conecte-se conosco


Esportes

Lateral do Fluminense acusa torcedores do Grêmio de racismo contra Yony González

Publicado

Lance


Yony González com a mão no ouvido
NETFLU/DIVULGAÇÃO

Yony González marcou dois gols pelo Fluminense contra o Grêmio

A incrível virada do Fluminense
contra o Grêmio por 5 a 4, neste domingo, pelo Brasileirão, ganhou um capítulo que gerou revolta. Na noite desta segunda-feira, o lateral-direito Igor Julião
, do Flu, acusou torcedores do clube gaúcho de racismo
contra o companheiro Yony González.

Leia também: Grêmio e Fluminense registraram o 10º placar de 5 a 4 na história do Brasileirão

Em sua conta no Twitter, o lateral do Fluminense compartilhou trecho de um vídeo da TV Flu em que é possível ouvir a palavra ‘macaco’ enquanto o atacante colombiano Yony González
comemorava o último gol do Tricolor carioca na partida.

Julião criticou a atitude e disse que o futebol não pode ser lugar para racistas. Além disso, ele pediu medidas urgentes sobre o episódio.

“A ascensão de classe que o esporte nos proporciona incomoda muita gente. O futebol não pode ser o lugar que racistas, xenofóbicos, misóginos e homofóbicos vomitarão seus absurdos e ficarão impunes. Medidas precisam ser tomadas urgente”, postou Igor Julião.

Yony González
marcou dois gols na partida e foi o grande destaque do Fluminense.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

CPB promove camping virtual com jovens atletas de natação

Publicado


.

A partir da próxima segunda (6), o Comitê Paralímpico Brasileiro (CPB), através da equipe de profissionais da natação, promove um camping virtual para jovens atletas da modalidade. São esperados na ação, que seguirá até sábado (11), 72 nadadores das seleções sub-18 e sub-20, além da equipe nacional do Centro de Referência e do Camping Escolar 2020 (projeto que reúne atletas com idades entre 12 e 17 anos, e que proporciona o primeiro contato com a rotina de um atleta de alto rendimento aos jovens).

A palestra de abertura será de Alex Pussieldi, ex-técnico da seleção brasileira de natação, com o tema “Motivação durante o período da pandemia”. Também haverá palestras de Rafael Martins, fisioterapeuta da seleção brasileira de natação paralímpica, de Leonardo Tomasello, técnico-chefe da natação no CPB, de Hésojy Gley, médico-chefe do CPB, e de Fabrizio Veloso, psicólogo do CPB. Além das palestras acontecerão gincanas de conhecimento sobre a história do Movimento Paralímpico.

O encerramento da atividade será com um treino virtual comandado pelo preparador físico Henrique Oliveira. A atividade será inspirada no projeto Movimente-se, recém-lançado pelo CPB.

Alguns atletas da seleção brasileira de natação paralímpica também compartilharão experiências durante as aulas. Um deles será Wendel Belermino, campeão mundial dos 50m livre da classe S11 (para atletas com deficiência visual) em Londres no ano passado. “Não comecei tão novo quanto a maioria dessa galera. Fico feliz demais por ter essa oportunidade de falar com eles e servir de inspiração. Espero contribuir no desenvolvimento deles. E tenho certeza de que também vou aprender bastante nesses minutos que estaremos juntos”, disse à Agência Brasil o nadador de 22 anos nascido em Brasília.

Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Esportes

Eventos esportivos podem voltar a partir de 27 de julho em São Paulo

Publicado


.

O secretário de Esportes do estado de São Paulo, Aildo Ferreira, afirmou, em entrevista coletiva nesta sexta-feira (3), que a realização de eventos esportivos será liberada em regiões que passarem ao menos quatro semanas na fase amarela do Plano São Paulo. O plano consiste na reabertura gradual de atividades econômicas no território paulista, em cinco etapas,  devido à pandemia do novo coronavírus (covid-19). A amarela é a terceira delas.

O cenário é reavaliado a cada 14 dias. Portanto, o referencial das quatro semanas é a atualização mais recente, divulgada no último dia 29.  “Ou seja, a partir do próximo dia 27 [de julho], havendo o enquadramento da localidade, é permitido e é possível o evento esportivo acontecer”, resumiu Ferreira. A próxima revisão será na próxima sexta (10).

O anúncio mantém a expectativa dos clubes da Série A1 (primeira divisão) do Campeonato Paulista de retomar o torneio entre o fim de julho, em um cenário mais otimista, e o início de agosto. Os times foram liberados pelo governo do estado de Sao Paulo a reiniciar os treinos com bola na última quarta (1º), seguindo um protocolo desenvolvido pelos médicos das equipes e a Federação Paulista (FPF), adaptado para atender às exigências do Centro de Contingência do Coronavírus, em São Paulo.

Por enquanto, só a cidade de São Paulo e parte da região metropolitana da capital estão na fase amarela. O resto do estado ainda se divide entre as etapas vermelha (a primeira, de alerta máximo, com liberação apenas de serviços essenciais) e laranja (segunda etapa, que autoriza os clubes a retomarem os treinos). Por exemplo, como o município de Ribeirão Preto está na fase vermelha, o Botafogo não poderá reiniciar as atividades por lá, apenas em outra cidade.

Já sobre outras modalidades esportivas, o secretário-executivo do Centro de Contingência, João Gabbardo, disse que “por analogia ao que foi deliberado para o futebol, todos os treinos individuais estão liberados, para os atletas, em qualquer atividade”. Segundo ele, a utilização de máscaras só poderá ser dispensada durante a prática de esportes de alto impacto. “Fora esse momento, ele deve usar a máscara. A recomendação de evitar o uso de vestiários continua presente. Se possível, ele deve chegar pronto ao treinamento e, saindo dali, direto para a residência”, concluiu.

Edição: Cláudia Soares Rodrigues

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana