conecte-se conosco


Cuiabá

Já é lei- tratamento odontológico para mulheres gestantes

Publicado

p class”msonormal” style”text-align: justify”>A rede de saúde pública da Capital deve oferecer tratamento odontológico obrigatório a mulheres gestantes. A medida esta prevista na Lei nº 6.445, proposta pelo vereador Ricardo Saad (PSDB), a qual esta em vigor desde setembro deste ano.

Na prática, a norma inclui o pré-natal odontológico pelo Sistema Único de Saúde (SUS) do município. Conforme a legislação aprovada por unanimidade na Câmara de Cuiabá, o tratamento é obrigatório, mas é o Poder Executivo é quem definirá os exames e procedimentos a serem disponibilizados.

“Essa lei visa resguardar todo o direito da gestante em garantir um tratamento completo durante o período de gestação, incluindo o atendimento odontológico”, finalizou Saad.

Kamila Arruda| Câmara de Cuiabá

Imprimir Voltar Compartilhar:  

</div

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Cuiabá

Sessão Extraordinária da Câmara aprecia conclusão de CPI

Publicado


.

A Câmara Municipal de Cuiabá realizará uma sessão extraordinária remota na manhã desta terça-feira (29), para apreciar o projeto de resolução que aprova o relatório e as conclusões da Comissão Parlamentar de Inquérito Instituída pela Resolução Nº 031 de 04/10/2019, criada com objetivo de investigar possíveis irregularidades praticadas pelo Prefeito Municipal de Cuiabá.

A convocação foi feita pelo presidente do Parlamento Municipal, vereador Misael Galvão (PTB) durante encerramento da sessão ordinária da última quinta-feira, dia 24.

A extraordinária será realizada a partir das 9 horas, via plataforma digital, e será transmitida ao vivo em todas as redes sociais do Legislativo.

Marcella Magalhães / Câmara Municipal de Cuiabá

Continue lendo

Cuiabá

Quatro motoristas são presos por embriaguez ao volante no bairro São Matheus

Publicado

 

.

Sessenta motoristas foram autuados durante a 9º edição da Operação Lei Seca na noite de sábado (26), em Cuiabá. A ação foi realizada na BR 364, km 403, no bairro São Matheus, próximo a Delegacia de Delitos de Trânsito (Deletran). Ao todo, 58 testes de alcoolemia foram realizados, o que resultou na prisão de quatro motoristas por embriaguez ao volante

As abordagens começaram às 22h10 e seguiram até às 23h45. Entre os Autos de Infração de Trânsito, 13 foram por conduzir sob efeito de álcool, um pela recusa do teste do bafômetro e outros 60 AIT’s diversos. Na ação, 21 veículos, entre carros e motocicletas, foram recolhidos.

A Operação Lei Seca é realizada de forma integrada e coordenada pelo Gabinete de Gestão Integrada (GGI-E) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT).  Nesta edição, participaram representantes das Polícias Militar (PM-MT), Civil (PJC-MT) e Rodoviária Federal (PRF), Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) e Sistema Penitenciário de Mato Grosso (Sispen).

A multa para o motorista que é flagrado dirigindo sob efeito alcoólico é de R$ 2.934,70.

No momento do teste do bafômetro, o condutor que tiver índice de álcool no sangue superior a 0,33 miligramas por litro de ar expelido será preso, pagará multa, terá a CNH suspensa e responderá por crime.

Quando a quantidade de álcool for abaixo de 0,33mg/l, o condutor é autuado, tem a CNH retida e paga multa.

 

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana