conecte-se conosco


Policial

Justiça autoriza quebra do sigilo telefônico de vigilante suspeita de participar de tentativa de assalto a carro-forte

Publicado


O delegado Flávio Henrique Stringuetta, que está à frente das investigações

A Justiça autorizou a quebra de sigilo telefônico da vigilante da empresa Brinks envolvida na troca de tiros, durante tentativa de assalto a um carro-forte, no último dia 10, no supermercado Atacadão do bairro Tijucal, em Cuiabá, que terminou com três suspeitos mortos. Com a autorização, a Polícia Civil poderá extrair os dados do aparelho celular da mulher, que passou a ser suspeita de ter repassado informações para os assaltantes.

As suspeitas contra a segurança começaram logo após a tentativa de assalto, quando a esposa de um dos assaltantes mortos, chegou ao local do tiroteio afirmando que a funcionária da empresa de segurança tinha participação no crime, tendo inclusive confirmado as acusações durante depoimento na delegacia.

O delegado Flávio Henrique Stringuetta, da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), disse que a prisão da segurança só não foi feita em flagrante, porque anda não há provas concretas de sua participação no crime, porém, caso a pericia em seu aparelho celular confirma sua participação, ele pedirá sua prisão. Stringuetta informou ainda que pelo menos dez pessoas estão envolvidas na tentativa de assalto, inclusive membros do Comando Vermelho que estão em unidades prisionais.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Suspeito de ter estuprado enteada de dez anos no interior é preso pela policia em Cuiabá

Publicado


Crime teria ocorrido no ano passado e suspeito foi preso na tarde desta sexta-feira

Um homem investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres (228 km a oeste de Cuiabá) pelo crime de estupro de vulnerável teve o mandado de prisão cumpridos na tarde desta sexta-feira (25), pela Polícia Civil, em Cuiabá, em ação realizada pelos policiais da Delegacia  Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

O suspeito, de 27 anos, foi alvo de investigação da Delegacia da Mulher de Cáceres, em setembro de 2019, pelo estupro de vulnerável contra a sua enteada, de apenas 10 anos de idade. Segundo as investigações, o homem manteve relação sexual com a vítima diversas vezes, fato comprovado por exame de corpo delito realizado na criança.

Os fatos foram percebidos pela coordenadoria da escola onde a criança estudava, que percebeu mudanças de comportamentos da aluna, que reclamava de dores na parte debaixo da barriga e chorava com facilidade. Durante conversa com a menina, ela revelou que estava sendo abusada sexualmente pelo padrasto.

Na delegacia, a garota foi ouvida e deu detalhes que comprovavam os abusos praticados pelo padrasto. Diante das evidências, a delegada Judá Maali Pinheiro Marcondes, representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foragiu da cidade.

Com a ordem de prisão decretada e informações do possível paradeiro do investigado em Cuiabá, a equipe da Delegacia da Mulher de Cáceres entrou em contato com os policiais da DRE. O suspeito foi localizado e teve a ordem de prisão cumprida em uma obra em que estava trabalhando, no bairro Bandeirantes.

Após ter o mandado cumprido, o suspeito foi apresentado na DRE para as providências cabíveis.

 

Continue lendo

Policial

Suspeito de estupro de vulnerável de enteada em Cáceres tem prisão cumprida em Cuiabá

Publicado


.

Assessoria/Polícia Civil-MT

Um homem investigado pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher de Cáceres (228 km a oeste de Cuiabá pelo crime de estupro de vulnerável, teve o mandado de prisão cumpridos na tarde desta sexta-feira (25.09), pela Polícia Civil em Cuiabá, em ação realizada pelos policiais da Delegacia  Especializada de Repressão a Entorpecentes (DRE).

O suspeito, de 27 anos, foi alvo de investigação da Delegacia da Mulher de Cáceres, em setembro de 2019, pela prática de estupro de vulnerável contra a sua enteada de apenas 10 anos de idade. Segundo as investigações, o suspeito manteve relação sexual com a vítima diversas vezes, fato comprovado por exame de corpo delito realizado pelo menor.

Os fatos foram percebidos pela coordenadoria da escola onde a criança estuva, que percebeu mudanças de comportamentos da aluna, que reclamava de dores na parte debaixo da barriga e chorava com facilidade. Durante conversa com a menor, ela revelou que estava sendo abusada sexualmente pelo padrasto.

Na delegacia, a menor foi ouvida e deu detalhes que comprovavam os abusos praticados pelo padrasto. Diante das evidências, a delegada Judá Maali Pinheiro Marcondes, representou pelo mandado de prisão preventiva do suspeito, que foragiu da cidade.

Com a ordem de prisão decretada e informações do possível paradeiro do investigado na cidade de Cuiabá, a equipe da Delegacia da Mulher de Cáceres entrou em contato com os policiais da DRE. O suspeito foi localizado e teve a ordem de prisão cumprida em uma obra em que estava trabalhando, no bairro Bandeirantes.

Após ter o mandado cumprido, o suspeito foi apresentado na DRE para as providências cabíveis.

.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana