conecte-se conosco


Economia

Magalu oferece crédito de até R$ 5 mil pelo aplicativo

Publicado

source
Magalu oferece crédito de até R$ 5 mil pelo aplicativo
Redação 1Bilhão Educação Financeira

Magalu oferece crédito de até R$ 5 mil pelo aplicativo

O Magalu vai começar a oferecer crédito pessoal para pessoas físicas direto pelo aplicativo. O anúncio foi feito pela varejista nesta quinta-feira (12), no lançamento da Fintech Magalu, braço financeiro da marca.

O empréstimo de até R$ 5 mil será voltado para pessoas físicas, com taxa de juros mensal oscilando entre 2,99% e 5%, dependendo do perfil do consumidor. O prazo de pagamento será em até 36 meses.

A concessão do crédito será 100% on-line: o cliente solicita pelo aplicativo, o perfil é analisado e a quantia é liberada no MagaluPay, conta digital da varejista. De acordo com a empresa, cerca de 10 milhões de clientes do Magalu já estão pré-aprovados para a concessão do empréstimo. A funcionalidade no app está em fase de testes, e será disponibilizada aos clientes até o fim de maio.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia 

Desde 2001 a Magalu oferece diferentes produtos de crédito, incluindo empréstimos e consignados, pelo LuizaCred, numa parceria com o Itaú Unibanco. Agora, as operações serão feitas diretamente no MagaluPay, e o dinheiro pode ser transferido via Pix para outras contas ou usado em compras no site, loja e marketplace.

“Na operação de crédito via LuizaCred, o risco fica na operação com o banco (Itaú Unibanco). Agora, começamos a de fato olhar para os dados, as informações que temos e montar uma metodologia de score (pontuação)”, afirma Robson Dantas, diretor da Fintech Magalu.

Além disso, a companhia também anunciou a oferta de cartão de crédito para os mais de 160 mil vendedores on-line que atuam no marketplace da marca.

A companhia calcula que apenas 3% da base brasileira de cartões de crédito são corporativos, e que a operação própria é facilitada pelo “conhecimento profundo” dos chamados sellers, esses vendedores de seu shopping virtual, o que, segundo a empresa, reduz os riscos.

Pagamento instantâneo

Além disso, a empresa também anunciou que caminha para se tornar uma iniciadora de pagamentos nas transações via Pix. Hoje, nas operações que usam o sistema de pagamentos instantâneos, o consumidor precisa copiar e colar a chave de pagamento ou ler o QR Code com um aplicativo de banco ou internet banking. Agora, o pagamento poderá ser feito direamtente pelo site, de forma mais ágil.

O processo deve começar pela KaBum!, uma das marcas do grupo, em função do perfil de operação e do público consumidor da plataforma. Segundo o executivo, o processo já recebeu autorização do Banco Central e está em frase de homologação pelas entidades competentes.

“Queremos começar por onde a penetração do Pix é expressiva no volume de transações. O copia e cola tem muita oportunidade de melhoria”, afirma Dantas.

Na avaliação de Eduardo Yamashita, diretor executivo de Operações da Gouvêa Ecosystem e diretor de Inteligência da MosaicLab, com os novos produtos, o Magalu se inspira e segue o caminho de outros grandes varejistas internacionais, como o Alibaba, conglomerado chinês dono da AliExpress e do braço financeiro Ant Group.

“É mais um movimento importante do Magalu, e que faz muito sentido. Eles dito em reuniões com investidores que estão montando um ecossistema muito robusto, e esse braço financeiro é um dos mais importantes para isso. Com as aquisições dos últimos anos, já era esperado pelo mercado que passariam a estender a oferta de produtos”, analisa.

Yamashita também afirma que a oferta de produtos como cartão de crédito para as empresas que operam no marketplace da companhia também se torna um fator de atração e retenção para novos negócios:

“A partir do momento que você tem um sistema robusto, não só atrai mais vendedores, mas mantêm eles ali. O Magalu tem que se mostrar competitivo, se não não vai ganhar esse mercado. E tem uma vantagem que é o conhecimento dos consumidores e das empresas que atuam no ecossistema, porque tem esses dados. Isso é um fator potencial inclusive de oferecer a melhor taxa de mercado se utilizarem bem esses dados.”

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Economia

Cuiabá encerra a semana com 855 vagas de emprego com salários de até R$ 7 mil; veja funções e benefícios

Publicado

Para quem busca uma oportunidade no mercado de trabalho, o Sine Municipal, coordenado pela Secretaria de Agricultura, Trabalho e Desenvolvimento Econômico, disponibilizou nesta sexta-feira (19), mais de 850 vagas de emprego em diversas áreas de atuação.

As oportunidades são para os cargos de: agente de vendas de serviços, ajudante de obras, analista de planejamento financeiro, atendente de balcão, auxiliar de limpeza, balconista de açougue, borracheiro, carpinteiro, conferente de carga e descarga, eletricista, eletrotécnico, engenheiro civil, garçom, gerente comercial, motorista de caminhão, operador de caldeira, serralheiro, técnico de edificações, vendedor interno, entre outas vagas.

Para se candidatar basta baixar o aplicativo “Sine Fácil” ou acessar a página virtual do Emprega Brasil (empregabrasil.mte.gov.br). O candidato pode ainda se dirigir a unidade do Sine no Coxipó ou no Shopping Popular, com os documentos pessoais.

Nesta sexta-feira, a van do Sine da Gente, que integra o programa Pra Frente Cuiabá, leva atendimento aos moradores do bairro Altos do Parque. A equipe se posiciona no espaço da EMEB Clóvis Hugueney Neto, localizada na Avenida I, Quadra 21, Lote 30, oferecendo os serviços de encaminhamento de vagas de emprego, Carteira de Trabalho Digital e orientação no Seguro de Desemprego, das 9h às 12 e 13h às 16h.

Canais de atendimento Sine Municipal de Cuiabá:

Sine Shopping Popular: das 9h às 17h

Telefone e Whatsapp: (65) 3664-1503/ 99251-7480

Sine Coxipó: das 7h às 17h

Telefone e Whatsapp: (65) 3675-3113/ 99337-2799

Sine da Gente (Sine móvel): toda semana em um bairro diferente de Cuiabá.

Os empregadores que desejarem anunciar suas vagas no Sine podem entrar em contato pelos telefones (65) 3645–7216 ou (65) 3645-7237, pelo whats (65) 99255–2450 ou pelo e-mail [email protected].

PLANILHA DE VAGAS 19-08-2022

Continue lendo

Economia

Prosus adquire controle total do iFood por cerca de R$ 9,4 bilhões

Publicado

Prosus adquire controle total do iFood por cerca de R$ 9,4 bilhões
Sophia Bernardes

Prosus adquire controle total do iFood por cerca de R$ 9,4 bilhões

A gigante holandesa Prosus, controladora da Movile, fechou um acordo para adquirir os 33,3% restantes de sua participação no iFood, que pertencia ao acionista minoritário Just Eat Holding Limited. Com o negócio, a empresa passa a deter controle do total da plataforma de delivery brasileira.

Entre no  canal do Brasil Econômico no Telegram e fique por dentro de todas as notícias do dia. Siga também o  perfil geral do Portal iG

O acordo prevê o pagamento de € 1,5 bilhão em dinheiro mais uma contraprestação contingente de até € 300 milhões, também em dinheiro. Esse valor adicional pode ser pago a depender dos resultados do iFood nos próximos 12 meses.

A aquisição consiste na venda pela Just Eat de ações representativas de 33,3% do iFood e da IF-JE Holdings BV, que em conjunto detêm o negócio iFood. Como parte da transação, a Just Eat também adquirirá, sem contraprestação adicional, a participação de 49% da IF-JE Holdings BV na empresa espanhola El Cocinero a Cuerda SA.

A transação ainda está sujeita à aprovação de acionistas da Just Eat Takeway.com NV, da qual a Just Eat é subsidiária.

A Prosus investiu pela primeira vez no iFood por meio da Movile em 2013. A holandesa tem forte presença no mercado de delivery, com um portfólio que inclui o iFood na América Latina, Swiggy na Índia e Delivery Hero, que está presente em mais de 50 países.


Fonte: IG ECONOMIA

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana