conecte-se conosco


Policial

Maior estuprador em série de Goiás tem condenação de 50 anos por participação em chacina em Mato Grosso

Publicado

Wellington Ribeiro da Silva, preso quinta-feira em Goiás, onde é acusado de dezenas de estupros [F – Polícia Civil-GO]

Condenado a mais de 50 anos de prisão por triplo homicídio em Mato Grosso e considerado criminoso em série com mais de 20 estupros confirmados no Estado de Goiás, Wellington Ribeiro da Silva, 52, teve nove mandados de prisão cumpridos pela Polícia Judiciária Civil, em ação integrada da Gerência Estadual de Polinter e Capturas (Gepol-MT)) e Superintendência de Combate a Corrupção e ao Crime Organizado (GO).

O suspeito, Wellinton Ribeiro da Silva, é apontado como autor do crime de grande repercussão, ocorrido em 1997 em Rondonópolis, conhecido como “Chacina do Monte Líbano”, em que assassinou a sua companheira e os dois filhos dela.

Na época dos fatos, Wellington comandava uma quadrilha envolvida em diversos roubos e homicídios e tinha um relacionamento com a vítima, Luzia Pereira da Cruz, que tinha dois filhos de outros relacionamentos. Depois de desconfiar que a companheira estava passando informações para a Polícia, o suspeito decidiu matá-la.

Na noite do crime, Wellington foi até a casa da vítima e depois de conversarem algum tempo, ele a abraçou e sem possibilidade de resistência, esfaqueou a vítima violentamente. Não satisfeito, o suspeito decidiu tirar a vida dos dois filhos da vítima, um de 10 e outro apenas de 03 anos de idade. Os corpos foram encontrados dias depois.

Pelos crimes praticados, Wellington foi condenado a mais de 50 anos de prisão em regime fechado. Ele chegou a ser preso, mas foragiu da Presídio Major PM Eldo Sá Correa (Mata Grande) em 2013 e desde então seu paradeiro era desconhecido.

Na última semana, Wellington foi preso no Estado de Goiás, onde é considerado pela Polícia um criminoso em série, maníaco sexual, investigado pelo cometimento de crimes sexuais e apontado como autor de mais 22 estupros confirmados com as vítimas identificadas e autoria reconhecida.

A prisão do suspeito ocorreu após a troca de informações entre o Núcleo de Inteligência Operacional da Gepol e policiais civis da Superintendência de Combate a Corrupção e ao Crime Organizado, órgão integrante da Secretária Estadual de Segurança de Goiás. A equipe da Polinter fez o encaminhamento dos mandados de prisão que estavam pendentes de cumprimento expedidos pela Justiça de Mato Grosso totalizando nove ordens judiciais.

O delegado, Carlos Levergger, um dos responsáveis, pela força tarefa nas investigações dos estupros praticados no Estado de Goiás, disse que no momento da prisão, Wellington, fazia uso de documento falso, sendo também autuado em flagrante pelo crime.

Na quinta-feira (19), o suspeito foi apresentado a imprensa na sede da Secretaria Estadual de Segurança Pública do Estado de Goiás, sendo atribuídos a ele os diversos crimes sexuais, que começaram a ser praticados desde 2008, alguns deles já confessados.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Policial

PRF em MT dobra o número de policiais na Operação Carnaval

Publicado

Policiamento preventivo será reforçado em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) inicia na próxima sexta-feira (21) a Operação Carnaval 2020, que segue até a quarta-feira (26). A ação é mais uma etapa da Operação Integrada Rodovida, que começou em 20 de dezembro de 2019 e se encerrará no próximo dia 1º de março.

Em Mato Grosso, haverá reforço no policiamento preventivo em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de criminalidade, segundo as estatísticas.

“Vamos aumentar o efetivo de forma que em determinados horários e dias teremos o dobro de policiais fiscalizando para garantir a segurança de quem está transitando nas rodovias federais”, destaca o chefe de Operações, Alvino Domingues.

A intensificação na fiscalização ocorrerá por meio de rondas ostensivas nas rodovias e do posicionamento estratégico das viaturas e policiais ao longo dos trechos mais movimentados. O objetivo é garantir aos usuários das rodovias federais segurança, conforto e fluidez do trânsito.

“Buscamos a proteção dos usuários, de forma que possam ter uma viagem segura, fazemos isso por meio da conscientização dos condutores e também da fiscalização. A proteção da vida é o objetivo principal da PRF, é nessa linha que vamos atuar durante o Carnaval”, frisou Domingues.

No período de Carnaval, há um acentuado aumento do fluxo de veículos e de passageiros nas rodovias federais e uma notória elevação do consumo de bebidas alcoólicas, fatores que contribuem para o aumento da violência no trânsito e na gravidade dos acidentes.

Além do consumo de bebida alcoólica, a PRF também intensificará a fiscalização nas condutas consideradas mais gravosas como ultrapassagens indevidas e falta de equipamentos de segurança (capacete, cinto de segurança ou cadeirinhas para crianças).

Restrição de tráfego – Com objetivo de diminuir o fluxo dos veículos de carga em dias de maior circulação de veículos leves, haverá restrição de tráfego nas rodovias de pista simples nos seguintes dias e horários:

21/02 (sexta-feira) – 16h às 22h 22/02 (sábado) – 06h às 12h 25/02 (terça-feira) -16h às 22h 26/02 (quarta-feira) – 06h às 12h

A proibição de circulação para veículos ou combinações de veículos, portando ou não Autorização Especial de Trânsito (AET) ou Autorização Específica (AE), atinge os veículos que excedam os seguintes limites:
– Largura máxima: 2,60 metros;
– Altura máxima: 4,40 metros;
– Comprimento total de 19,80 metros; e
– Peso Bruto Total Combinado (PBTC) para veículos ou combinações: 57 toneladas.
A restrição abrange Combinações de Veículos de Cargas (CVC), Combinações de Transporte de Veículos (CTV) e Combinações de Transporte de Veículos e Cargas Paletizadas (CTVP).

Carnaval 2019 – Na Operação Carnaval 2019, a PRF registrou em Mato Grosso 33 acidentes de trânsito, que resultaram em quatro mortes e 34 pessoas feridas.
Os policiais rodoviários federais fiscalizaram no período 442 pessoas e 323 veículos, realizaram 2.670 testes do etilômetro (bafômetro), que resultaram em 44 pessoas multadas e 11 detidas. A PRF também registrou 344 ultrapassagens indevidas, 276 motoristas e passageiros sem o cinto de segurança e 25 casos de criança sem a cadeirinha.

Em caso de emergência, ligue 191.

Neocleciana Gonçalves – SECOM PRF MT

Fonte: PRF MT
Continue lendo

Policial

Bandidos invadem residência e matam cinco pessoas com tiros na cabeça em Nobres

Publicado

Chacina ocorreu na noite de quarta-feira. Todos os mortos eram jovens entre 16 e 21 anos [F-Arquivo]

Cinco jovens foram assassinados a tiros na noite de quarta-feira (19) em uma chacina no município de Nobres (164 km a Médio-Norte de Cuiabá).  O crime ocorreu dentro de uma residência no bairro Cohab Por do Sol. Os mortos tinham idade entre 16 e 21 anos e a maioria tinha ferimentos na cabeça.

Morreram Jovanilson Pereira da Costa, 17, Claudio Rogério Pinto do Nascimento, 19, Thiago dos Santos Siqueira, 20, Weliton da Silva, 23 e Daniel dos Santos Costa, 24. A motivação dos assassinatos ainda é investigada pela Polícia Civil, mas existe a suspeita de que seria um possível acerto de contas entre quadrilhas rivais.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Militar, por volta das 20h30, moradores acionaram o 190 informando ter ouvido disparos de arma de fogo.

Ao chegar ao endereço informado, os militares encontraram 3 das vítimas caídas do lado de fora da residência, sendo que uma ainda apresentava sinais vitais. Outras duas foram encontradas dentro da casa, cada uma em um quarto.

As duas estavam com sinais vitais. Os três feridos foram socorridos e encaminhados para uma unidade de saúde, mas não resistiram aos ferimentos e morreram. A PM informou que os cinco mortos foram atingidos por disparos de pistola calibre 380. Até o início desta manhã nenhum suspeito havia sido preso.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana