conecte-se conosco


Esportes

Luxemburgo diz que não recebeu nenhum centavo no Vasco desde que chegou ao clube

Publicado

Lance

Vanderlei Luxemburgo arrow-options
Reprodução / Vasco da Gama

Vanderlei Luxemburgo


No Vasco desde o início de maio, o técnico Vanderlei Luxemburgo é o grande responsável pela mudança de humor e de postura do time. O experiente treinador vestiu a camisa e abraçou a causa de levar o Cruz-Maltino para o lugar que ele jamais deveria ter saído. Isso tudo sem receber até o momento nenhum centavo do clube.

Leia mais: Vasco entra com ação no STJD para impugnar a partida contra o Grêmio

Em entrevista à Rádio Globo, Luxemburgo afirmou que não aceitou receber do Vasco , já que os jogadores estão em atraso.

– Nem aceitaria, até porque estou no Vasco há dois meses e tem jogadores que não recebem há três meses. Então enquanto não normalizar essa situação, eu preferi não aceitar – revelou Luxa.

A partir do dia 20, o Vasco vai completar dois meses de atraso com Luxemburgo . Recentemente a diretoria pagou a folha de maio aos jogadores, no que consta em carteira, devendo ainda os direitos de imagem, remuneração que apenas alguns atletas recebem. O mês de junho vence no dia 20. Funcionários ainda não receberam.

Leia Também:  CBF e clubes decidem reiniciar processo de concorrência dos direitos internacionais
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Copa Verde: Cuiabá domina, mas vacila, perde e decisão fica para a volta, no Mangueirão

Publicado

Paysandu deu um importante passo rumo ao tri da Copa Verde na noite desta quinta-feira ao vencer o Cuiabá, por 1 a 0, na Arena Pantanal, no primeiro jogo da final. Nicolas, de cabeça, foi o autor do único gol.

A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira, às 21 horas, no Estádio Mangueirão, em Belém. O Paysandu tem a vantagem do empate, enquanto o Cuiabá precisa ganhar por dois ou mais de vantagem.

Como o gol fora de casa não vale como critério de desempate, uma vitória simples do time mato-grossense leva a decisão para os pênaltis.

A vitória coroou o poder de superação do Paysandu, que encontrou problemas de voo e chegou na capital do Mato Grosso horas antes da bola rolar. A partida só aconteceu graças a um voo fretado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

O JOGO Atuando em casa, o Cuiabá dominou todo o primeiro tempo e criou algumas boas oportunidades. Jefinho finalizou colocado e a bola passou perto da trave. Depois, Felipe Marques exigiu defesa de Giovanni. O Paysandu chegou com perigo no contra-ataque, mas Vinícius Leite mandou para fora.

Leia Também:  Ex-lutador do UFC morre após brigar e ser atropelado por motorista de aplicativo

A etapa final começou mais equilibrada e o castigo ao Cuiabá pelas chances desperdiçadas veio aos 23 minutos. Leandro Lima cobrou falta para dentro da área e Nicolas abriu o placar de cabeça. O empate quase veio na sequência. Ednei cabeceou nas mãos de Giovanni.

O goleiro bicolor voltou a trabalhar em finalização de Gutiérrez. O gol marcado pelo Paysandu deixou a partida aberta. Aos 28, Nicolas quase fez o segundo ao cabecear para fora. Na sequência, Vinícius Leite chutou colocado e a bola passou raspando a trave.

Nos minutos finais, os jogadores do Cuiabá reclamaram de um pênalti não marcado, mas o árbitro mandou o lance seguir após consultar o VAR. Na sequência, Léo recebeu o segundo amarelo e deixou os donos da casa com um homem a menos.

Continue lendo

Esportes

Dourado x Papão – Nesta quinta-feira começa a decisão da Copa Verde na Arena Pantanal

Publicado

Novamente, a Copa Verde será disputado por mato-grossenses e paraenses

JORGE MACIEL

De olho no bicampeonato, o Cuiabá recebe nesta quinta-feira 14 o Paysandu-PA, bicampeão e de olho no tricampeonato, para partida de ida marcada para 20 horas, na Arena Pantanal, da final da Copa Verde.

A ordem do técnico do Cuiabá, Marcelo Chamusca, é comprometimento total, por isso vai com carga máxima. Fora da disputa do acesso, na Série B, o Dourado foca o jogo como importante, porque seria o título mais importante do ano, pelo menos em termos de premiação.

O Campeão da Copa Verde, ao contrário do que especulam, deve levar R$ 200 mil. Chamusca quer se garantir em casa, pois sabe que no mangueirão, para onde já tem mais 7.000 ingressos vendidos para a volta, dia 20, no Mangueirão.

Em um clima bem tranquilo, os bicolores fizeram o último treino antes de enfrentar o Cuiabá no jogo de ida da final da Copa Verde. Sob os olhares de Hélio dos Anjos e a comissão técnica, os jogadores fizeram o famoso ‘rachão’, onde o time verde venceu e ganhou até postagem do clube nas redes sociais.

Leia Também:  Confira a agenda do futebol deste sábado, dia 29 de junho de 2019

As duas equipes não se enfrentam há cinco anos, desde o dia 20 de setembro de 2014, quando o Dourado venceu por 2 a 1, no Mangueirão, pela Série C do Brasileiro.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana