data da divulgação dos gabaritos e apenas durante o prazo recursal.

Leia Também:  Cinco empresas passam a explorar o transporte intermunicipal em MT; preço da passagem será reduzido

O concurso terá validade de dois anos, podendo ser prorrogado por igual período. E as remunerações variam de R$ 1.607,93 a 9.519,08.

“A Assistência Social é uma Pasta importantíssima É ela que trabalha junto da população, conhece as reais necessidades na ponta. É exatamente isso que esperamos fazer história e deixar um legado para Capital, fazendo a diferença. Esse é o primeiro concurso da Secretaria de Assistência Social e estamos cumprindo com o nosso compromisso de ampliar o atendimento à população”, disse o prefeito Emanuel Pinheiro.

O Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC) já realizou vários concursos públicos, como do Estado para Educação e Prefeitura de Várzea Grande. Além desses, abriga em seu currículo de trabalho, várias experiências com resultados exitosos, nos estados do Rio de Janeiro, Pernambuco, entre outros.

“Anteriormente, já tiveram outros concursos da Prefeitura Municipal, no entanto, os cargos ficavam a disposição de todas as secretarias. Agora, com essa seleção, será possível formar um quadro permanente de profissionais da Assistência Social. Enfim, tenho certeza que não só a administração de Cuiabá, como também a população será beneficiada com atendimento de qualidade e de forma humanizada”, reforçou o secretário municipal de Assistência Social e Desenvolvimento Humano, Wilton Coelho.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Geral

Sete trabalhadores são resgatados em operação contra trabalho escravo em Mato Grosso

Publicado

Eles estavam alojados em condições precárias de segurança e higiene e atuavam sob risco iminente de acidentes

Um grupo de sete trabalhadores submetidos a condições análogas à de escravo foi resgatado em operação fiscal no Mato Grosso. Conduzida pelo Grupo Especial de Fiscalização Móvel (GEFM) da Secretaria de Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, a ação teve início em 8 de outubro e prossegue até esta sexta-feira (18) nos municípios de Santa Carmem, Feliz Natal e Nova Guarita.

Com a função de catar raízes em uma área preparada para o plantio de soja, os trabalhadores estavam alojados em um barraco de lona sem instalações sanitárias e áreas apropriadas para o preparo, o consumo e a conservação de alimentos. Não havia fornecimento de água potável. Além disso, os trabalhadores não recebiam equipamentos de proteção individual (EPIs) e inexistiam medidas voltadas à eliminação ou neutralização dos riscos da atividade desenvolvida pelos trabalhadores.

Pagamento

De acordo com o coordenador da operação, o auditor-fiscal do Trabalho André Dourado, o empregador reconheceu os vínculos empregatícios dos trabalhadores afastados pela fiscalização e pagou as verbas rescisórias no valor aproximado de R$ 55 mil.

Leia Também:  Três pessoas são presas por exercício ilegal da profissão em academias de Cuiabá

Termo de Ajuste de Conduta (TAC) firmado com a Defensoria Pública da União (DPU) também estabeleceu o pagamento a cada trabalhador, a título de dano moral individual, o mesmo valor pago como verba rescisória. Outro TAC foi firmado com o Ministério Público do Trabalho estipulando o pagamento de R$ 40 mil por danos morais coletivos

Assistência

O GEFM providenciou a emissão das guias de Seguro-Desemprego Especial para os trabalhadores resgatados, garantindo o direito de recebimento de três parcelas no valor de um salário mínimo cada. A coordenação da operação também providenciou os devidos encaminhamentos aos órgãos assistenciais de acolhimento. As irregularidades trabalhistas encontradas nos estabelecimentos rurais, inclusive em matéria de saúde e segurança, levarão à lavratura de autos de infração.

A operação, planejada pela Divisão de Fiscalização para Erradicação do Trabalho Escravo (Detrae), que coordena o GEFM e faz parte da Subsecretaria de Inspeção do Trabalho do Ministério da Economia, contou com a participação da DPU, do MPT e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Continue lendo

Geral

Troca de medidor de energia não pode gerar custo para o consumidor, alerta Procon

Publicado

Consumidor deve ser informado previamente, de forma clara e objetiva, e a troca efetuada na presença do proprietário do imóvel ou responsável

A concessionária de energia de Mato Grosso vem realizando troca de medidores de energia elétrica em Cuiabá e Várzea Grande e o Procon-MT faz alerta sobre essa mudança, a qual deve acontecer na presença do consumidor e não pode gerar custos a ele. Na troca, a empresa retira o padrão CPREDE, localizado no poste, substituindo pelo modelo caixa tanquinho (caixa de medição blindada próxima à casa). 

O consumidor deve ser informado previamente, de forma clara e objetiva sobre o procedimento e porque ele é necessário. A troca, bem como a leitura do CPREDE substituído, deve ser efetuada na presença do proprietário do imóvel ou responsável, a fim de garantir a transparência do processo.  

Secretária adjunta do Procon-MT, Gisela Simona reforça que essa mudança não pode gerar custos para o consumidor e qualquer procedimento precisa ser pré-autorizado pelo proprietário da residência. “O Código de Defesa do Consumidor estabelece que é direito do consumidor informação adequada, clara e ostensiva sobre os diferentes serviços, com a devida especificação de quantidade, características, composição, qualidade, preço, incluindo possíveis os riscos” (art.6, III e art.30, do CDC).

O custo só pode ser repassado ao consumidor quando: se tratar de uma nova unidade consumidora ou quando o medidor existente apresentar problemas que colocam em risco  vida e a integridade das pessoas.

Sobre o padrão caixa tanquinho, a coordenadora de Conciliação do Procon-MT ainda orienta sobre a custódia do equipamento, caso este venha sofrer algum dano futuro: “Se a caixa for instalada em via pública, ou seja, na área de calçada, por exemplo, a responsabilidade do equipamento é da concessionária. Entretanto, se a caixa estiver no muro da casa, no limite entre a propriedade e a via pública, então a responsabilidade é do consumidor”.

Posicionamento da Energisa 

Conforme informado pela Energisa, o projeto teve início em 2016 e é realizado conforme identificação de necessidade, priorizando equipamentos que possuem maior urgência de substituição. “Além disso, a troca dentro desse processo não apresenta custo para o cliente”, informou a assessoria de imprensa.

O principal objetivo, segundo a concessionária, é facilitar o acompanhamento da leitura pelo cliente e dar maior segurança às instalações elétricas. “Nossos técnicos passam previamente levantando as unidades consumidoras e informam presencialmente aos clientes e/ou deixando um folheto informativo com as orientações. No dia da troca, caso o cliente não esteja presente, é deixado na residência um comunicado alertando sobre o serviço e a leitura retirada”, diz trecho do e-mail.

 

Leia Também:  Três pessoas são presas por exercício ilegal da profissão em academias de Cuiabá
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana