conecte-se conosco


Política MT

Juara terá mais de R$ 2 milhões para pavimentação urbana e infraestrutura

Publicado

Foto: JARDEL DA SILVA

Por articulação da presidente da Assembleia Legislativa, deputada estadual Janaina Riva (MDB), o município de Juara conseguiu na tarde desta quarta-feira (24) a liberação através da Secretaria de Estado de Infraestrutura de R$ 880 mil para pavimentação de 2 bairros e mais R$ 1,5 milhão para recuperação de vias urbanas.

Os valores referem-se a convênios antigos que já estavam prestes a perder a validade, mas que haviam se tornado inexequíveis ao longo dos anos e o município iria perder o recurso. Segundo o vereador Léo Boy, presidente da Câmara de Juara, a atuação da deputada Janaina junto ao governo do estado foi imprescindível para que o município não fosse prejudicado.

“É uma discussão que já vínhamos tratando há dias com a deputada Janaina Riva e a equipe do governo do Estado e no dia hoje, com o apoio da presidente conseguimos a liberação dos recursos relacionados a convênios firmados em 2009 no valor de R$ 880 mil para pavimentação de dois bairros de Juara. Além disso, garantimos a liberação de R$ 1,5 milhão para recuperação de vias urbanas já pavimentadas do município. A população de Juara agradece a deputada Janaina Riva e toda sua equipe por esse feito. Não podemos deixar de agradecer também ao secretário Marcelo de Oliveira por todo empenho em nos atende”, ressaltou o vereador.

Leia Também:  Elizeu Nascimento propõe revogação de lei que impõe divisão de 43 municípios de MT

Para Janaina, exemplos como esse comprovam que quando há vontade do gestor, situações burocráticas que emperram o Poder Público são resolvidas. “Eu não podia deixar que Juara perdesse esse recurso por ineficiência de gestões passadas que não conseguiram realizar as obras. É preciso ressaltar o trabalho eficiente da Infraestrutura que se prontificou num acordo de cavalheiros a resolver a situação e evitar que o município perdesse recursos”, finalizou.

Na tarde de quarta-feira (24), uma comitiva formada por vereadores e o prefeito Carlos Sirena esteve na presidência da Assembleia Legislativa com o secretário Marcelo Oliveira e a deputada Janaina Riva, onde o” martelo foi batido” sobre os recursos.

Fonte: ALMT
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Política MT

Ministro revoga veto da STN ao pedido de empréstimo de MT, mas Estado pode ser multado em R$ 500 milhões

Publicado

A informação foi dada pelo governador Mauro Mendes na manhã desta terça-feira

O ministro da Economia Paulo Guedes revogou por meio de efeito suspensivo, a decisão da Secretaria do Tesouro Nacional (STN) que havia vetado o pedido de empréstimo do Governo de Mato Grosso junto ao Banco Mundial no valor de U$S 250 milhões. A informação foi repassada pelo governador Mauro Mendes (DEM) na manhã desta terça-feira (20) durante conversa com jornalistas.

O montante financeiro deverá ser utilizado para pactuar dívidas do Executivo junto ao Bank of America. O débito foi contraído durante a gestão do ex-governador Silval Barbosa e são pagas parcelas semestrais de R$ 140 milhões. “Ele [Paulo Guedes] me comunicou por telefone que tinha dado um efeito suspensivo do recurso que nós impetramos por causa do descumprimento que Mato Grosso fez do pacto assinado em 2017 e que em 2018 não cumpriu as metas que assumiu com o Tesouro Nacional”, explicou Mendes.

Devido a esse descumprimento, Mato Grosso corre o risco de ter que pagar uma multa de R$ 500 milhões, exatamente a metade do valor pretendido em conseguir junto ao Banco Mundial pela cotação do dólar. “Isso [a repactuação de dívida] é grave e pode ensejar uma multa na ordem de quase R$ 500 milhões. Está escrito no contrato que foi assinado e isso era um óbice, inclusive, para um novo aval e nós conseguimos vencer com esse efeito suspensivo”, disse o governador.

Leia Também:  De olho em 2022, Niuam Ribeiro ensaia candidatura majoritária para ano que vem pelo PSD

A Secretaria do Tesouro Nacional (STN) tem dificultado a aprovação do empréstimo, mesmo com a aprovação do Banco Mundial, justamente por Mato Grosso não ter cumprido o acordo assumido em 2017. O Governo deve buscar um último parecer da Procuradoria Geral da Fazenda Nacional (PGFN). Depois a proposta passa pela Casa Civil e posteriormente será votada no Senado.

“Parece uma novela mexicana conseguir esse empréstimo para ajudar na recuperação fiscal de Mato Grosso. […] Ainda há um longo caminho a percorrer. Parece que tem alguém em Brasília jogando contra, porque toda hora aparece um problema que estamos conseguindo vencer. Tudo isso tem que acontecer até o final do mês, início de setembro. Se não, teremos que pagar a parcela do mês de setembro, algo em torno de R$ 150 milhões. Isso será catastrófico para as contas públicas de Mato Grosso nesse momento”, concluiu Mauro Mendes.

Caso o empréstimo seja aprovado, Mato Grosso passará a receber um prazo estendido, de quatro para 20 anos para quitar suas dívidas, e uma redução de 1,5% na taxa de juros. A parcela do débito junto ao Bank of America deve ser quitada no dia 10 de setembro.

Leia Também:  CPI pode pedir prisão de responsáveis por rombo bilionário na Previdência de MT

Continue lendo

Política MT

Emanuel Pinheiro cita necessidade de ajuste e anuncia reforma administrativa; Possas é efetivado na Saúde

Publicado

Prefeito anuncia os primeiro nomes na minirreforma do seu secretariado

O prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) anunciou as primeiras mudanças que irá fazer no staff, pensando na celeridade dos processos até o final da gestão. “Precisamos ajustar algumas peças, adequar a equipe para fechar com chave de ouro a minha gestão. Agradeço o trabalho e companheirismo de todos em cada pasta e tenho certeza de que os próximos farão jus ao trabalho realizado”, explica Pinheiro.

Luiz Antônio Possas de Carvalho será efetivado como secretário de Saúde, em seu lugar na Procuradoria Geral do Munícipio, assume o atual controlador, Marcus Britto. Já Carlos Roberto da Costa – o Nezinho, secretário de Governo, vai para a Controladoria Geral do Município.

Na Agência Municipal de Regulação dos Serviços Públicos Delegados de Cuiabá (Arsec) Emanuel Pinheiro efetiva o atual ouvidor Alexandro Adriano Lisandro de Oliveira como diretor presidente do órgão.

Pinheiro segue para Brasília no final da tarde desta terça-feira (20) para audiências nos ministérios da Saúde e da Cidadania – Secretaria de Assistência Social, além de encontros políticos. No retorno, o prefeito irá anunciar quem fica na pasta de Governo e na Secretaria de Inovação e Comunicação (Sicom).

Leia Também:  Personalidades da indústria serão homenageadas hoje com a Medalha do Mérito Industrial

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana