conecte-se conosco


Mulher

Mãe leva bebê para balada, fica bêbada e acaba matando filho ao dormir sobre ele

Publicado


Mãe
Reprodução/Facebook

Mãe acabou sufocando o filho após rolar sobre ele enquanto dormia

Nesta sexta-feira (7), uma mulher foi condenada a dois anos e quatro meses de prisão no País de Gales após ser considerada culpada pela morte do filho, um bebê de apenas quatro semanas de vida.

Tudo aconteceu no último dia 31 de março, quando Marina Tilby, de 26 anos, teve a infeliz ideia de levar o bebê para uma balada.

Leia também: Cama compartilhada entre pais e filhos: há certo ou errado nesta escolha?

Lá, testemunhas contaram à rede de TV BBC que ela jogou o recém-nascido diversas vezes para o alto e consumiu altas doses de bebiba alcoólica. Porém, a tragédia ocorreu longe do bar , quando mãe e filho foram passar a noite na casa de dois homens que Tilby conheceu no local.

Um dos homens ofereceu uma cama de casal para que ela e o bebê pudessem dormir. Na manhã seguinte, ao acordar, ela percebeu que havia dormido em cima do filho e que ele não se mexia ou respondia a qualquer estímulo. Rapidamente, ela se dirigiu a um hospital da região, onde o bebê foi declarado morto.

Leia também: Bebê morre embalado nos braços do pai que fazia cama compartilhada

Marina foi presa após informar aos médicos do real motivo da parada cardíaca do filho e julgada no início da última sexta. Durante o julgamento, admitiu que foi negligente e teve que ouvir diversas críticas do juiz do caso.

“Era sua responsabilidade como mãe, seu dever, colocar a segurança e bem-estar de seu bebê acima de todas as coisas. Você ignorou completamente esse dever. Então, imagino que estivesse completamente alterada naquela noite”, afirmou o juiz Paul Thomas, que completou: “este é um horrível caso de egoísmo materno”.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher

Traição? Mulher descobre que sempre foi a amante do namorado de forma inusitada

Publicado


source

Depois de oito anos de namoro, a australiana Bonnie, de 42 anos, descobriu que seu namorado já tinha uma relação estável há 15 anos com outra mulher. Após a separação, ela resolveu abrir seu coração e contar ao jornal ‘Insight’ como ficou sabendo que o parceiro estava mantendo uma relação paralela.

Bonnie
Reprodução/Insight

Bonnie


Em 2003, Bonnie se apaixonou por um engenheiro mecânico que conheceu através de amigos e eles começaram a namorar. O relacionamento deles foi se fortalecendo com o tempo e eles passaram a morar juntos e tentaram ter filhos.

O problema é que em um belo dia, a namorada secreta do parceiro de Bonnie apareceu na porta da sua casa no meio da noite. “Houve uma batida na porta às 2 da manhã. Eu não sabia que era ela. Ele estava na cama ao meu lado, se levantou para atender a porta e não voltou mais. Eu liguei para ele perguntando o que está acontecendo”, relembrou.

Foi então que a ficha dela caiu. “Tudo se encaixou, eu percebi que eles estavam se vendo esse tempo todo. Houve um momento de choque, mas, naquele momento, todas as pequenas coisas que eu não entendia antes começaram a fazer sentido”, acrescentou Bonnie.


Na manhã seguinte, ela saiu com seu cachorro de casa e nunca mais voltou. Um mês depois da descoberta, Bonnie conheceu a outra parceira do namorado e descobriu que eles estavam juntos há 15 anos. Ela também descobriu que eles viajavam para os mesmos destinos e as duas namoradas ganhavam os mesmos presentes do parceiro.

“A conversa foi muito reveladora. Muitas coisas que ele dizia para mim, ele também dizia para ela”, contou a australiana. “Foi muito chocante saber que não tinha aquela vida pessoal com ele, que tudo se refletia de várias maneiras em outra pessoa.”

Segundo Bonnie, o então namorado a levou para Paris, Amsterdã e Londres uma semana depois que ele levou a sua namorada secreta.

Após o rompimento devastador, Bonnie acabou com TEPT (estresse pós-traumático) e teve que se consultar com um terapeuta por 18 meses. Ela também precisou usar medicamentos antidepressivos por dois anos. Entretanto, ela encontrou força novamente, conseguiu completar uma pós-graduação e iniciou uma nova carreira.

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Mulher

Onde fica a Lua em seu mapa astral? Saiba o que ela significa em cada signo

Publicado


source
lua
Freepik/reprodução

Para a Astrologia Cármica, a Lua representa a memória do passado

Para a Astrologia, a posição da Lua no mapa astral representa a forma como vivemos as nossas emoções. É o que já é familiar, conhecido, nossa zona de conforto, onde buscamos nutrição emocional. O que precisamos para nos sentirmos seguros, o nos que afeta emocionalmente. A Lua também representa nossos condicionamentos, a repetição de padrões de comportamento, os instintos que nos levam a ser reativos.


Simboliza também nossa relação materna na infância, como fomos cuidados em nossas necessidades básicas. Para a Astrologia Cármica, a Lua representa a memória do passado: infância, ancestralidade, hereditariedade e vidas passadas. 

Como encontrar a lua no mapa astral?

A Lua no mapa astral é definida pelo signo em que ela estava transitando no momento do nascimento de cada pessoa. A Lua se move rapidamente e fica em média dois dias em cada constelação. Veja abaixo um resumo da interpretação da Lua em cada signo:

LUA EM ÁRIES

Natureza emocionalmente enérgica e impulsiva. Muitas vezes comporta-se de maneira precipitada, sente urgência em tudo.

Prefere a autonomia e é muito independente. Num relacionamento, o que lhe interessa é a conquista. É importante aprender a equilibrar suas imposições com mais ternura, cordialidade e suavidade.

LUA EM TOURO

Necessidade de segurança financeira e material para conseguir bem-estar emocional. As emoções tendem a ser firmes e tranquilas. Aprecia a boa comida e busca conforto. É perseverante, porém, é preciso cuidado com a teimosia e a acomodação. Deve aprender a aceitar as transformações da vida como algo natural e renovador.

LUA EM GÊMEOS

É curioso e gosta de falar sobre as emoções. Às vezes fala demais. Inquieto, gosta de circular em ambientes variados, conhecer novas pessoas, experimentar emoções inexploradas… Tende a ser dispersivo, é importante estabelecer objetivos para não se tornar uma pessoa ambígua ou superficial.

LUA EM CÂNCER

Sensibilidade para relacionamentos mais íntimos. Pode ser emocionalmente instável e carente. Por isso segurança, cuidado e proteção são importantes. É preciso aprender a dar limites para sua fragilidade emocional. Com a consciência do presente, a memória do passado e a intuição do futuro, pode encontrar um caminho para seu bem-estar emocional.

LUA EM LEÃO

Procura estar em evidência, pois há necessidade inconsciente de sentir-se admirado. Gosta de romance, afeto, crianças, festas, arte, esportes, lazer e todo tipo de divertimento. Tendência a dramatizar os sentimentos. O desafio é aprender a dominar seu orgulho, cultivar um coração generoso, aprender a ceder e a reconhecer quando está errado.

LUA EM VIRGEM

Natureza prática, trabalhadora e exigente. Há preocupação com a higiene pessoal, a limpeza e a organização do lar. Pode ser tímido e reservado, prefere trabalhar nos bastidores. O perfeccionismo pode torná-lo cego para questões mais amplas. É preciso aprender a perdoar as falhas. Com sensibilidade e compreensão o aperfeiçoamento pode ser cultivado de forma mais harmoniosa.

LUA EM LIBRA

Charme e elegância na aparência e maneiras pessoais. O senso estético é apurado. É amável, cordial, encantador e bondoso com todos, porque seu bemestar emocional depende da aprovação dos outros. Prefere ceder a enfrentar situações de conflito. É preciso também aprender a impor suas vontades.

LUA EM ESCORPIÃO

É obstinado, mergulha de cabeça nas relações. As emoções intensas trazem aprendizados e mudanças. Os mistérios e segredos o atraem. Há tendência para levar muito a sério os assuntos pessoais, o que pode levar ao ciúme e possessividade. O desafio é cultivar a doçura para manter suas relações. Pode ajudar a curar as dores dos outros, devido à sensibilidade para o sofrimento alheio.

LUA EM SAGITÁRIO

É otimista, entusiasmado, aventureiro. Cultiva metas elevadas, porém, pode não possuir uma percepção muito realista da vida. Pode haver intransigência, arrogância, deboche e uma atitude egoísta superior.

O desafio é ser mais flexível. Aprender a valorizar o que já foi conquistado para controlar a insatisfação.

LUA EM CAPRICÓRNIO

Natureza reservada e cautelosa, inclinada à frieza e à austeridade. Procura racionalizar os sentimentos, prefere agir ao invés de falar sobre as emoções. É exigente e ambicioso, pode se tornar calculista.

O desafio é aprender a expressar os sentimentos. Equilibrar o dever e a responsabilidade com mais suavidade e doçura.

LUA EM AQUÁRIO

Natureza independente e rebelde. É provável que as relações familiares sejam incomuns. Os interesses se voltam para a coletividade, as amizades, as novidades, o convívio social. Mas pode haver medo de envolvimentos emocionais devido à ameaça que eles representam para a liberdade pessoal. É preciso aprender a valorizar os laços de afeto.

LUA EM PEIXES

Sensível, intuitivo, sonhador e compreensivo. Pode magoar-se facilmente. Essa sensibilidade extrema pode fazer com que se isole, para que possa se proteger. Imaginação ativa, criativa e inspirada, que pode resultar em manifestações artísticas. É preciso conhecer-se melhor, desenvolver um lado mais crítico e realista para que possa separar o que é seu e o que é do outro.

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana