conecte-se conosco


Registro Geral

Kalil arruma as malas para embarcar em nova legenda, a convite de Jayme Campos

Publicado

Senador Jayme Campos (DEM) quer seu afilhado, Kalil Baracat (MDB), em nova legenda que será criada em provável fusão entre DEM e PSL

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat, deve deixar o MDB caso ocorra uma fusão entre o DEM e PSL, articulada pelos líderes nacionais das duas legendas. Segundo fonte da coluna, o convite para Kalil sair do velho “Manda Brasa” partiu do senador, Jayme Campos (DEM). A estratégia do cacique é mostrar força à direção da futura super legenda. Aliás, Várzea Grande é a segunda maior economia do estado. Logo, a adesão de Baracat ao novo partido traria muitos dividendos aos irmãos Jayme e Júlio Campos.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Registro Geral

Aliado dos servidores públicos, Emanuel terá recepção de gala no Palácio Alencastro

Publicado

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, que recorreu da decisão do Tribunal de Justiça responsável pelo seu afastamento do Alencastro

Afastado da prefeitura de Cuiabá na última terça-feira (19), o prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), acusado pelo Ministério Público de realizar contratações irregulares na Saúde, terá recepção muito calorosa em um provável retorno assegurado pelo Tribunal de Justiça ao Alencastro. Segundo fonte quentíssima da coluna, grupo de servidores prepara de forma espontânea ato solidário ao chefe do Executivo. Emanuel será recebido no 7ª andar da prefeitura de Cuiabá com hinos de louvor, acenos coletivos e uma reza do tradicional Pai Nosso. Em tempo: Pinheiro estaria muito sereno no aguardo de uma decisão favorável da Justiça.

Continue lendo

Registro Geral

Com medo da altíssima rejeição, Kalil evita aparições públicas e some dos bairros de VG

Publicado

Com a falta de água generalizada em Várzea Grande, prefeito Kalil Baracat (MDB), se esconde da população em seu suntuoso gabinete no Paço Couto Magalhães

O prefeito de Várzea Grande, Kalil Baracat (MDB), paga um alto preço pela gestão ruim que vem fazendo na “cidade industrial”. Com a falta de água tratada, problema recorrente em mais de 80% dos domicílios, o alcaide várzea-grandense estaria com muito medo de ser hostilizado nas ruas da cidade. Orientado pela sua assessoria, Baracat se recolheu no Paço Couto Magalhães, evitando a todo custo aparições públicas nos bairros, comércio, restaurantes e até mesmo na tradicional igreja Nossa Senhora do Carmo. Para tentar livrar a barra de Kalil, o secretário municipal de Comunicação, Marcos Lemos, o Marcão, em nota pública, descascou a administração da ex-prefeita, Lucimar Campos (DEM), a qual segundo ele, seria a verdadeira responsável pelas torneiras secas em VG. Complicado, né?

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana