conecte-se conosco


Carros e Motos

JAC lança E-JV5.5, van elétrica que tem mais de 300 km de autonomia

Publicado

Van da marca chinesa tem como maiores diferenciais o motor elétrico, bem como atributos de carros urbanos
Guilherme Menezes/ iG Carros

Van da marca chinesa tem como maiores diferenciais o motor elétrico, bem como atributos de carros urbanos

A gama elétrica da JAC ganha mais um novo membro, para servir ao trabalho. Acompanhamos o lançamento do novo E-JV5.5 e pudemos conferir as primeiras impressões. Apesar de mais caro (R$ 314.900) do que os concorrentes a combustão — muitos deles, das marcas que compõem o grupo Stellantis — notamos atributos diferenciados também.

O interior e a motorização elétrica são os dois principais aspectos. Ao contrário de outras vans — que, por natureza, têm proposta utilitária — o novo JAC traz bancos com boa ergonomia e acabamento, além de painel com três tonalidades, bem como diferentes texturas e linhas. Isso sem falar da conectividade, que se assemelha aos carros de passeio da marca.

Na traseira, o destaque vai para a porta traseira, sem falar da porta de correr
Guilherme Menezes/ iG Carros

Na traseira, o destaque vai para a porta traseira, sem falar da porta de correr

Entre os equipamentos, encontramos central multimídia de 10,25 polegadas (com conectividade MirrorLink e pacote Google), câmera de ré, airbags, ar-condicionado, acabamento de black piano no console, volante de três raios com comandos, além de computador de bordo digital e descanso de braço individual para os assentos.

Quando migramos para as especificações técnicas, tem capacidade de carga para 805 kg e capacidade para 5,5 metros cúbicos de carga (5500 litros), conta com motor de 204 cv com torque de 30 kgfm.

O modelo ainda conta com uma bateria de 50 kWh, que confere uma autonomia de até 300 km com uma carga. Segundo a fabricante, em uma carga lenta é possível carregá-la por completo em 6h40 minutos, já numa carga rápida este tempo cai para 1 hora.

Interessante é conduzir um modelo elétrico dessa categoria. Normalmente, os demais são equipados com motor turbodiesel e são “recheados” de torque. Quando o turbo sai da zona de lag, a resposta do acelerador vem de uma vez. Como JAC, elétrico, isso não acontece. A progressividade é seu ponto positivo. Mesmo carregado, se comporta como um “grande carrinho de golf”.

Os bancos também são aconchegantes, algo que não ocorre com alguns modeos do segmento. A multimídia também é uma qualidade a parte. Percebemos que, eventualmente, a interface dá uma “titubeada” quando a operamos, mas nada que afete o manuseio.

Segundo o próprio representante e presidente da JAC no Brasil , Sérgio Habib, o empresário ou o profissional pessoa física que pensar em adquirí-la, já pode considerar um “número mágico” para concluir se vale a pena pagar mais pela JAC do que o que se cobra pelas suas rivais.

Ao comparar os gastos com consumo de combustível (das demais), ante o de energia da van chinesa, passa a compensar o gasto adicional da aquisição do veículo se, e somente se, a pessoa rodar mais de 160 km na cidade. Isso quando a empresa não é “amarrada” com o cumprimento de metas ambientais, que as obriguem escolher o carro elétrico a qualquer custo.

Ficha Técnica

Preço: a partir de R$ 314.900

Motor: elétrico

Potência e torque: 204 cv e 30 kgfm, instantâneos

Transmissão: Automática (frente + ré)

Suspensão: Independente, McPherson (dianteira) / Feixe de molas (traseira)

Freios: Discos

Pneus: 195/70 R15LT

Dimensões: 5,12 m (comprimento) / 1,90 m (largura) / 1,77 m (altura), 3,08 m (entre-eixos)

Autonomia: 300 km

Porta-malas: 5500 litros

0 a 100 km/h:  Não declarado

Velocidade máxima: 150 km/h

Fonte: IG CARROS

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carros e Motos

Mutirão para regularização de CNH ocorre no Poupatempo de SP

Publicado


Quem não regularizar o documento no prazo correto pode ser punido com sete pontos e multa de R$ 293,47
Divulgação

Quem não regularizar o documento no prazo correto pode ser punido com sete pontos e multa de R$ 293,47

Sábado, dia 20 de agosto ocorre um mutirão no Poupatempo para quem estiver com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH), vencida nos meses de julho e agosto de 2021 e ainda não renovaram o documento.

De acordo com o Detran.SP, Foram abertas 9,2 mil vagas em todas as suas unidades integradas ao Poupatempo. No estado de São Paulo, 154.645 condutores estão com o documento vencido e precisam regularizar a situação até o final deste mês.

Para a renovação do documento, é necessário obrigatoriamente fazer o agendamento pelos canais eletrônicos de forma gratuita – portal  www.poupatempo.sp.gov.br, aplicativo Poupatempo Digital e totens de autoatendimento.

Quanto à renovação, o serviço é feito de forma online pelos portais do Departamento Estadual de Trânsito ( www.detran.sp.gov.br ), ou ainda pelo próprio site do Poupatempo ( www.poupatempo.sp.gov.br ) ou pelo aplicativo do Poupatempo digital.

Vale lembrar que o condutor não pode ter nenhum bloqueio no prontuário como suspensão ou cassação da CNH. Se a pessoa optar por fazer o processo de forma presencial, deve ser feito agendamento no portal do Poupatempo no posto que deseja ser atendido.

A punição em caso de fiscalização de trânsito para quem não regularizar o documento no prazo correto é de sete pontos na carteira, além de multa no valor de R$ 293,47.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Carros e Motos

Burger King e EZVolt instalam  rede de recarga de elétricos no RJ e SP

Publicado


Novas parcerias têm ajudado a expandir a rede de carregadores para carros elétricos no Brasil
Divulgação

Novas parcerias têm ajudado a expandir a rede de carregadores para carros elétricos no Brasil

A rede de lanchonetes Burger King e a EZVolt lançaram um projeto em parceria com a Vibra Energia que visa oferecer conforto ao clientes da rede de fast food através da recarga do carro elétrico ou híbrido enquanto fazem sua refeição. Os primeiros pontos de recarga conectados à internet estão no estacionamento de restaurantes Burger King no Rio de Janeiro (RJ) e em Barueri (SP).

A Vibra Energia  será a responsável pela implantação dos equipamentos, enquanto a EZVolt ficará incumbida pela operação e manutenção da nova rede de recarga smart, totalmente inteligente, conectada à internet e com acesso a aplicativo que permite fazer reservas e consultas.

O investimento em soluções como esta do Burger King faz parte do objetivo da Vibra de ser o principal provedor de soluções de recarga e suprimento de energia do Brasil, por meio de uma rede de recarga pública robusta, disponível e conectada.

“Além de levar comodidade para os clientes, o projeto tem como objetivo estimular o transporte com baixas emissões de carbono”, afirma Gustavo Tannure, CEO e fundador da EZVolt.

As instalações de pontos de recarga nos dois primeiros restaurantes em São Paulo e Rio de Janeiro são o pontapé inicial em um projeto de expansão que terá, na primeira fase, uma rede com vinte estações de recarga em restaurantes Burger King na Região Sudeste do País até o final do ano.

Ao todo, serão dez pontos na Grande São Paulo (SP), cinco em Belo Horizonte (MG) e cinco no Rio de Janeiro (RJ). O objetivo é aumentar ainda mais esse número no ano seguinte.

Fonte: IG CARROS

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana