conecte-se conosco


Carros e Motos

Longe do Brasil, Peugeot 2008 é revelado em sua nova geração

Publicado

Peugeot 2008
Divulgação

Peugeot 2008 mantém a identidade visual dos irmãos 208, 3008 e 5008 em sua nova geração

Por aqui, a Peugeot decidiou adotar apenas retoques no visual no 2008 da primeira geração do SUV. mantendo a mesma base do modelo lançado há quatro anos. A história é diferente na Europa, onde o SUV compacto chega completamente renovado e com fortes inspirações no irmão médio, o 3008. Ainda sem data oficial para a estreia, deverá ganhar as ruas do mercado europeu apenas no fim de 2019, contando com versões eletrificadas.

De acordo com o site Argentina Autoblog, o novo 2008 será feito no país vizinho a partir de 2021, quando poderá começar a ser trazido para o Brasil, onde a primeira geração continuará sendo fabricada com os atuais retoques no desenho, como opção mais em conta. 

LEIA MAIS: Renault lança a nova geração do Zoe na Europa, onde chega no fim do ano

Feito em Vigo (Espanha) e Wuhan (China), o novo Peugeot 2008 ficou maior, ganhando 14 cm no comprimento e mais 6 cm no entre-eixos. A extensão também permitiu ampliar a capacidade do porta-malas para 434 litros, sendo que o atual tem apenas 355 litros. 

Leia Também:  Elétrico que poderá vir ao Brasil adianta o visual do novo Renault Kwid

LEIA MAIS: Nova geração do Subaru Forester chega ao Brasil por R$ 159.990

O Peugeot 2008 está revigorado

O painel é bem familiar, seguindo o estilo que já foi adotado no hatch compacto 208, além dos médios 3008 e 5008 . Assim como na geração atual, o volante multifuncional é pequeno e passa a impressão de esportividade. O motorista vê o cluster por cima dele, como em um cockpit. Destaque para assistente de leitura de faixa e controle de cruzeiro adaptativo.

LEIA MAIS: Mini comemora 60 anos de história com versão limitada no Brasil

Os motores são os mesmos do hatchback, contando com opções 1.5 turbodiesel (de 100 e 130 cv), 1.2 turbo (de 100, 130 e 155 cv), além da nova variante elétrica de 136 cv e autonomia de até 310 km na cidade. Não veremos o novo Peugeot 2008 no Brasil tão cedo.

Fonte: IG Carros
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Carros e Motos

Novo Peugeot 208 Mercosul roda na Argentina sem disfarce

Publicado

source

Motor Show

Peugeot 208 arrow-options
Reproducão/Argentina Autoblog

Peugeot 208

O protótipo do novo Peugeot 208 Mecosul já pode ser visto rodando pelas ruas argentinas sem quase nenhum disfarce. Novas fotos do hatch, que deve estrear no mercado no segundo semestre, foram publicadas pelo site argentino especializado AutoBlog;

LEIA MAIS: Kia Rio chega ao Brasil em duas versões; veja preços e equipamentos

As imagens foram feitas pelo leitor identificado apenas como AndyLo, que enviou para o site as fotos que mostram detalhes do design externo e interno. O veículo fotografado é muito parecido com a versão 208 Allure que é vendida na Europa.

No inteiror é possível ver algumas diferenças entre o Allure europeu e sul-americano. A versão que foi fotografada na Argentina, a posição do console do câmbio é um pouco diferente. A mudança provavelmente se deve à alavanca do freio de mão, já que naversão europeia, esse controle é eletrônico.

LEIA MAIS: Veja 5 lançamentos inéditos que chegam em 2020

Outra semelhança porém é o conceito do i-Cockpit que já equipa os 208 e os 2008 brasileiros. O novo Peugeot 208 Mecosul será fabricado na linha de montagem instalada em El Palomar, na Argentina.

Leia Também:  VW T-Cross ganha painel digital na versão Comfortline

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Carros e Motos

Ford Ranger XLT empolga com bom nível de força em baixa rotação

Publicado

source


Fords Ranger XLT arrow-options
Divulgação

Ford Ranger 2020 tem novas cores, grade frontal redesenhada, mudanças no acabamento interno, entre outros itens



Durante a avaliação, em que percorremos mais de 300 km, a característica do desempenho mais marcante da picape foi a força de saída. Faz sentido, se considerarmos o motor parrudo Duratorq 3.2 litros turbo a diesel, de 200 cv e 47,9 kgfm de torque ( na sua faixa de preço, só perde para a Chevrolet S10 em torque).

LEIA MAIS: Mitsubishi L200 Triton HPE-S: mata adentro com a nova versão da picape

O desempenho da Ford Ranger XLT é facilitado pelo câmbio automático de seis velocidades. O sistema é ágil na maioria das trocas, não deixando as acelerações morosas. Mas nem tudo é perfeito. Em algumas situações, o câmbio segura a segunda marcha, forçando um giro elevado do motor. Empurrar a manopla do câmbio para o lado e efetuar a troca manual resolve esse problema. A relação do conjunto garantiu a boa média de consumo de 9,3 km/l.

Atualizado na linha 2020, com novas molas, coxins, ajuste de carga dos amortecedores, reforços estruturais e barra estabilizadora, o sistema de suspensão da da Ranger ficou bem mais manso no rodar da cidade. Em alguns momentos, é claro, por se tratar de um modelo sobre chassi, ela ainda balança um pouco.

Nada fora do esperado para um modelo desse segmento. Também percebemos algumas destracionadas da roda traseira rodando na opção de tração 4×2. Nada longe do esperado para uma picape média . No 4×4, o modelo tem tecnologia de bloqueio do diferencial traseiro.

interior da Ranger arrow-options
Divulgação

Ford Ranger XLT mostra bom isolamento acústico e bom nível de conforto ao dirigir

Vale considerar que em quase todo período de avaliação rodamos sem peso na caçamba, que comporta mais de uma tonelada de carga (1.186 kg) ? só perde para a Volkswagen Amarok nesse quesito. O lado positivo é que a eletrônica sempre está ao nosso favor, atuando com os controles de estabilidade e tração.

A direção elétrica tem boa progressividade e chama atenção pela leveza no giro para as manobras de estacionamento. Tão fácil quanto guiar um subcompacto. Embora o motor grandalhão ressoe alto para quem está do lado de fora, no interior, o silêncio impera. Trabalho louvável da engenharia com o isolamento acústico.

LEIA MAIS: Chevrolet S10 ou Toyota Hilux: Qual das picapes desvaloriza mais?

Leia Também:  Elétrico que poderá vir ao Brasil adianta o visual do novo Renault Kwid

Na ponta do lápis, a Ford Ranger XLT entrega a melhor lista de equipamentos na sua faixa de preço, desempenho animador, que só fica atrás da Chevrolet S10, e capacidade de carga acima da média. Se considerarmos isso, os R$ 178 mil estão bem pagos.

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana