conecte-se conosco


Esportes

Jogador é expulso, deixa campo escoltado e é agredido dentro do túnel do estádio

Publicado


Jogadores do Ludogorets comemorando classificação para a Champions
Twitter/Reprodução

Cosmin Monti foi expulso e depois agredido

Vira e mexe, o futebol proporciona aos espectadores momentos, no mínimo, curiosos. No último final de semana, não foi diferente. Em uma partida válida pelo mata-mata do Campeonato Búlgaro, o zagueiro Cosmin Moti, do Ludogorets, protagonizou uma cena bizarra na partida contra o Levski Sofia, fora de casa.

Leia também:Ultras da Inter de Milão são condenados por morte de torcedor na Itália 

Após marcar, de pênalti, o segundo gol de sua equipe na partida contra o Levski o defensor romeno levou seu segundo amarelo por “excesso de comemoração” e foi expulso de campo. Jogando fora de casa, o clima era muito pesado e hostil ao jogador. Por isso, Moti recusou-se a deixar o campo e ir ao vestiário sem alguma proteção.

Leia também: Horas antes de jogo da Champions, torcedores do Lyon enfrentam polícia catalã 

Para evitar problemas ao jogador, a polícia foi acionada e o jogador do Ludogorets ia sendo escoltado para os vestiários do estádio. Porém, nem o policiamento evitou a cena mais curiosa da noite. Já dentro do túnel que leva ao interior da arena, Moti foi agredido por um torcedor da equipe rival, que pulou em cima e quebrou a estrutura de proteção.

Leia Também:  Em casa, Botafogo-PB supera o CSA-AL e avança à semifinal do Nordestão

Leia também: Torcedor que agrediu jogador inglês é preso e afastado de estádio por dez anos 

Essa não é a primeira história curiosa que acontece com o zagueiro expulso . Em 2014, durante uma partida da Champions contra o Steaua Bucareste, Moti viu o goleiro de seu time ser expulso no último minuto. Ele foi para o gol e, nas cobranças de pênalti, defendeu duas bolas e garantiu a classificação do clube.

Fonte: IG Esportes
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Esportes

Boxeador russo de 28 anos morre após sofrer lesões cerebrais em luta

Publicado

Maxim Dadashev arrow-options
Reprodução

Maxim Dadashev

O boxeador Maxim Dadashev morreu aos 28 anos depois de sofrer lesões cerebrais decorrentes de uma luta que foi disputada na última sexta-feira. Após o confronto, o atleta, que foi derrotado por Subriel Matias, foi encaminhado ao hospital, mas não resistiu às lesões.

Leia mais: História de Tyson Fury prova que títulos e cinturões não compram felicidade

O russo chegou a ser submetido a uma cirurgia, em função de um sangramento no cérebro. No sábado, no entanto, segundo informações da médica Mary IH Cobb, o boxeador russo mostrava sinais de danos cerebrais graves.

Ainda segundo informações médicas, Dadashev estava com a cabeça aberta e um procedimento havia sido realizado para tentar amenizar o inchaço do cérebro, mas não houve sucesso.

Fonte: IG Esportes
Leia Também:  Firmino e David Neres balançam as redes pela Liga dos Campeões
Continue lendo

Esportes

Jornalista e político, Juarez Soares morre aos 78 anos após sofrer infarto

Publicado

Juarez Soares arrow-options
Wayne Camargo / Divulgação RedeTV!

Juarez Soares, o China

Dono da frase “uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa”, o jornalista Juarez Soares morreu após infartar na madrugada desta terça-feira (23), na cidade de São Paulo.

Além do jornalismo esportivo, Juarez Soares também teve longa carreira na política, sendo filiado ao PT e ao PDT.

Em abril de 2019, Juarez Soares foi demitido da RedeTV! e voltou a ser comentarista esportivo na Rádio Capital, no programa Capital da Bola.

Fonte: IG Esportes
Leia Também:  Repórter Mauro Naves é afastado da TV Globo por envolvimento no caso Neymar
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana