conecte-se conosco


Mulher

Juliana Paes usa azeite de oliva no cabelo; saiba os benefícios

Publicado

Juliana Paes tem compartilhado fotos e vídeos no Instagram onde aparece com o cabelo natural. Na terça-feira (24), a atriz fez uma live revelando os segredos para manter os cachos bonitos.

Leia também: Cabelo cacheado: qual é o meu tipo de cacho e como cuidar dos fios?

juliana paes arrow-options
Reprodução/Instagram

A atriz compartilhou a rotina de cuidados com os fios cacheados com seus seguidores no Instagram

“Meu cabelo acorda amassado e totalmente sem forma. A única maneira de voltar a forma é umidificar”, fala ao revelar que hidrata os fios com azeite de oliva .

Assim como outros óleos, o azeite de oliva no cabelo apresente uma série de benefícios. Além de ser uma opção barata e fácil de aplicar em casa.

Leia também: 5 produtos você precisa ter em casa para conseguir cabelos lindos

Benefícios do azeite de oliva para o cabelo

 “O azeite de oliva é rico em lipídeos e proporciona uma hidratação capilar power, pois penetra profundamente na fibra capilar e repõe os nutrientes necessários para os fios”, explica Anne Trentim, hair stylist do Jacques Janine Fashion Mall.

Karla Assed, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, acrescenta que o produto auxilia na formação de uma película protetora na parte externa do fio. “Com isso, é possível manter a hidratação dos cabelos, já que o filme formado sobre as cutículas evita a perda de água”.

Além disso, Anne fala que o azeite reduz a queda e estimula o crescimento saudável dos fios. E não para por aí: o produto também trata a caspa e reduz as pontas duplas.

Leia também: Como fazer uma hidratação com óleo de coco e cuidar dos cabelos em casa

Como usar?

Anne explica que, assim como nos alimentos, o mais indicado para o cabelo é o azeite de oliva extravirgem . Prensado a frio, preserva maior quantidade de nutrientes do que as outras versões.

Para aplicar nos fios, Karla orienta utilizar uma pequena quantidade, como uma noz na palma da mão. “Ele deve ser aplicado nos fios e deixar agir por cerca de 20 minutos. Durante esse período, faça uma massagem apenas nos fios e não no couro cabeludo”, fala. Para finalizar, lave os fios com shampoo e condicionador.

A dermatologista ainda fala que vale apostar em produtos que tenham efeitos semelhantes ao azeite ou que possuam o óleo de oliva como ingrediente, “pois o couro cabeludo pode apresentar alguma reação alérgica ao azeite puro, aumentando também a oleosidade”.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Mulher

Com fogueira e tudo! Mãe cria acampamento em casa durante quarentena

Publicado


source

Pode ser muito difícil manter os filhos entretidos durante a quarentena por causa do novo coronavírus (Sars-CoV-2), mas esta mãe do Reino Unido teve uma ideia criativa e fez uma noite de filmes bem diferente para divertir os pequenos.

acampamento arrow-options
Extreme Couponing and Bargains UK group/Facebook

Mãe cria acampamento durante a quarentena com filhos

Leia também:Com cinco filhos, mulher diz que melhorou como mãe na quarentena

Na matéria do The Sun , a mãe publicou em um grupo do Facebook contando que criou um ambiente confortável e divertido na sala durante a quarentena com filhos . O acampamento dentro de casa teve marshmallows, barracas improvisadas e até uma fogueira de mentira.

“Para criar o fogo, primeiro cortei um círculo de papelão em volta de uma tigela, depois peguei papel cartão e criei as chamas dele. Usei luzes de LED colocadas no centro da tigela. Para dar um toque a mais, peguei pedras e gravetos”, disse a mãe na postagem do grupo, que viralizou com mais de 2 mil comentários.

Veja as fotos do acampamento em casa:


Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Mulher

Filhos em casa: como ajudar nos estudos? Mães relatam experiência

Publicado


source

pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2) desencadeou uma série de mudanças na rotina das famílias. Com as medidas de prevenção, muitos pais passaram a fazer home office e, com aulas suspensas, as crianças tiveram as aulas adaptadas para o ambiente digital.

mãe e filha arrow-options
Arquivo pessoal

Constance Roessler ajudando a filha Sofia, 5º ano do Ensino Fundamental do Colégio Humboldt, nos estudos em casa

Encarar essa mudança nem sempre é fácil e pode deixar os pais um pouco perdidos, principalmente por precisarem guiar os filhos nos estudos . De acordo com Cibele Guaringue, coordenadora pedagógica do Colégio Marista Pio XII, de Ponta Grossa (PR), o ideal é que os adultos deem bons exemplos e trabalhem no desenvolvimento da autonomia da criança.

“Resolver questões e oferecer respostas prontas não é o caminho. Estimular questionamentos e ajudar na pesquisa pode ser uma maneira de aguçar a curiosidade e a autonomia dos estudantes”, explica.

Cibele também fala sobre a importância de um local adequado para os estudos, longe de distrações como TV ou eletrônicos. Além disso, reforça a necessidade de pausas de 15 a 30 minutos entre as lições para que a criança descanse e faça uma atividade lúdica. “É também uma excelente estratégia para que ela retome os estudos na sequência com mais interesse e disposição”, diz.

A coordenadora pedagógica ainda comenta que os pais devem se engajar para entender a metodologia de escola e assim conseguir ajudar, dialogar e compartilhar conhecimento com os filhos.

Leia também: Quarentena com crianças: 9 atividades para fazer em casa

Mães relatam experiência

Para entender como as famílias estão lidando com os estudos em casa , conversamos com duas mães sobre a nova rotina que foi estabelecida desde a determinação da quarentena .

Constance Roessler conta ao Delas que a adaptação das filhas Sofia, do 5º ano, e Clara, do 10º, ao estudo em casa não foi difícil, já que a escola, o Colégio Humboldt, em São Paulo, vem em um processo de digitalização de algumas etapas e atividades há algum tempo.

Assim, foi mais fácil, principalmente para a mais velha, lidar com as aulas à distância, segundo a mãe. Como Clara já entende o que está acontecendo, o papel dos pais vai mais no sentido de se certificarem que não há pendência nas tarefas.

No entanto, no caso da pequena, Constance precisa dar uma atenção especial para ela conseguir se organizar em relação às aulas e atividades. “Eu a ajudo a se controlar nos horários e prazos”, explica.

Para a mãe, o desafio está em conciliar o home office com a rotina das filhas. “O home office é desafiador. Eu trabalho das 8h às 20h, mas, ainda assim, consigo dar atenção para ela. Porém, sou bastante interrompida estando online (em reunião) ou não, mas ok. Deve ser algo comum em todas as famílias”, comenta.

E para que todas as tarefas sejam cumpridas e a família entre em harmonia, a saída encontrada por ela foi estabelecer uma rotina com as filhas. Ao lado das meninas, a mãe fez uma escala de horários para todos da casa, incluindo mãe, pai e filhas. Assim, enquanto elas estudam, os pais trabalham. E todos ajudam nas tarefas domésticas.

mãe e filha arrow-options
Arquivo pessoal

Claudia ao lado da filha Laís assistindo uma aula online do Colégio Mary Ward, São Paulo

Leia também: Home office é a solução encontrada para conciliar trabalho e cuidado de filhos

Essa organização também foi importante na família de Claudia Onofre, que conseguiu estabelecer uma rotina de estudos para a filha Laís, do 1º ano do Ensino Médio do Colégio Mary Ward, que concilia com os horários dos pais.

A mãe conta que a manhã é exclusiva para ela trabalhar, enquanto os cuidados casa e da outra filha, Letícia, que tem uma síndrome rara, fica por conta do pai. Claudia fala que a filha acompanha aulas online e faz as atividades à distância. Geralmente, as aulas começam às 7h e duram 1 hora, com intervalos de 30 minutos.

Como a escola proporciona uma boa estrutura de ensino à distância, o papel da mãe é de ajudar a filha a estabelecer um dia a dia saudável. Claudia comenta que nem todos os dias de Laís são iguais, o que ela enxerga como uma vantagem. “Estamos vivendo um momento em que não sabemos quando vai acabar. Por isso, acho muito importante a quebra de rotina”.

Nesse sentido, ela sugere que os pais encarem o momento atual como uma oportunidade: “As famílias poderiam se cobrar menos e deixar as coisas fluírem, olhando para dentro e para os filhos”. E é isso o que procura fazer: viver um dia de cada vez, entendendo as necessidades que vão se apresentando diariamente e, como ela diz, “sem sofrimento”.

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana