conecte-se conosco


Carros e Motos

Land Rover Discovery 2020 chega ao Brasil; veja preços

Publicado

source

Motor Show

Land Rover Discovery arrow-options
Divulgação

Land Rover Discovery

A Land Rover iniciou as vendas do Discovery Sport 2020. O novo modelo chega ao mercado brasileiro com novo design, aprimoramento do interior premium, e em versões a partir de R$ 232.500,00 na motorização 2.0l P250 flex de 250 cv, além de versões com motor 2.0l D180 diesel de 180 cv.

LEIA MAIS: Polo e Virtus ficam mais completos na linha 2020; veja preços

Entre seus novos recursos, o Discovery Sport 2020 oferece a nova interface de entretenimento chamada InControl Touch Pro Infotainment. Algumas versões contam ainda com o painel de instrumentos digital de 12 polegadas e configuração de 7 lugares (opcional) com arranjo de assentos.

A nova plataforma PTA Premium Transverse Architecture (ou Arquitetura Transversal Premium) da Land Rover é outro mudança. A nova estrutura é 13% mais rígida que a antecessora, reduzindo o nível de ruído e vibração na cabine w dando mais segurança em caso de acidente.

O SUV está disponível em três versões: a S, SE e R-Dynamic SE, todas com a opção de motor P250 flex ou D180 diesel. A topo de linha, R-Dynamic SE, inclui rodas pretas, para-choques dianteiro e traseiro exclusivos e as identificações do modelo no capô e na traseira na cor Shadow Atlas.

No interior, um ar mais esportivo com os assentos em couro preto com costura contrastante, borboletas pretas no volante e soleiras exclusivas. Além disso, conta ainda com fechamento elétrico e automático do porta malas, novo sistema de Navegação Pro, sensores de estacionamento dianteiros e traseiros, bancos da segunda fileira com ajustes manuais, assistente de manutenção de faixa, monitor de condição do motorista.

LEIA MAIS: Confira os preços da linha 2020 da Volkswagen Amarok

O novo Discovery Sport é equipado com motores Ingenium 2.0l de 4 cilindros nas versões P250 flex e D180 diesel desenvolvidos pela Jaguar Land Rover. Ambas as motorizações acompanham o câmbio automático de 9 marchas .

Land Rover Discovery arrow-options
Divulgação

Land Rover Discovery mantém sua característica aventureira na linha 2020

No modelo 2020, o acionamento do câmbio passa do seletor rotativo para uma alavanca, com a possibilidade de seleção dos modos Normal e Sport, permitindo as trocas de marcha pela própria alavanca ou pelas borboletas atrás do volante (disponível apenas nas versões R-Dynamic SE).

LEIA MAIS: Novo Equinox 1.5 é mais equilibrado que o 2.0 Premier

Aliado a isso, o modelo conta com sistema Terrain Response 2, de série em todas as versões. Com ele, o condutor pode, não só escolher entre cinco modos de direção (Eco, Asfalto, Areia, Grama/Cascalho/Neve e Lama/Buracos) mas, também, contar com o modo Automático, que permite o veículo selecionar o modo mais apropriado para as condições, ajustando as configurações de tração e relação de marchas automaticamente, de acordo com o tipo de terreno, proporcionando o nível mais elevado de segurança e conforto.

Veja abaixo os preços e versões disponíveis do novo Discovery Sport :

VERSÕES

PREÇO

P250 Flex S

R$ 232.500,00

P250 Flex SE

R$ 249.500,00

P250 Flex R-Dynamic SE

R$ 266.985,00

D180 S

R$ 252.500,00

D180 SE

R$ 274.500,00

D180 R-Dynamic SE

R$ 291.985,00

Fonte: IG Carros
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Carros e Motos

Audi e-tron chega em abril na categoria dos SUVs elétricos

Publicado

source
Audi arrow-options
Divulgação

Entre os principais atrativos do Audi e-tron estão seus sistemas conseguem recuperar até 30% da capacidade da bateria

O Audi e-tron, primeiro SUV elétrico da marca, é confirmado para iniciar as vendas em abril. Em pré-venda desde novembro por R$ 459.990. Ele será vendido em 14 concessionárias da marca, estruturadas às necessidades da novidade, com técnicos especializados em venda e manutenção. As lojas estão localizadas nas cidades de Barueri (SP), Belo Horizonte, Brasília, Campo Grande, Curitiba, Londrina (PR), Florianópolis, Porto Alegre, Recife, Rio de Janeiro, Vitória, além de 3 em São Paulo. Todas inclusive com os carregadores rápidos.

LEIA MAIS: Audi e-Tron GT e Porsche Taycan elétricos chegam em 2020 e são astros de filmes

Junto da chegada do Audi e-tron , a marca alemã anunciou uma expansão de sua linha de recarga em parceria com a Engie. Serão investidos R$ 10 milhões até 2022 para colocar 200 carregadores espalhados pelo Brasil, a maioria na cidade de São Paulo, para além dos mais de 300 já presentes em estabelecimentos públicos em todo o Brasil. Estes pontos poderão ser usados por qualquer carro elétrico , de qualquer marca, desde que tenha compatibilidade. Três anos depois de colocar esse plano em prática, em 2025, a Audi terá lançado mais de 30 modelos híbridos e elétricos.

O Audi e-tron

Audi arrow-options
Divulgação

Seu interior carrega a nova linguagem visual da marca, com os equipamentos de última geração

O Audi e-tron tem dois motores elétricos, um em cada eixo. Juntos, entregam 362 cv e 57,2 kgfm. Entretanto, no modo Sport, a função de overboost é acionada, elevando os seus picos para 408 cv e 67,7 kgfm por até oito segundos. Com esse conjunto, o e-tron acelera de 0 a 100 km/h em 6,6 segundos e atinge a velocidade máxima de 200 km/h. Segundo a Audi, é capaz de uma autonomia máxima de 437 km de autonomia total com uma carga.

LEIA MAIS: Mercedes revela quatro lançamentos para o primeiro semestre

De série, traz uma entrada de recarga rápida (22 kW) que carrega a bateria em 4,5 horas. Como opcional, o SUV elétrico vem com a entrada de recarga ultrarrápida, que atinge 80% da carga em 30 minutos e 100% em 45 minutos. Mesmo que ainda tenha capacidade de recarga em tomadas convencionais, essa seria uma opção mais demorada, uma vez que levaria cerca de 8,5 horas para a recarga completa.

Desde o sistema de navegação com o planejador de rotas e-tron, que mostra os caminhos apropriados com postos de carregamento, cobrança automática nas estações de recarga e controle remoto via celular– o e-tron é extremamente conectado. O carro é equipado com o media center MMI navigation plus, que inclui a tecnologia LTE Advanced e um hotspot de Wi-Fi de série.

LEIA MAIS: Volkswagen terá 12 SUVs inéditos e 8 carros elétricos em 2020

Diversos sistemas de assistência auxiliam o motorista. Por exemplo, o assistente de eficiência promove um estilo de condução econômica exibindo informações preditivas e realizando a recuperação automática de energia. Se o cliente selecionar o assistente de cruzeiro adaptativo, o sistema pode também frear e acelerar o Audi e-tron automaticamente.

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Carros e Motos

VW Gol Copa 1982: versão especial e limitada a 3 mil unidades

Publicado

source

Durante as décadas de 80 e 90 as séries especiais fizeram bastante sucesso no mercado brasileiro. Elas eram reconhecidas por detalhes de acabamento, motorização e tiragem limitada. E a ideia geral era que a produção menor fazia com que tivessem mais qualidade e, portanto, se tornaram objeto de desejo.

LEIA MAIS: Passat Pointer GTS: um dos grandes esportivos nacionais

A Volkswagen nadou de braçada nesse segmento e criou várias séries especiais e limitadas ao longo dos anos. O Gol , recordista de público e crítica na época, foi um dos modelos que teve mais sucesso nessa proposta de aliar algo diferente com um toque exclusivo.

O Gol Copa é um deles. Lançado em 1982 trazia diferenciais estéticos e de acabamento, além da tiragem de 3.000 exemplares. O primeiro deles é o jogo de rodas de 13 polegadas, que fez sucesso no período, além dos adereços relativos à versão nas laterais e no vidro traseiro. Vale destacar os faróis auxiliares e o pequeno spoiler na dianteira.

Internamente o bom acabamento é algo que chama a atenção. Os bancos são mais confortáveis e o volante do Passat TS – com excelente pegada e que depois equiparia o primeiro GT – se destaca. Vale falar também do painel completo, inclusive trazendo o conta-giros do lado direito.

LEIA MAIS: Ford Pampa: picape que deixou saudades no Brasil

VW Gol Copa arrow-options
Renato Bellote/iG

O conservadíssimo VW Gol Copa traz todo o charme de sua época

Guiar o Copa é divertido. Quando a Volkswagen lançou o Gol com motor boxer refrigerado a ar escolheu a opção com 1.300 cm³ de cilindrada, o que não agradou o público. Em seguida ele deu lugar ao propulsor de 1,6 litro com dupla carburação, uma escolha muito mais acertada para o compacto.

Mas voltando às impressões ao volante o carro é ágil, especialmente no caso desse exemplar com os dois carburadores bem afinados. O hatch ganha velocidade e responde prontamente aos estímulos no acelerador, trazendo o som inconfundível do motor “flat four” boxer.

LEIA MAIS: VW Saveiro GT: andamos no modelo que a fabricante nunca produziu

O Copa voltaria ao mercado nos anos 90, mais precisamente em 1994, e também na década de 2010, mas sem o mesmo brilho dessa primeira versão. Em breve trarei aqui na coluna uma Saveiro a ar com turbo e 210 cv. Até mais.  

Fonte: IG Carros
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana