conecte-se conosco


Entretenimento

Lia Paris fala sobre sua apresentação em drive in em entrevista exclusiva

Publicado


source

“Andaluz”, o novo videoclipe de Lia Paris gravado antes da pandemia, terá sua  estreia no Bela Artes Drive In, no Memorial America Latina, neste domingo (28). Ao iG Gente , a artista contou mais sobre as suas inspirações: “As minhas músicas são muito autobiográficas e, como levo uma vida nômade, elas vêm de muitas das histórias que vivi, dos lugares que passei”.

Divulgação/Gabriel Strafacce

“Andaluz” de Lia Paris


A produção de “Andaluz”, por exemplo, é em homenagem a sensação familiar que a artista sentiu na região de Andaluzia, por onde esteve em 2017 durante a turnê do seu trabalho Lua Vermelha. “Senti como se já tivesse vivido ali em uma outra vida…”, revelou Lia, que ainda citou o filme Matrix como uma grande inspiração não apenas para este clipe, como também para todo seu trabalho.

Sobre o seu novo projeto, lançado em plena pandemia em um formato bastante inovador, a artista conta que não poderia estar mais feliz. “Eu adoro o Memorial da América Latina, a curadoria é sempre excelente. O Cine Belas Artes nem se fala. São dois lugares símbolos da resistência da cultura e da arte no Brasil e, para mim, é muito importante lançar um trabalho independente num lugar tão especial para a cultura e para a cidade. Estou muito feliz! Vai ser muito bacana poder assistir ao videoclipe em uma tela gigante, ainda mais no drive-in, que tem todo um charme”. 

Lia Paris
Divulgação

Lia Paris


Para o futuro, Lia diz que tem muito material para lançar nos próximos anos. Mas, infelizmente, a artista conta que a pandemia acabou mudando alguns de seus planos: “Começamos a ouvir falar da pandemia, ninguém entendia muito o que estava acontecendo (…) mas já estava bem tenso por lá [Europa], e eu voltei para o Brasil para fazer um show e meio que fiquei presa aqui, porque moro na Europa. Tive que adiar a turnê, tinha shows na Itália, na França, foi tudo cancelado e agora é aguarda, se cuidar, enfim…”.

Lia ainda trouxe uma reflexão bastante pertinente sobre a pandemia, opinando que o mundo deveria mudar. “O ser humano precisa mudar, precisa fazer parte da natureza, se entender como parte. Não o senhor da natureza. Por isso que está acontecendo essa pandemia, por causa de um desequilíbrio, de um abuso do meio ambiente”, diz ela, que defende um modo de vida mais sustentável, que também é uma questão sempre levantada em seu trabalho. 

Serviço

Belas Artes Drive-In
Onde: Memorial da América Latina – Entrada pela Rua Tagipuru s/no. – Portão 2.
Quando: a partir de 17 de junho, de terça a domingo.
Horários e Classificação indicativa: consulte a programação.
Ingressos e combos deverão ser adquiridos antecipadamente através do site da Sympla 
Valores de Ingresso: R$65,00 para carro com até 4 pessoas
Capacidade: 100 carros

Protocolos Sanitários

– Teremos uma distância estabelecida entre os carros.
– Deve-se limitar a ocupação a quatro pessoas por veículo, ainda que de uma mesma família.
– A conferência de ingressos será visual através de leitores óticos, sem contato manual por parte do atendente.
– A abertura das portas dos carros deve acontecer apenas para a ida ao banheiro solicitando com o pisca alerta do carro, onde um de nossos atendentes acompanhará o cliente.
– O público deve permanecer dentro dos veículos durante toda a sessão.
– Alimentos e bebidas serão entregues nos carros na chegada ao evento, respeitadas todas as regras existentes para entrega de alimentos. Apenas uma pessoa deverá receber os itens.
– Importante o uso de máscaras dentro dos veículos. Teremos álcool em gel, mas leve o seu também em seu carro.
– Público e pessoas não envolvidas diretamente nas apresentações, devem permanecer em seus carros.
– A programação terá intervalo suficiente entre sessões para higienização completa do local. 

Fonte: IG GENTE

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Entretenimento

Diego, da dupla com Henrique, se emociona ao falar da internação da mãe

Publicado


source
Diego%2C que faz dupla com Henrique
Divulgação/Smoke

Diego, que faz dupla com Henrique


Após ter ficado em coma por causa da Covid-19, Marizete Barros Lima, mãe do Diego, que forma dupla com Henrique, está curada. De acordo com o artista, tudo começou no final de maio, quando seus pais ligaram dizendo que estavam com sintomas da doença. “Pedi para que procurassem um médico e fizessem os testes. Mas, chegando lá, os dois ficaram internados. Meu pai evoluiu muito bem com as medicações e, no décimo segundo dia, teve alta, já ela não apresentou evolução. Pelo contrário, foi piorando, até que chegou ao ponto de ser levada para a UTI com 75% dos pulmões comprometidos”, relembrou o cantor, ressaltando o seu sentimento de impotência, já que estava a mais de 700 km de distância, sem poder ir vê-los. “Recebia poucas notícias, pois o hospital só emitia um laudo por dia”, argumentou.

Henrique e Diego
Divulgação/Smoke

Henrique e Diego


Assim como diz um dos trechos da letra de “O Bêbado e o Equilibrista”, de Elis Regina,  “o show tem que continuar”, e Diego focou a primeira live. “Decidimos dar continuidade ao projeto, mesmo sabendo que, a qualquer momento, poderíamos ter uma informação não tão boa assim, mas ela queria tanto que fizéssemos que tirei força de onde já não tinha. Por um milagre de Deus, no dia 21 de junho, bem na data da apresentação, recebi a melhor notícia da vida: minha mãe havia saído do coma. Nesse momento, senti um alívio tão grande que a única coisa que passava pela cabeça era: ‘Deus teve misericórdia, e todas as nossas preces foram atendidas’. Ajoelhei e agradeci ali mesmo, ao vivo. Henrique também se emocionou e agradeceu junto comigo esse milagre”, relatou o sertanejo. Uma semana depois, porém, Marizete saiu da UTI, foi para o quarto e, em seguida, para casa.

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Entretenimento

Evandro Santo considera a possibilidade de selar a paz com Ana Paula Renault

Publicado


source
Evandro Santo
Divulgação

Evandro Santo


Os dias de confinamento em “A Fazenda 10” continuam rendendo para Evandro Santo e Nadja Pessoa. Isso porque, de acordo com o site “Notícias da TV”, Ana Paula Renault, uma das apresentadoras do “Triturando”, do SBT, foi à justiça pedir uma indenização de R$ 100 mil por danos morais por ter sido chamada pelo humorista de Annabelle, boneca que tem poderes sobrenaturais e faz parte do universo de “Invocação do Mal”.

Um parêntese: ela não havia entrado na brincadeira e gravado um vídeo de divulgação do filme “Annabelle 3” em junho do ano passado? Pelo sim, pelo não, uma coisa é certa: sobrou até para Britto Jr., ex-apresentador do reality show rural da RecordTV, que opinou sobre o processo no Twitter. Mas, a fim de ouvir uma das partes envolvidas, a Coluna Marcelo Bandeira fez contato com o intérprete de Christian Pior, dos extintos “Pânico na TV” e “Pânico na Band”. Vem ver!

Evandro Santo
Divulgação

Evandro Santo

1) O que você achou da discussão acalorada entre Britto Jr. e Ana Paula?

Eu penso apenas que figuras públicas discutem entre elas, que assuntos causam mídia, e que respeito o Britto. Até porque as pessoas podem expressar sua opinião, né? E tudo o que falamos ressoa para o bem ou o para o mal, e que a indústria do entretenimento se alimenta disso, ou seja, fazemos parte desse circo.

2) O que acontece na sede fica na sede ou vem para o lado de cá também?

Em um reality, não estamos no nosso normal e somos espremidos para dar resultados dramáticos. Quando topamos fazer esse tipo de trabalho, sabemos que “barracos” acontecerão. E, se cada pessoa que entrar no programa quiser processar por causa de brigas, a justiça do Brasil ficará sobrecarregada. Também me ofenderam, mas não processei ninguém, porque sabia onde estava pisando, ou seja, o que se faz lá fica lá!

3) Achou exagero por parte dela insistir no caso?

Como disse anteriormente: se só você pode fritar, causar, aprontar e lacrar, e o outro, não, fica desconexo. Até porque, se tenho ou crio um personagem polêmico, tenho que arcar com ele, e não me vitimizar quando não ganho na “minha” polêmica.

4) Aceitaria tomar um café com a Ana Paula e colocar tudo em pratos limpos?

Por que não? Honestamente, não guardo mágoas de ninguém de “A Fazenda”, até porque já se passaram dois anos. Falo com o Caíque, com quem briguei muito lá dentro, mas acredito na evolução do ser humano. Não somos os mesmos da época do reality, falo isso por mim. Lembrando que um dos focos do programa é gerar conflito.

5) Este momento que estamos vivendo não seria uma boa época para deixar as mágoas de lado?

O de pandemia? Acho perfeito, porque todos temos que repensar o porquê de nossas vidas, que não existimos sem o outro e que nossas ações refletem em todo mundo. Esperar que o melhor das pessoas apareça é uma boa, ou sou só um tolo otimista?

6) Participaria de um novo reality show?

Dependendo de qual e do cachê, mas adianto que precisaria ser muito dinheiro. Nunca digo nunca, mas é muito desgastante.

Evandro Santo
Divulgação

Evandro Santo

7) Como tem se segurado neste recolhimento?

Com trabalho, amigos, música e muitas lives.

8) O que você ainda quer fazer profissionalmente?

Estou vivendo o momento. Hoje, por exemplo, estou na TV Wa à frente do programa “Reinvenção”, do projeto Olho no Olho no YouTube e com o show de humor “Absurdo”, que também conta com Darwin Demarch, Bruna Braga e Ângelo Luchezi, um povo da pesada na comédia.

9) Neste momento, com tudo tão tenso, o humor tem um papel ainda mais importante?

Total, mas o humor reinventado, porque as pessoas estão mais sensíveis, mais atentas e mais conectadas. Certas piadas devem perder o sentido daqui para frente.

10) E os haters? Você tem uma relação saudável com as críticas?

Uma pausa para dar risada. Às vezes, respondo à altura, em outras, bloqueio ou chamo no privado, troco uma ideia, e muitos acabam virando fãs. Os haters só querem chamar atenção, querem ter voz de fala.

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana