conecte-se conosco


Carros e Motos

Longe do Brasil, Peugeot 2008 é revelado em sua nova geração

Publicado

Peugeot 2008
Divulgação

Peugeot 2008 mantém a identidade visual dos irmãos 208, 3008 e 5008 em sua nova geração

Por aqui, a Peugeot decidiou adotar apenas retoques no visual no 2008 da primeira geração do SUV. mantendo a mesma base do modelo lançado há quatro anos. A história é diferente na Europa, onde o SUV compacto chega completamente renovado e com fortes inspirações no irmão médio, o 3008. Ainda sem data oficial para a estreia, deverá ganhar as ruas do mercado europeu apenas no fim de 2019, contando com versões eletrificadas.

De acordo com o site Argentina Autoblog, o novo 2008 será feito no país vizinho a partir de 2021, quando poderá começar a ser trazido para o Brasil, onde a primeira geração continuará sendo fabricada com os atuais retoques no desenho, como opção mais em conta. 

LEIA MAIS: Renault lança a nova geração do Zoe na Europa, onde chega no fim do ano

Feito em Vigo (Espanha) e Wuhan (China), o novo Peugeot 2008 ficou maior, ganhando 14 cm no comprimento e mais 6 cm no entre-eixos. A extensão também permitiu ampliar a capacidade do porta-malas para 434 litros, sendo que o atual tem apenas 355 litros. 

LEIA MAIS: Nova geração do Subaru Forester chega ao Brasil por R$ 159.990

O Peugeot 2008 está revigorado

O painel é bem familiar, seguindo o estilo que já foi adotado no hatch compacto 208, além dos médios 3008 e 5008 . Assim como na geração atual, o volante multifuncional é pequeno e passa a impressão de esportividade. O motorista vê o cluster por cima dele, como em um cockpit. Destaque para assistente de leitura de faixa e controle de cruzeiro adaptativo.

LEIA MAIS: Mini comemora 60 anos de história com versão limitada no Brasil

Os motores são os mesmos do hatchback, contando com opções 1.5 turbodiesel (de 100 e 130 cv), 1.2 turbo (de 100, 130 e 155 cv), além da nova variante elétrica de 136 cv e autonomia de até 310 km na cidade. Não veremos o novo Peugeot 2008 no Brasil tão cedo.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carros e Motos

Preço da gasolina tem variação de 28% nos estados brasileiros

Publicado


source
gasolina
Divulgação

Confira os preços da gasolina por região

O preço da gasolina registrou variação de até 28% na primeira quinzena de setembro, aponta o levantamento da Ticket Log, empresa de soluções de abastecimento e gestão de veículos. Segundo os dados divulgados hoje (25), o Acre registrou o maior valor do combustível fóssil, sendo encontrado a R$ 5,13 por litro. O menor preço é do Amapá, com média de R$ 4,00.

Todas as regiões do Brasil sofreram aumento no preço do combustível em setembro, na comparação com o mês anterior. A região Centro-Oeste tem a gasolina mais cara do Brasil, sendo encontrada pelo valor médio de R$ 4,62 por litro. Na Região Sul, o combustível é 5% mais barato, e pode ser adquirido por R$ 4,39 nas bombas.

Já o etanol teve flutuação de 58% nos preços entre estados brasileiros. Segundo a Ticket Log, o maior preço do combustível de cana-de-açúcar foi encontrado no Rio Grande do Sul, onde custa R$ 4,11 por litro. O menor valor foi encontrado em São Paulo, por R$ 2,68. O etanol custa, em média, R$ 3,55 por litro no Brasil.

O diesel convencional e o S-10 foram os combustíveis que apresentaram maior alta no período – 4,22% e 4% respectivamente. O diesel comum apresentou média de valor de R$ 3,742 nas bombas brasileiras e o diesel S-10 de R$ 3,78.

Preço da gasolina por região
Ticket Log

Preço da gasolina por região


Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Confira detalhes das novas gerações 4 de SUVs médios híbridos

Publicado


source

Uma nova geração de SUVs médios eletrificados despontam hoje no mercado mundial. O Ford Escape, o Honda CR-V e o Toyota RAV4, todos com versões híbridas, estão entre os modelos mais destacados. Agora, junta-se a esta turma a novo Hyundai Tucson, que inclui versões híbridas e híbridas plug-in.

O Tucson chega em 2021 entre os novos SUVs médios com um novo design muito mais expressivo e vários recursos de tecnologia. A versão híbrida terá motor elétrico de 48V combinando com o 1.6 turbo a gasolina, com 150 cv ou 180 cv. A potência combinada é de 230 cv.

 1 – Hyundai Tucson

A trajetória da coreana Hyundai no Brasil começou com o Tucson . Inicialmente importado, o SUV abriu caminho para ela ser uma das principais marcas do País. Por aqui, Hyundai parou com modelo, mas pode retornar com o novo Tucson.

2 – Ford Escape

A Ford, por dia fez, deve lançar no Brasil o Escape (na Europa chamado de Kuga) no mercado de SUVs híbridos plug-in. Ele já é vendido na Argentina. Produzido na plataforma do Focus, o Escape permite que sua bateria seja recarregada até numa tomada doméstica. Com carga total, a bateria de 14,4 kWh é suficiente para percorrer 50 km no modo elétrico

O Ford Escape tem um motor 2.5 16V a gasolina que gera de 165 cv. Combinado com um motor elétrico a potência sobe para 200 cv. A transmissão é automática e há versões com tração dianteira e integral.

3 – Honda CR-V

Outro SUV híbrido de impacto que deve estreiar por aqui é o Honda CR-V . A Honda já anuncia a chegada nas concessionárias norte-americanas do modelo no início de 2021. Sob o capô, ele é semelhante ao sistema usado no Honda Accord Hybrid. O trem de força combina um motor a gasolina de 2.0 litros com um motor elétrico proporcionando uma potência total de 212 cavalos.

4 – Toyota RAV4

Apesar de já ter o RAV Hybrid vendida no Brasil, a Toyota promete agora o lançamento da versão Prime. Ele é um híbrido plug-in de 306 cv e de acordo com dados de fábrica, a aceração de 0 a 100 km/h é feita em apenas 5,8 segundos .

O Toyota RAV4 Prime 2021, equipado com uma bateria de 18,1 kWh. Tem autonomia de 67,6 km no modo elétrico e de 965 km combinado com o motor à gasolina.

A Toyota já vende no Brasil o RAV-4 híbrido e deverá lançar a versão Prime, um dos SUVs eletrificados mais potentes da categoria. Com diversos avanços tecnológicos, esses SUVs médios reúnem o melhor de dois mundos: modernidade com economia de combustível. A questão é que no mercado brasileiro estes modelos são importamos e podem ter preços acima dos R$ 200 mil.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana