conecte-se conosco


Política Nacional

Maia afirma que destaques da oposição têm impacto de R$ 100 bilhões

Publicado

Luis Macedo/Câmara dos Deputados
Presidente da Câmara, dep. Rodrigo Maia (DEM-RJ) concede entrevista
Rodrigo Maia: nos destaques que estão sendo votados, perda de arrecadação não passa de R$ 25 bilhões

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, afirmou que é preciso ter um quórum alto nas votações dos últimos destaques e garantir a economia pretendida da reforma. Segundo o presidente, os três últimos destaques do PT, se aprovados, podem impactar em aproximadamente R$ 100 bilhões.

Ele avaliou que os destaques aprovados até agora têm uma previsão de perda de arrecadação que não passam de R$ 25 bilhões.

“O importante é terminar o primeiro turno, uma vitória que estamos mantendo. Nos destaques que estão sendo votados, a perda de arrecadação não vai passar de R$ 25 bilhões, e mantêm a economia. O que a gente não pode é perder essa economia. Os últimos destaques do PT, se não forem derrotados, nos tiram R$ 100 bilhões. Então, a gente precisa de um quórum alto para garantir essas votações, não podemos perder nenhum deputado e nenhum voto. Para isso, precisamos construir o quórum para as próximas horas”, destacou Maia.

Ele afirmou que nas próximas horas os líderes dos partidos que apoiam a reforma vão avaliar a projeção de quórum para amanhã e para a próxima semana para tomar a decisão de quando o segundo turno pode ser votado. O presidente avaliou, no entanto, que, pelo menos a redação final do texto aprovado em primeiro turno pode ser analisada pela comissão especial.

“Vamos trabalhar para tentar conseguir votar o primeiro turno hoje e tenta caminhar para comissão especial novamente, só começando cedo, se não fica inviável”

“O que a gente não pode é correr o risco de ir para o segundo turno e perder a votação. Dez dias, 15 dias não vão fazer [a diferença]. Nessa hora, nossa paciência e capacidade de diálogo precisa prevalecer em relação a querer empurrar com muita rapidez o processo e correr o risco de ter o resultado do segundo turno com quórum baixo ou chamar e não ter sessão”, ponderou o presidente.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Política Nacional

“Precisamos romper qualquer laço do PSDB com o bolsonarismo”, diz Virgílio

Publicado


source
João Doria, Eduardo Leite e Arthur Virgílio
Reprodução/CNN

João Doria, Eduardo Leite e Arthur Virgílio

Arthur Virgílio afirmou que o PSDB precisa se desvincular completamente do bolsonarismo. A afirmação foi feita durante discurso após sua derrota nas prévias do partido, que teve o governador de São Paulo João Doria como vencedor .

“Precisamos romper qualquer laço do PSDB com o Bolsonarismo. Não tem nada que valha a pena. Não tem circunstância nenhuma que valha a pena”, disse ele, em meio a aplausos.

Virgílio afirmou que “não tinha ilusão” de ganhar as prévias, mas que se sente um vencedor pelo debate causado durante o processo entre ele, João Doria e Eduardo Leite.

“O que eu entendia é que eu precisava conversar com essas pessoas porque os debates foram ótimos para marcarmos a nossa campanha. Fiquei feliz de ver a Amazônia ser mencionada pelo Doria e muitas vezes ser mencionada pelo Eduardo. Começou a compreensão de que uma vitória que eu tive foi nós termos dado um choque de democracia no país”, declarou.

Virgílio ainda discursou em tom de união, dizendo que irá apoiar Doria e que espera que Leite seja sucessor do candidato do PSDB à Presidência da República.

“A gente vai fazer uma campanha agora de lutar pela unidade, juntar os discursos. Ver o que se aproveita de cada discurso para dar ao João. Eu preguei o respeito à diversidade no campo sexual, o respeito aos negros. Não é possível um país se dizer democrático e não respeitar os negros. Não é possível um país com 53% de mulheres e as mulheres não terem pode político. Temos que entregar o poder político o mais rapidamente possível para as mulheres”, disse.

Continue lendo

Política Nacional

Prévias do PSDB: aplicativo teve 30 milhões de tentativas de ataque hacker

Publicado


source
App das prévias do PSDB
Divulgação/ PSDB

App das prévias do PSDB

O sistema responsável por computar os votos das prévias do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) registraram mais de 30 milhões de tentativas de ataque hacker durante este sábado (27).

O número foi divulgado pela CNN, que consultou a empresa de tecnologia responsável pelo aplicativo. Apesar do alto número, os políticos filiados ao PSDB disseram que esse tipo de tentativa é comum.

As prévias do PSDB foram marcadas por vários problemas técnicos. A votação deveria ter acontecido no último domingo (21), mas  foi suspensa após uma instabilidade no aplicativo contratado para fazer a votação. Ao todo, a cúpula do PSDB estima que 30 mil filiados votaram nas prévias. Apenas na manhã deste sábado, 11 mil votos foram computados .

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana