conecte-se conosco


Entretenimento

Ludmilla compartilha crítica sobre lockdown e apaga após ser criticada

Publicado


source
Ludmilla
Instagram/Reprodução

Ludmilla

Ludmilla movimentou a internet nesta sexta-feira (5), após compartilhar uma crítica ao lockdown decretado no Rio de Janeiro, onde a cantora reside com a família. A publicação da funkeira questiona se pessoas de serviços considerados não essenciais continuarão frequentando serviços essenciais. “Vidas importam e os trabalhos também”, diz um trecho do texto, que foi apagado minutos depois da publicação ir ao ar. Mas os internautas tiraram print e desde então a cantora vem sendo muito criticada por conta da postagem.

O texto publicado por Ludmilla, que é originalmente do especialista em sobrancelhas, Rafa Paixão, dizia o seguinte: “Será que o dono da academia (não essencial) continuará indo ao supermercado (essencial)? Será que o dono da loja de vestuários (não essencial) continuará indo ao posto de combustível (essencial)? Será que a dona do bar (não essencial) continuará indo à loja de material de construção (essencial)? Será que a filha do músico (não essencial) continuará naquele colégio (essencial)? Será que a dona Maria, garçonete (não essencial), pagará o IPTU (essencial)? Será que o vendedor ambulante (não essencial) pagará o aluguel (essencial)? Será que o artesão (não essencial) pagará a conta de água, luz (essencial)? Será que o que está sendo considerado não essencial, realmente não é mesmo essencial? Tudo é essencial. Vidas importam e os trabalhos também”.

Fonte: IG GENTE

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Paula von Sperling rebate crítica de Adnet sobre aglomeração: “Hipocrisia”

Publicado


source
Ex-BBB participou de vídeo que humorista apontou ser um
Reprodução

Ex-BBB participou de vídeo que humorista apontou ser um “show de horrores”

O ator e humorista Marcelo Adnet trocou farpas com a ex-BBB Paulo von Sperling pelas redes sociais nesta terça-feira (20). Isso porque Adnet criticou um vídeo em que a loira e outras ex-BBBs gravaram fazendo uma coreagrafia por conta da aglomeração.

Ao saber as críticas, ela não negou a aglomeração, mas defendeu seu direito de trabalhar e disse que as críticas do humorista foram hipócritas.

“Amo esses artistas mas é muita hipocrisia falar de influencers que estão ali trabalhando, uma vez que seus colegas estão atuando na TV, trabalhando da mesma forma, e tenho certeza, com os mesmos cuidados que a gente”, escreveu a ex-BBB.

Ela disse que muitos artistas seguem gravando seus programas e que é injusto criticá-la. “Ou vocês tem certeza que deixaríamos nossas casas para ir para outro estado jogar uma gincana porque estamos estressadinhos de ficar em casa? Deprimente a hipocrisia, que acredita que essa penca de jovens dançando deveriam estar esperando a Covid decidir sair do mundo para voltarmos a trabalhar com responsabilidade, para garantir nosso sustento e nosso futuro. O trabalho de vocês não é menos nem mais importante que o nosso”, afirmou.

“Quem for aposentado ou contratado de alguma emissora para receber podendo ficar em casa, fiquem! Mas se você precisa ir para a rua trabalhar, faça! Com todos os cuidados e responsabilidade possíveis. Se quer ir fazer uma dancinha com seus amigos, espera a pandemia passar! Mas se for fazer uma dancinha com seus colegas no intervalo das gravações, então faça! Só não merecemos ler esse tipo de coisa de pessoas que não nos acompanham e nem procuram saber sobre a responsabilidade do nosso trabalho nem da nossa vida”, continuou.

Adnet ainda respondeu mais uma vez e não voltou atrás em suas críticas. “Paula, fico feliz em saber que estavam testados. Mas precisa reunir DEZ pessoas? Qual a mensagem se passa aos fãs adolescentes? De que é ‘ok’ se aglomerar com amigos. Não dá para gerar conteúdo de casa? Ou de sua própria cidade reunindo poucas pessoas? Cordial saudação!”.

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Entretenimento

Cantor Belo tem renda bloqueada pela Justiça

Publicado


source
Cantor Belo tem renda bloqueada pela justiça. Entenda
The Music Journal Brazil

Cantor Belo tem renda bloqueada pela justiça. Entenda

De acordo com informações do programa Balanço Geral da Record TV, a justiça ordenou o bloqueio da renda do cantor Belo de todas as plataformas digitais em decorrência de uma dívida que mantém com o ex-jogador Denilson.

O total da dívida, segundo o Balanço Geral, é superior a R$ 5 milhões há mais de duas décadas.

Você viu?

Denílson entrou com um processo contra o cantor Belo, pois ele detinha os direitos do grupo de samba Soweto, do qual o artista fez parte. A questão em aberto é referente à uma quebra de contrato por parte do cantor.

O bloqueio de rendimentos do cantor também afeta seu canal no YouTube.

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana