conecte-se conosco


Policial

Líder de organização envolvida em roubo de cargas no interior paulista é preso em Sinop

Publicado

Policiais civis da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Sinop cumpriram um mandado nesta quarta-feira (25) em apoio à Polícia Civil de São Paulo e prenderam um homem de 38 anos procurado por roubo de cargas na região de Ribeirão Preto.

Ele foi localizado em um hotel de Sinop, onde foi cumprido o mandado oriundo da Operação Calibre 12. O foragido é líder de uma organização criminosa especializada no roubo de cargas em São Paulo, investigada pela 1ª Delegacia de Polícia de Investigações Gerais, da Divisão Especializada em Investigações Criminais da Polícia Civil paulista.

Após dez meses de investigações, a Polícia Civil deflagrou a operação para cumprimento de 16 prisões contra integrantes da organização articulada para a prática de roubos de carga em Ribeirão Preto e região, além do cumprimento de 20 mandados de busca e apreensão. O nome da operação se deve ao fato de os envolvidos utilizarem, em todos os roubos, carabinas calibre 12, empregando violência e grave ameaça às vítimas, geralmente são mantidas em cativeiro, enquanto as cargas eram subtraídas.

As investigações levaram à identificação dos líderes, executores dos roubos, dos responsáveis pela lavagem do dinheiro ilícito, bem como dos receptadores. Além das prisões temporárias também foram deferidos mandados de busca e apreensão e bloqueio de bens.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Polícia Civil cumpre prisão de homem que descumpriu medida protetiva e agrediu ex-companheira

Publicado

Um homem suspeito de descumprimento de medidas protetivas e lesão corporal contra a ex-companheira teve o mandado de prisão preventiva cumprido pela Polícia Civil, na terça-feira (05.07), em ação da Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Tangará da Serra (239 km a Médio-Norte de Cuiabá).

O suspeito, de 33 anos, teve o mandado de prisão decretado pela Justiça após procurar a ex-companheira e agredi-la fisicamente.

O fato ocorreu no mês de abril, quando a vítima procurou a Delegacia da Mulher de Tangará da Serra relatando que já possuía medidas protetivas contra e o ex-companheiro, porém ele foi até a casa dela para conversar, ocasião em que estava embriagado e a agrediu fisicamente.

A vítima ficou muito machucada sendo socorrida pelo Samu. Na ocasião, a Polícia Militar foi acionada e realizou buscas pelo suspeito, que fugiu do local e não foi encontrado.

Diante dos fatos, foi representado pela prisão preventiva do suspeito, que foi deferida pela Justiça. Com a ordem de prisão em mãos, os policiais da DEDM Tangará da Serra realizaram o monitoramento do suspeito conseguindo dar cumprimento a ordem de prisão na terça-feira (05).

Ele foi conduzido à especializada para as providências cabíveis e posteriormente colocado à disposição da Justiça.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Suspeito de provocar aborto de mulher e jogar feto em lixeira é preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicado

Um homem de 51 anos foi preso em flagrante pela Polícia Civil, nesta terça-feira (05.07), em Lucas do Rio Verde, suspeito de crime de aborto qualificado da própria esposa.

A Delegacia da Polícia Civil do município foi acionada pela direção do Hospital São Lucas sobre uma paciente, de 42 anos, que deu entrada na unidade em estado grave e, aparentemente, teria sofrido um aborto provocado. A mulher estava acompanhada por seu marido.

Após passar por exames no hospital, foi confirmado que se tratava de aborto de uma gestação de 26 semanas e que o cordão umbilical do bebê foi cortado. Diante da constatação, uma médica perguntou ao marido da paciente sobre o bebê e ele respondeu que havia jogado no lixo.  A profissional mandou que ele buscasse o corpo, que posteriormente entregou no hospital.

A direção da unidade de saúde acionou imediatamente a equipe do Núcleo de Atendimento à Criança, Adolescente, Idoso e à Mulher. No hospital, as investigadoras entrevistaram o companheiro da paciente e confirmaram os fatos. Ele foi conduzido à delegacia para prestar esclarecimentos.

A mulher não pode ser ouvida diante do estado grave em que se encontra. Ela passou por cirurgia para conter a hemorragia decorrente do aborto.

Após ouvir um casal de filhos da paciente, uma adolescente de 17 anos e um rapaz de 19, o delegado Eugenio Rudy Jr. reuniu informações e indícios de autoria e materialidade do crime, sobretudo, porque o bebê foi jogado em uma lixeira pública.

O corpo do bebê foi encaminhado para exame de necropsia. 

O suspeito negou em depoimento que tenha realizado o aborto. Ele foi autuado em flagrante pelo crime de aborto qualificado e será apresentado em audiência de custódia da Justiça, nesta quarta-feira.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana