conecte-se conosco


Internacional

Japoneses se preparam para as restrições de exportação para a Coreia

Publicado

Os fabricantes japoneses de materiais de alta tecnologia estão ocupados com a preparação de documentos necessários para conseguir a aprovação do governo para a exportação de seus produtos. A corrida acontece depois que o governo japonês iniciou, ontem (4), a imposição de restrições nas exportações de itens para a Coreia do Sul.

Três materiais são afetados. Eles são usados para a manufatura de semicondutores e outros componentes de alta tecnologia.

As firmas japoneses representam um nível estimado de 70% a 90% da produção global desses materiais. A Coreia do Sul, um dos maiores fabricantes em escala mundial de semicondutores, depende amplamente dos produtos do Japão.

Funcionários de várias empresas japonesas estão contatando seus clientes sul-coreanos para a preparação de documentos que serão submetidos ao governo.

O Ministério da Indústria do Japão declarou que seu quadro de funcionários vai necessitar de cerca de 90 dias para verificar os documentos. Contudo, os funcionários das companhias dizem que não sabem com precisão o tempo que isto vai levar.

O chefe da Câmara do Comércio e Indústria do Japão acredita que a questão não terá um grande impacto econômico em geral, embora possa causar mudanças dentro da indústria de semicondutores.

 

Edição: José Romildo

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Internacional

Portugal e Espanha reabrem fronteira para turismo após três meses

Publicado


.

Os governos da Espanha e de Portugal reabriram oficialmente nessa quarta-feira (1º) sua fronteira conjunta para todos os viajantes, após um fechamento de três meses que visava a conter a propagação do novo coronavírus.

Na presença do rei Felipe, da Espanha, e do presidente de Portugal, Marcelo Rebelo, os premiês Pedro Sánchez e António Costa abriram solenemente a fronteira. Todas as outras restrições de viagem na União Europeia foram suspensas na semana passada.

“Desta fronteira aberta depende a nossa prosperidade partilhada e um destino comum no projeto europeu”, tuitou Costa. “A pandemia ofereceu-nos a visão de um passado ao qual não queremos voltar: um continente de fronteiras fechadas.”

Continue lendo

Internacional

Preocupação com coronavírus dispara nos EUA, mostra pesquisa

Publicado


.

O nervosismo dos norte-americanos com a disseminação do novo coronavírus está no nível mais alto em mais de um mês, mostrou pesquisa Reuters/Ipsos divulgada nessa quarta-feira (1º), um dia depois de os Estados Unidos (EUA) registrarem o maior aumento diário de casos novos desde o início da pandemia.

O levantamento, realizado entre 29 e 30 de junho, revelou que 81% dos adultos norte-americanos estão “muito” ou “algo” preocupados com a pandemia, a taxa mais elevada desde uma pesquisa semelhante realizada em 11 e 12 de maio. O país já tem mais de 127 mil mortes pelo vírus, de longe o maior número do mundo.

O epicentro da epidemia de covid-19 nos EUA se transferiu do Nordeste para o Oeste e o Sul, especialmente Califórnia, Texas, Flórida e Arizona.

Autoridades de saúde pública acreditam que a decisão de reabrir bares em muitos estados foi um dos principais catalisadores dos aumentos acentuados nesses locais.

Os EUA registraram seu maior aumento diário – quase 48 mil novas infecções – na terça-feira (30), sendo mais de 8 mil na Califórnia e uma quantidade igual no Texas, mostrou contagem da Reuters.

Os temores sobre a pandemia parecem estar crescendo mais entre membros do Partido Republicano, do presidente Donald Trump, de acordo com a pesquisa Reuters/Ipsos.

Em geral, os republicanos têm mostrado menos disposição para impor e manter restrições a fim de conter a proliferação do vírus, como o confinamento em casa ou o uso de máscaras, transformando as medidas em questão partidária.

Cerca de sete em cada dez republicanos disseram estar pessoalmente preocupados com a disseminação do vírus, em comparação com seis em cada dez republicanos que foram ouvidos em pesquisas realizadas ao longo das últimas semanas. Entre os democratas, cerca de nove em cada 10 manifestaram receio semelhante, mas o número é igual ao de levantamentos anteriores.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana