conecte-se conosco


Mato Grosso

Mais de 1,2 mil pessoas privadas de liberdade fazem Enem nesta terça e quarta

Publicado

Nesta terça-feira e quarta-feira (10.12 e 11.12), 1.218 pessoas privadas de liberdade em Mato Grosso fazem as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), sendo 1.166 do Sistema Penitenciário e 52 adolescentes do Sistema Socioeducativo. Esta modalidade é chamada de Enem PPL e oferece a oportunidade tanto para adultos quanto jovens sob medida socioeducativa que inclua privação de liberdade.

Do Penitenciário, estão inscritos 1.166 reeducandos de 39 unidades penais. Este número é 13% maior que o do ano passado, que registrou 1.028 inscrições. O objetivo é viabilizar a avaliação do desempenho escolar ao final da Educação Básica e o acesso à Educação Superior, além de contribuir para elevar a escolaridade da população prisional.

De acordo com dados do Núcleo de Educação nas Prisões (NEP) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), o Sistema Penitenciário possui atualmente 3.904 reeducandos matriculados no Ensino Básico de Mato Grosso, e 16 cursando o Ensino Superior.

Atualmente, 673 pessoas privadas de liberdade estão aptas a concorrerem às vagas do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), Fundo de Financiamento Estudantil (FIES), Programa Universidade para Todos (Prouni), entre outras instituições que ofertam graduação. O Sisu é o sistema informatizado do Ministério da Educação (MEC), por meio do qual as instituições públicas oferecem vagas a candidatos participantes do Enem.

A coordenadora do NEP, pedagoga Fabiana Flávia de Magalhães Nascimento, explica como é feito o encaminhamento dos aprovados. “O quantitativo de matriculados é acompanhado a cada chamamento das universidades públicas e fazemos a sensibilização dos diretores e responsáveis pedagógicos das unidades, para a efetivação da matrícula no curso em que a pessoa foi aprovada”.

No Socioeducativo, os 114 adolescentes em conflito com a lei estudam, sendo que 52 estão aptos a fazerem o Enem. A coordenadora de Atendimento Socioeducativo, Anna Marcia Cunha, frisa que o acompanhamento continua quando algum dos inscritos ganha liberdade na véspera. “Na semana da data da prova a Gerência do Egresso entra em contato, reforçando sobre a importância de fazer as provas”.

Ao longo do ano, os jovens fazem quatro simulados com questões objetivas no formado das provas do Exame Nacional, abrangendo todas as disciplinas. Além disso, dentro da disciplina de Língua Portuguesa há o reforço em noções de redação.  

Sobre o Enem PPL

Desde 2011, o Enem PPL é realizado anualmente pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em parceria com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio do Departamento Penitenciário Nacional (Depen).

As provas têm o mesmo nível de dificuldade do Enem regular. A única diferença é a aplicação dentro de unidades prisionais, incluindo penitenciárias, cadeias públicas, centros de detenção provisória e instituições de medidas socioeducativas. A aplicação ocorre sempre em data posterior ao Exame regular e em dias úteis.  

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Mauro Mendes decreta luto oficial pelo falecimento de d. Bonifácio Piccinini

Publicado

O governador Mauro Mendes e a primeira-dama Virginia Mendes lamentaram o falecimento do arcebispo emérito de Cuiabá Dom Bonifácio Piccinini, na noite deste sábado (28).

“Recebemos a notícia com grande pesar. Perdemos hoje um homem que fez a diferença com suas ações e sua fé. Ele sempre foi um exemplo para todos nós”, afirmou o governador e a primeira-dama.

O governador decretou luto de 3 dias pelo falecimento do arcebisto, em homenagem a todo o trabalho realizado por ele, ao longo de 45 anos dedicados a Igreja Católica.

O decreto será publicado na próxima edição do Diário Oficial do Estado.

O arcebispo tinha 91 anos e estava internado em uma unidade de terapia intensiva (UTI), no Hospital Estadual Santa Casa. Ele foi internado no dia 23, após uma oscilação da pressão.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Arena da Educação realiza campanha de arrecadação de livros

Publicado


A Escola Estadual Governador José Fragelli, a Arena Educação, está organizando uma campanha de arrecadação de livros de diversos gêneros para compor a biblioteca da escola. A ideia partiu dos estudantes da disciplina eletiva “Palavra Puxa Palavra”, regida pela professora de sociologia Letícia Rosa de Almeida Leite, em parceria com as professoras de português, Juliana Grossi, e Ginástica Rítmica, Maria Rita Vitório.

O projeto da disciplina tem como uma das funções primordiais mobilizar os estudantes, familiares e comunidade em colaborar doando livros, para que o acervo da biblioteca escolar seja ampliado. A Campanha #LiterArena pode ser acessada AQUI.

“A biblioteca da Arena tem muita carência de livros literários que vão cativar e ajudar realmente ajudar nesse aprendizado dos alunos então estamos aqui para pedir sua colaboração para a doação de livros (literários) para a biblioteca da nossa escola. Nós alunos sabemos que a leitura é muito importante na nossa formação e por isso contamos com a sua colaboração”, destaca Letícia Rosa.

Para fazer as doações, é preciso levar os livros até a nossa escola: de segunda à sexta-feira, das 8h às 16h30min da tarde, no 2º andar, entrada pelo Portão F. Neste período sempre terá alguém da orientação pedagógica da escola disponível para recebimento dos livros. Os exemplares podem ser entregues até 17 dezembro, véspera da finalização do ano letivo de 2020 na nossa escola.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana