conecte-se conosco


Mulher

Jovem elimina 26 kg em 9 meses e dá dicas para emagrecer: “Acredite em você”

Publicado

Ana Paula Silvy é uma designer de interiores de 24 anos. Ela sempre foi “gordinha” e comia muitos alimentos gordurosos, principalmente na adolescência. A situação se agravou com o tempo, até que Ana decidiu emagrecer e colocar um ponto final na obesidade.

Leia também: Jovem que chegou a pesar 138 kg consegue emagrecer 46 kg com medidas simples

jovem consegue emagrecer 26 kg em 9 meses
Reprodução/Instagram/@anapaulasilvy

Ana Paula Silvy falou sobre seu processo de emagrecimento e deu dicas para quem quer perder peso: “Acredite em você”


Ana Paula, que é de Santa Catarina, chegou a setembro de 2018 pesando 99 kg, resultado de uma alimentação regada a lanches, produtos industrializados, frituras e bebidas, além de muitos acontecimentos importantes em sua vida que contribuíram para que ela continuasse a engordar. Após isso, a designer sentiu a necessidade de emagrecer .

“Me formei, comprei apartamento, realizamos a festa de casamento desejado, fizemos lua de mel, consegui um emprego na área da graduação. Foram muitas coisas boas na minha vida, desapeguei da saúde e estética. Estava muito feliz para me importar com a ‘casca’”, diz ela.

Além da questão estética, a saúde começou a dar sinais de alerta. Em agosto de 2018 ela teve alguns sintomas de que algo estava errado, como o surgimento da pressão alta. Outro fator que colaborou para Ana iniciar a mudança era a dificuldade em realizar atividades simples do dia a dia.

“Meu marido amarrou [os sapatos] e colocou as minhas meias muitas vezes. Notava que o assento do ônibus ao meu lado era o último a ser ocupado. Fazer tarefas diárias caminhando era uma dificuldade”, exemplifica a mulher.

A catarinense também conta que uma fatalidade na família foi o que bastou para ela correr atrás do prejuízo e emagrecer de vez. Depois que a avó de Jardel, seu marido, morreu, Ana deu mais ouvidos aos médicos.

Leia também: Instagram para emagrecer? Jovem consegue eliminar 63 kg com ajuda da rede social

O início da reeducação alimentar

perder peso
Reprodução/Instagram/@anapaulasilvy

Ana investiu em uma alimentação balanceada e aliou isso à prática de exercícios. Em quatro meses, ela eliminou 10 kg


Em setembro ela investiu em seu “projeto saúde”. “Comecei com pequenas mudanças, a me privar mais dos lanches, dos refrigerantes, etc., deixei esse tipo de exceções para os fins de semanas”, declara. “Mudei hábitos e criei novos, como tomar, no mínimo, 2 litros de água por dia”, complementa ela.

Nos quatro primeiros meses de reeducação alimentar , Ana se baseava em um cardápio proposto por uma nutricionista que ela consultou há quatro anos. “Aos finais de semana, não havia nenhum cuidado com a alimentação, mas quando era segunda-feira, era foco total”, diz.

Em janeiro de 2019, ela conseguiu se consultar com uma nutricionista do Sistema Único de Saúde (SUS) e a médica passou apenas alguns ajustes na rotina da jovem. “Ela me parabenizou pelo meu desempenho e me disse que estava seguindo muito corretamente a alimentação”, conta Ana.

Para acelerar a queima de gordura , foi necessário também praticar atividades físicas. A catarinense optou por um aplicativo de celular que dava dicas de exercícios e, às vezes, substituía isso pela caminhada.

“Em quatro meses foram 10 kg a menos com a minha força vontade. No final de janeiro iniciei academia. Desde quando comecei a fazer academia obtive poucas ausências”, lamenta Ana, que também salienta ter que se exercitar seis vezes mais em alguns momentos.

A designer destaca que precisou de muita organização, planejamento e força de vontade para alcançar seus objetivos. “Anotava um dia antes tudo que iria comer no outro dia. Alimentação sem suplementos e remédios: somente água, chás, alimentos (ovos, verduras, saladas e outros)”, garante.

Leia também: Boa forma depois dos 50 anos! Mulher revela segredos para ter um corpo definido

O resultado das mudanças no estilo de vida logo começou a aparecer. Além de perder peso , Ana conquistou uma saúde melhor. Em junho de 2019, a jovem realizou vários exames e os resultados, segundo ela, foram ótimos. “Bem diferente, provavelmente, de setembro, quando iniciei o processo [de emagrecimento]”, comenta a catarinense.

Mudança que “contamina”

perder peso
Reprodução/Instagram/@anapaulasilvy

A reeducação alimentar “contagiou” pessoas próximas a ela, como o marido, que passou a ter hábitos mais saudáveis


Agora com 26 kg a menos, a designer relata que seus novos hábitos influenciam diversas pessoas ao seu redor. “Meu marido mudou alimentação junto comigo. Ele é magro, mas começou a comer melhor, comer mais salada, verdura e outros alimentos saudáveis”, salienta.

Além disso, colegas de trabalho da moça também buscaram um estilo de vida melhor, e passaram a praticar exercícios regularmente.

O Instagram é uma das ferramentas usadas por ela para motivar e “contaminar” as pessoas. Na rede social, Ana compartilha fotos de todo o processo de emagrecimento e divulga stories sobre seus novos hábitos.

Com isso, muitas pessoas pedem dicas a ela, e enfatizam que a jovem é uma inspiração para todos que desejam perder peso.

Leia também: Saiba por que você deve parar de tomar refrigerante de uma vez por todas

Quer emagrecer? Comece acreditando em você

perder peso
Reprodução/Instagram/@anapaulasilvy

A designer destaca que processo de emagrecimento pode ser desafiador, mas garante que vale a pena


De bem com a balança pesando 73 kg, Ana ressalta os benefícios do novo estilo de vida. “Uma simples caminhada de 10 min me deixava fadigada. Hoje não vivo sem a minha paixão, que é o futebol, e meus exercícios. Exercícios me deixam com energia positiva e disposta para o meu dia”, salienta.

Para a designer, a melhor forma de conquistar os objetivos é acreditar que tudo é possível. “O foco principal é mental. Precisa acreditar com a mente e o coração que você é capaz de tudo na sua vida”, acrescenta Ana.

Segundo ela, a jornada para emagrecer é um processo contínuo, que exige um passo de cada vez para superar os obstáculos. “Fui me desafiando diariamente. A reeducação alimentar é para a vida, portanto tem que ser gostoso, se alimentar com sabor e saúde”, declara.

“Os primeiros dias ou meses é um desafio, mas é gratificante ver do que você é capaz. Acredite em você, eu acreditei em mim e estou colhendo bons frutos”, finaliza a jovem.

publicidade
2 Comentários

2 Comments

  1. joilton

    12/06/2019 - 22:45 a 22:45

    tres coisas que sao fundamentais para perda de peso e mudanca de vida forca de vontade,alimentacao e atividade fisica.PARABENS ao casal, porque o apoio da familia e fundamental.http://bit.ly/2Wqna8H

  2. Renato

    18/11/2019 - 21:09 a 21:09

    Parabéns pelo artigo.
    Me identifiquei bastante, pois tive uma incrível experiência recentemente, conheci um método incrível de emagrecimento, depois de muitas pesquisas, encontrei um programa que me ajudou a perder 5 quilos em 10 dias. Acesse: http://bit.ly/metodoemagrecimentoem17dias

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mulher

Prostituta e mãe de família: Santuzza luta pela regulamentação da profissão

Publicado


source
Santuzza criou o Coletivo Rebu para lutar pelos direitos das prostitutas
Reprodução/Instagram

Santuzza criou o Coletivo Rebu para lutar pelos direitos das prostitutas



A Rua Guaicurus, no centro de Belo Horizonte, é a maior zona de meretrício de Minas Gerais. Segundo estimativa da Associação das Prostitutas de Minas Gerais (Aprosmig), 2.000 garotas atuam em 28 hoteis da região. Nos estabelecimentos, essas mulheres ficam aguardando, na porta dos quartos, que o cliente passe e escolha a que mais lhe agradar. 

Mãe solo, Santuzza, 40, tira seu sustento dessa rua para criar os seus três filhos, de 19, 13 e 9 anos — que sabem sobre a sua profissão. “Contar para eles foi muito natural, porque, além de trabalhadora sexual, sou ativista. Então, eu falo sobre isso. Não escondo de ninguém.”

Trabalhadora sexual desde 2003, Santuzza conhece na pele a realidade das prostitutas e, por isso, batalha pelos direitos de mulheres como ela, através de uma organização batizada de Coletivo Rebu. Para ela, a regulamentacão da profissão, discussão que divide até mesmo as feministas, é uma questão urgente e que ajudaria a mudar o estereótipo que está profundamente associado a essas mulheres — e que, nem sempre, correspondem com a realidade.

“Quando você fala que é trabalhadora sexual, as pessoas já imaginam que você é drogada, que vive bêbada, é uma mulher sofrida, que apanha”. Santuzza não é nada disso: “Eu costumo beber na minha casa, como a maioria das trabalhadoras sexuais. Tem mulheres que bebem e usam entorpecentes, assim como profissionais de outras áreas.” 

Santuzza
Reprodução/Instagram

Santuzza


Feminismo x prostituição

Feministas radicais, quase sempre, são contra a regulamentacão da prostituicão, pois consideram que a atividade reflete a falta de opções de trabalho para mulheres, o que as coloca em uma situção mais vulnerável à violência e à exploração. Parte do movimento feminista, porém, discorda e defende que as mulheres têm o direito de escolher o que fazem com seus corpos — e isso inclui ser uma trabalhadora sexual. Para elas, a regulamentacão da prostituição traria mais garantias trabalhistas, previdenciárias e diminuiria julgamentos morais, fazendo com que essas pessoas tenham mais acesso a serviços sociais e públicos, como atendimento médico.

“Muito se fala que a regulamentação vai favorecer os cafetões. As pessoas falam sem saber qual é a real”, afirma. Apesar de não ser crime no Brasil, o fato de a protituição não ser reconhecida como profissão acaba deixando essas trabalhadoras à mercê de exploração, segundo Santuzza. “E não falo da pessoa me jogar dentro do quarto, fazer eu trepar o dia inteiro e eu não ganhar nada. Estou falando de não pagar uma diária absurda para a casa onde eu trabalho, por exemplo. Ou, se eu estiver em uma boate e o cliente não quiser usar os quartos de lá, ele ter de pagar uma taxa para eu acompanhá-lo a um motel. Se me der um calote, quero ter meios legais de cobrar por isso. Se o dono do estabelecimento me assediar, preciso ter como denunciá-lo”, exemplifica. “A regulamentação não vai aumentar a exploração, vai combatê-la.”

Santuzza diz que há muitas críticas a quem faz sexo por necessidade financeira. “Claro que é necessidade. Quem não trabalha por necessidade? Você conhece alguém que trabalha por hobby? As pessoas trabalham porque precisam comer, se vestir, pagar a prestação da casa… E a gente também. Não entendo a distinção feita entre a prostituição e outras profissões.”

Coletivo Rebu

Santuzza está à frente do Coletivo Rebu, projeto que começou a ser idealizado em 2015 e que, em 2017, iniciou sua atuação. Junto com outras mulheres, ela luta pelos direitos das trabalhadoras sexuais e contra os estigmas da classe.

Reprodução/Instagram

“Eu amo minha mãe e ela é uma trabalhadora sexual”, diz placa do Coletivo Rebu


Ela conta que os movimentos sociais já estão em seu sangue e que decidiu criar o coletivo quando passou a conhecer a realidade da Guaicurus. Por lá, já havia algumas lideranças, mas Santuzza não se encontrou em nenhuma delas. “Estou em uma rua onde trabalham 2.000 mulheres. Acabo de voltar de um Encontro Nacional e elas não sabem da existência desse encontro. Desse movimento que as representa. Então tem alguma coisa errada”, explica, falando sobre o que a incentivou a idealizar o Rebu. 

Sobretudo durante o período de pandemia do novo coronavírus, a ativista conta que a situação não tem sido fácil para as prostitutas. “Muitas tão voltando agora, mesmo sem a gente ter essa vacina, correndo risco, porque, além de muitas não terem condições para acessar o auxílio emergencial, ele é insuficiente”. Por isso, ela e o coletivo sempre fazem campanhas para ajudar as trabalhadoras. Para conhecer mais e colaborar com a causa, você pode acompanhar o Coletivo Rebu no Facebook .

Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Mulher

Horóscopo do dia: previsão para 6 de agosto de 2020

Publicado


source
mandala
Reprodução/Marcelo Dalla

Com a Lua minguante e o Sol em Câncer, veja como isso influencia seu dia


ÁRIES 

Período de sensibilidade continua, com a Lua em Peixes. Evite julgar pelas aparências. Investigue e informe-se melhor antes de tomar decisões. Procure também estar aberto ao diálogo para que possa aproveitar melhor as oportunidades. A Lua combina forças com Netuno e Plutão, favorecendo a intuição. Mas Marte faz aspectos tensos, cuidado com a impaciência. Vale programar terapias e atividades relaxantes, meditar, ouvir música suave ou buscar o contato com a natureza. Quanto mais paz e tranquilidade, melhor.

TOURO 

O mundo dos sonhos, das artes e da imaginação continua ativado. A Lua segue em Peixes, favorecendo assuntos transcendentais, meditação, atividades artísticas e contemplativas: música, cinema ou o contato com a água. Conte disposição e inspiração para seguir em busca do que deseja. Porém, cuidado com a agressividade e a intolerância, evite dar corda para situações que possam provocar estresse. Procure desacelerar, inspirar-se com tudo o que é belo. Com a mente mais relaxada você pode se conectar com o coração.

GÊMEOS 

O período bom para contatos sociais continua. Com Mercúrio em Leão, é hora de vencer a timidez, cultivar confiança e promover o avanço em seus projetos. A Lua segue em Peixes: vale cultivar os assuntos mais elevados e transcendentais, programar atividades criativas, artísticas ou de cunho espiritual. Vale reservar tempo também para interiorizar-se, alimentar a alma com arte e beleza. Procure focar no lado positivo da vida, cuidado com a intolerância. É importante pegar mais leve consigo mesmo e com os outros.

CÂNCER 

Bom dia para renovar as energias, promover sua paz interior, seu equilíbrio e sua saúde. A Lua segue em Peixes e faz aspectos harmoniosos hoje, você fica mais sensível, profundo e intuitivo. Vale deixar de lado os conflitos, esfriar a cabeça, investir em tudo o que possa inspirar e elevar. É recomendável buscar leituras edificantes, se aprofundar em estudos e pesquisas. Exercícios de relaxamento e boa música também podem fazer milagres. Com atividades mais amenas você evita a ansiedade ou as decisões tomadas por impulso. 

LEÃO

Com a Lua em Peixes as emoções transbordam, todos ficam mais suscetíveis. É importante abrir-se para a ternura, a imaginação, o romantismo e a compaixão. Sol e Mercúrio seguem em seu signo e você fica mais comunicativo. Mas é importante também estar aberto e disposto a ouvir, equilibrar acordos, mudar de ideia e de opinião se for necessário. Continue flexível para evitar desentendimentos. Esclareça eventuais dúvidas com paciência e atenção. O diálogo deve ser saudável e respeitoso, é preciso cautela no confronto de ideias. 

VIRGEM  

Você conta com mais força para libertar-se de velhas dependências, velhos vícios e condicionamentos. Algo novo está para nascer, mas agora deve perceber com quem vale a pena se envolver ou não. Época ideal para desfazer-se de tudo o que impede seu crescimento. O que é preciso finalizar de vez e já não condiz com sua consciência e maturidade? O período é de mais abertura para aprendizados e crescimento. Até seu aniversário é importante refletir, cultivar momentos de introspecção. Vale prestar atenção aos sonhos também.

LIBRA 

Sol e Mercúrio seguem em Leão: aproveite para cultivar confiança e pensamentos positivos, utilize a palavra com fins construtivos. Aproveite para fazer bons contatos e atrair oportunidades. A gentileza é sua melhor aliada.  Procure evitar reclamações, atitudes impulsivas ou impensadas. É melhor ganhar tempo para refletir mais, sonhar, meditar, estudar, ajustar o que não funciona adequadamente. A Lua faz aspectos inspiradores hoje, aproveite para relaxar, lembrar-se de respirar devagar e profundamente.

ESCORPIÃO 

Ensinamentos elevados são o antídoto para o pessimismo. Com a Lua em Peixes, é bom reservar tempo para momentos de meditação. Lembre-se que a energia que doa é como um bumerangue, sempre volta. Esteja flexível e acessível. A Lua sorri para Júpiter Netuno e Plutão: a ideia é transformar sentimentos, abrir-se para novas oportunidades. Os acontecimentos mostram até que ponto suas relações são livres, fluentes e respeitosas. Há tendência para inquietação e impulsividade, prefira um passeio tranquilo ao ar livre para refletir. 

SAGITÁRIO  

Com Sol e Mercúrio em Leão, aproveite para cultivar criatividade e confiança ao se expressar. Bom dia para cultivar inspiração também, já que Lua e Netuno se encontram em Peixes. Procure exercitar suas habilidades sociais com mais compreensão e empatia. Vale dar asas para a inspiração, a imaginação e fantasia. A Lua faz belos aspectos hoje, favorecendo a fé. Excelente oportunidade para envolver-se com as artes e os assuntos mais transcendentais da vida, inclusive como antídoto para a impaciência.

CAPRICÓRNIO 

A Lua segue em Peixes: intuição, sensibilidade e emoções transbordantes. Você continua a colher os frutos do que foi plantado na Lua nova. É importante ser mais diplomático, cordial e profissional. O progresso vem na medida em que cultivar profissionalismo, critério, honestidade, integridade e compromisso com a palavra dada. Marte e Júpiter seguem em desarmonia, cuidado para não exagerar nas expectativas e contar com o ovo antes da galinha. Invista numa comunicação competente, confie em sua intuição.

AQUÁRIO 

Continue a ter cuidado com a rebeldia. Se forçar demais, a corda pode se romper. Mantenha-se aberto para mudar de ideia, aceitar sugestões e promover as revisões necessárias. Com amor, gentileza, empatia e disposição para ouvir, tudo se resolve. A Lua continua no sensível Peixes, combina forças com Júpiter, Netuno e Plutão: você pode rearranjar, concluir situações que se arrastam, transformar ou libertar relações que se tornaram difíceis ou emperradas. Tudo para que viva com mais verdade, prazer e independência.

PEIXES 

Bom dia para pesquisas, exames, terapias e diagnósticos. É importante dialogar, consultar diversas opiniões, buscar clareza antes de tomar decisões. A Lua segue em seu signo, encontra Netuno e se harmoniza com Plutão: cresce sua capacidade de observação, a intuição fica afiada. Mas não é hora de exigir demais de si mesmo e de sua saúde. Evite ambientes tóxicos. Pelo contrário, procure elevar-se com a beleza, a arte e os assuntos edificantes. A arte, o amor e a espiritualidade são a solução sempre, quanto mais agora.


Fonte: IG Mulher

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana