conecte-se conosco


Internacional

Itália registra alta em casos de Covid-19 e identifica novos focos da doença

Publicado


source
mulher usando máscara e agasalhos segura máscaras no ar
Reprodução

Pela primeira vez desde estabilização, Itália registra alta em número de casos diários


Na última quinta-feira (25), a Itália viu o número de casos de Covid-19 , doença transmitida pelo novo coronavírus, aumentar pela primeira vez desde a estabilização da epidemia no país. Em 24 horas, 296 pessoas adoeceram, um número que 56% maior que o registrado no dia anterior (24), de 190 novas incidências.


O país registrou na semana passada uma média de 289 novos casos registrados por dia. No entanto, a média desta semana está abaixo deste número, e ficou em 210 casos.

Atualmente, o país tem a curva do novo coronavírus descendente. Mas é comum que alguns dias apresentem números maiores de casos em 24 horas.

Mesmo com a estabilização acontecendo, novos focos do novo coronavírus  surgiram recentemente em alguns pontos da Itália. Entre eles o condomínio Mondragone, que registrou 49 casos, uma casade repouso em Gênova (12 casos) e uma empresa transportadora em Bolonha (64 casos). Os pacientes em questão foram isolados pelas autoridades sanitárias.

Atualmente, a Itália tem cerca de 18,3 mil casos ativos de Covid-19 em seu território. O valor é o menor desde 14 de março , que era de 17,7 mil. Depois disso, o país passou por um período agressivo da epidemia.

Os dados oficiais apontam que o número de mortes totais do país é de 34.678, sendo que 34 são novos óbitos. Cerca de 186,7 mil pessoas se recuperaram da doença; 614 destes foram registrados atualmente.

A ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do país atualmente está em 103 pacientes. Na última quarta-feira,eram 99 pacientes.

Fonte: IG Mundo

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Internacional

Facebook quer auditoria externa sobre relatório de revisão de conteúdo

Publicado


.

O Facebook convidará especialistas externos para auditar de forma independente seu relatório trimestral sobre as métricas usadas para remover conteúdo de sua plataforma, afirmou a rede social nesta terça-feira (11), ao divulgar o sexto relatório.

Introduzido em 2018, o Relatório de Aplicação dos Padrões da Comunidade do Facebook fornece detalhes sobre o conteúdo removido em seus aplicativos por violações de políticas, incluindo violência, suicídio e discurso de ódio.

A empresa disse que dependeu mais da tecnologia de automação para revisar o conteúdo entre abril e junho, já que tinha menos moderadores nos escritórios devido à pandemia da covid-19.

Isso resultou na empresa tomando menos medidas em relação a conteúdo sobre suicídio, automutilação, nudez infantil e exploração sexual em suas plataformas, disse o Facebook em publicação em seu blog.

 

Continue lendo

Internacional

Explosão no Líbano: entenda o antes e o depois do país

Publicado


source
murilo
Divulgação

Explosão do Líbano: o convidado para live será Murilo Bon Meihy, professor de História Contemporânea da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e mestre em Estudos Árabes e Islâmicos

Na próxima quinta-feira (13) às 17h, o iG transmitirá uma entrevista ao vivo sobre a  explosão no Líbano, suas causas e consequências. O entrevistado será Murilo Bon Meihy, professor de História Contemporânea da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e mestre em Estudos Árabes e Islâmicos pela Universidade Autónoma de Madrid. A live acontecerá no Instagram @portal_ig .

Depois da explosão no porto de  Beirute no último dia 4, quando ainda não havia muitas informações ou análises sobre o fato, o professor fez um post no Facebook citando dez fatores que geraram a tragédia. 

10 culpados pela explosão no porto de Beirute, no Líbano. 1. O Líbano vive uma crise econômica sem precedentes:…

Posted by Murilo Bon Meihy on  Tuesday, August 4, 2020


Fonte: IG Mundo

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana