conecte-se conosco


Entretenimento

Jeffrey Epstein: quem foi o homem que virou documentário da Netflix

Publicado


source

Na última quarta-feira (27), a Netflix lançou uma explosiva nova série original em seu catálogo. ” Jeffrey Epstein – Poder e Perversão ” é uma minissérie documental dividida em quatro episódios que conta a vida de Jeffrey Epstein, o bilionário americano acusado de manter um esquema de abuso sexual de mulheres e menores. Epstein cometeu suicídio em 2019, dentro da prisão.

Leia também: Madrugada de fúria: protestos nos EUA deixam mortos e rastro de destruição

Jeffrey Epstein
Reprodução/Twitter

Jeffrey Epstein foi preso em 2019 e cometeu suicídio em sua cela

No último domingo (31), o grupo hacker Anonymus botou ainda mais lenha na fogueira, quando  surpreendeu a internet com supostos vazamentos de documentos que envolveriam o presidente americano Donald Trump e diversas outras celebridades no esquema criminoso de Jeffrey Epstein . A veracidade das acusações, no entando, não foi confirmada.

Com os boatos circulando na internet, o tema tomou conta do Twitter e das pesquisas do Google e aumentou o interesse pela minissérie sobre a vida do bilionário.

Jeffrey Epstein
Netflix

Relação de Jeffrey Epstein e Donald Trump é retratada em documentário da Netflix


Confira as principais informações sobre Jeffrey Epstein reveladas no documentário:

1. O medo das vítimas

Por se tratar de uma série documental, “Jeffrey Epstein – Poder e Perversão” aborda as artimanhas utilizadas pelo bilionário para praticar seus crimes sexuais contra mulheres e menores. A minissérie é narrada sob o olhar das vítimas, que tinham medo de se manifestar publicamente contra ele.

“Algumas pessoas não queriam falar de jeito nenhum. Outras tinham mudado de número de telefone. Algumas decidiram que nunca vão falar sobre o assunto, por vários motivos. Outras nem tinham avisado aos próprios pais sobre o que tinha acontecido”, disse a diretora da série Lisa Bryant ao The Guardian .

2. Um alerta sobre o abuso infantil

“Poder e Perversão” abre os olhos da população para o fato de que, muitas vezes, o abuso sexual acontece debaixo do nariz dos pais e responsáveis sem ser notado. O dinheiro e o poder acabam sendo um grande recurso usado por exploradores para conseguirem o que querem de suas vítimas.

No documentário, a estratégia usada por Epstein é descrita como sedutora e discreta. Ela procurava por meninas (muitas delas menores de idade) que tinham problemas familiares e pouco dinheiro. Elas eram oferecidas dinheiro para fazer massagens nele dentro de sua mansão em Palm Beach, na Flórida. E assim os abusos aconteciam.

Jeffrey Epstein
Netflix

Uma das vítimas relembra viagens feitas com seu abusador, Jeffrey Epstein


3. Políticos e pessoas públicas

Jeffrey Epstein tinha uma empresa de consultoria, a J. Epstein & Co, que administrava investimentos milionários. Com isso, grandes personalidades como Donald Trump, e o ex-presidente americano Bill Clinton faziam parte do seu hall de amigos e chegaram a ser questionados sobre as acusações de assédio do magnata.

Além desses, o príncipe Andrew, filho da rainha Elizabeth II, também foi apontado como amigo próximo de Epstein. Vale lembrar que no fim do ano passado, o membro da Família Real foi acusado de ter abusado sexualmente Virginia Roberts Giuffre quando ainda era adolescente.

Virginia Roberts
Netflix

Virginia Roberts posa com Príncipe Andrew na casa da namorada de Epstein


4. O descaso da polícia

Em 2005, uma mulher da Flórida procurou a polícia de Palm Beach para fazer a primeira acusação formal contra a o bilionário. Na ocasião, ela afirmava que a enteada, que tinha 14 anos, tinha sido molestada por ele por intermédio de uma amiga mais velha, que teria sido paga por ele. A investigação virou um caso do Departamento Federal de Investigação (FBI) do país, que logo encontrou provas de que Epstein assediou e abusou de dezenas de vítimas.

Apesar das evidências, o empresário negou as acusações e no ano seguinte conseguiu um acordo com o promotor de justiça da Flórida Alexander Acosta, que lhe dava imunidade de qualquer acusação federal. O acordo só foi possível, pois ele confessou um dos crimes de solicitação de prostituição por um menor de idade.

Alexander Acosta
Divulgação

Alexander Acosta fechou acordo que beneficiou Jeffrey Epstein


5. O fim trágico

Jeffey Epistein e príncipe Andrew
Reprodução

Jeffey Epistein e príncipe Andrew

Onze anos depois do acordo polêmico com a Justiça, foram encontradas irregularidades no procedimento feito por Alexander Acosta, em que dizia que ele não seria acusado de crimes de assédio e abuso sexual. 

Jeffrey Epstein foi preso em 6 de julho de 2019 acusado de tráfico sexual. Além de dinheiro, em sua casa, foram encontradas inúmeras fotos eróticas de crianças e adolescentes. Um mês depois, ele foi encontrado morto em sua cela com um lençol em volta do pescoço. Posteriormente o laudo médico confirmou que ele se suicidou por enforcamento.

Fonte: IG GENTE

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Entretenimento

Por trás do meme: roqueiro famoso no Twitter trabalha como editor de livros

Publicado


source

Hey rockers! Leu na intonação correta? Então você provavelmente já conhece Thiê Rock, músico que tem viralizado nas redes sociais. Apesar de estar trilhando seu caminho na música há muitos anos e ser um ícone do rock underground, o cantor caiu recentemente nas graças da internet, mais especificamente do Twitter.

Thiê Rock
Reprodução/Instagram

Thiê Rock


Tudo começou com um vídeo postado por Thiê em suas redes sociais. A intenção era a mais simples possível: divulgar a festa Lion Fest, organizada pela banda dele, a Lion Heart. Sobre o vídeo, ele diz: “Ali era um evento que costuma ser anual, que faço com a minha banda, para comemorar o aniversário e, ao mesmo tempo, fazer uma festa que dure até a manhã. O contexto daquela chamada específica era a chamada pro Lion Fest.”

O roqueiro ainda explica que não tinha nenhuma ideia de que o vídeo faria tanto sucesso. “Legal que viralizou, mas uma pena que o bar que eu tinha citado, chamado Saloon, nem existe mais. Comentei com meu sócio outro dia: ‘Poxa, cara, se tivesse viralizado outro dia, antes do Saloon acabar, quem sabe, com todo o interesse que despertou, se teria tido uma sobrevida’. Se de repente as coisas poderiam ter sido diferentes”, lamentou sobre o fim do bar que ficava no Rio de Janeiro, onde Thiê vive.


O vídeo acabou viralizando e se tornou uma verdadeira fonte de memes para os tuiteiros que, claro, encontraram uma infinidade de outros vídeos do músico. As montagens com o ícone do rock não pararam e, apesar das brincadeiras, os internautas criaram um carinho todo especial pela figura de Thiê. Até mesmo aqueles que não conhecem muito sobre o Rock’n’roll andam repetido seus bordões. Inclusive, o músico comenta que as visualizações de seu trabalho acabaram crescendo por causa da internet.



Sobre quem está por trás do meme, Thiê, que tem 39 anos, contou ao iG Gente que sua vida é bem mais simples do que a imagem de rock star. Ele é formado em Jornalismo e trabalha em uma editora de livros, apesar de se envolver com a música desde os 16 anos, quando começou a fazer aulas de violão, guitarra e canto. “É mágico estar em cima de um palco, ver a galera agitando e cantando a sua música”, suspira ele sobre nunca abandonar seu lado artístico. “Enquanto eu tiver fôlego, obviamente continuarei fazendo o que sempre fiz com bastante amor, carinho e dedicação”, garante. Mas ele admite que não se sustenta apenas com a sua arte. “Eu também trabalho como editor de livros na Editora Alta Books. Então, a principal fonte de renda que tenho vem dessa área”, conta. “A gente sabe como funciona a música de uma forma geral no Brasil, ainda mais Rock’n’roll. A gente entra no jogo sabendo como a coisa funciona, é você por você”, diz ele. 


Sobre sua empolgação na hora de divulgar o seu trabalho, Thiê conta que não é um personagem. “Você tá me ouvindo falar, então você vai percebendo como eu falo. Às vezes tem picos de empolgação, quanto mais me empolgo mais me aproximo da voz da minha chamada. Ali simplesmente sou eu, não um personagem que eu crio. Sou eu superempolgado e na adrenalina de passar o meu sonho, aquilo que eu acredito, aquilo que eu amo”. 


Para conhecer mais sobre Thiê Rock, você pode seguir o artista no Twitter Instagram e seguir a banda dele, a Lion Heart, no Youtube .

Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Entretenimento

Mariana Rios está grávida do primeiro filho

Publicado


source

Mais uma famosa vai receber a visita da cegonha após a quarentena do novo coronavírus. Mariana Rios está gravida de seu primeiro filho. O bebê é fruto do relacionamento da atriz e cantora com seu noivo, o empresário Lucas Khalil. Os dois se casariam este ano, mas por conta da Covid-19 o casal adiou o casório por duas vezes.

Mariana Rios
Reprodução/Instagram

Mariana Rios está grávida

Mariana anunciou a boa nova em suas redes sociais. “Julho! O mês em que eu agradeço o privilégio de ter nascido e renascer a cada ano! Você sempre chega trazendo vida! Mas dessa vez você trouxe o presente mais lindo do mundo: outro coração batendo dentro de mim”, escreveu a atriz e cantora.


Fonte: IG GENTE

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana