conecte-se conosco


Tecnologia

iPhone 13 passa a ser fabricado no Brasil, mas sem aliviar no preço

Publicado

source
iPhone 13 começa a ser fabricado no Brasil
Divulgação/Apple

iPhone 13 começa a ser fabricado no Brasil

O iPhone 13 começou a ser produzido no Brasil meses após a sua estreia no comércio nacional. Nesta quarta-feira (27), um brasileiro adquiriu uma unidade do celular da Apple montada em Jundiaí (SP), pela Foxconn. Mas, apesar da fabricação nacional, o smartphone continua com o mesmo preço sugerido: a partir de R$ 7.599.

A descoberta foi reportada pelo Twitter. Em seu perfil, João Menicucci afirmou que comprou um iPhone 13 (A2633) identificado pelo modelo MLPF3BR/A. A caixa, que foi apresentada em uma foto publicada no mesmo tweet, trazia a tradicional indicação: “Designed by Apple in California. Assembled in Brazil”.

A inscrição é similar ao que aparece na parte de trás do meu iPhone XR nacional, adquirido em 2019: “Designed by Apple in California. Indústria brasileira”. O iPhone 11 também começou a ser montado no Brasil em 2020. Agora é a vez da nova geração – mas não são todos os modelos que serão fabricados no Brasil.

iPhone 13 começa a ser montado em Jundiaí (SP)

É o que mostra uma análise feita pelo MagMagazine. Conforme lembra o site, os certificados de conformidade técnica dos celulares lançados no fim do ano passado apontavam apenas unidades fabris na China. Os documentos foram apresentados durante a homologação da linha, no fim de setembro de 2021.

Leia Também

A Anatel, no entanto, atualizou os documentos do sucessor do iPhone 12 recentemente. Depois de três revisões, a fábrica da Foxconn de Jundiaí, que fica no estado de São Paulo, foi incluída na lista de unidade fabris em 24 de janeiro de 2022. Mas esta mudança só aconteceu na variante convencional. Ou seja, os modelos Mini, Pro e Pro Max ainda não são fabricados no Brasil.

Apesar da produção nacional, preços continuam iguais

A fabricação no Brasil tende a facilitar muitos processos. Mas, apesar da produção nacional, a Apple não alterou o preço sugerido do celular. Na loja da marca, o celular continua com os mesmos valores anunciados em 2021: entre R$ 7.599 e R$ 10.599.

Atualmente, os celulares podem ser encontrados com valores mais acessíveis no varejo.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tecnologia

Gmail adota como padrão novo visual com Meet e Espaços integrados

Publicado

Gmail começa a adotar novo visual como padrão
Unsplash/Solen Feyissa

Gmail começa a adotar novo visual como padrão

O visual do Gmail vai mudar para todos os usuários em breve. Desde a última terça-feira (28), o Google começou a liberar como padrão o novo design da plataforma de e-mails. Com foco na integração entre Mail, Chat, Espaços e Meet, a interface atualizada deve entrar em vigor de forma definitiva até o final de julho.

Em fevereiro, o  Google lançou o novo visual do Gmail para contas pessoais, porém o layout estava em fase de testes e precisava ser ativado pelos usuários. Quem não quisesse experimentar a interface integrada podia escolher continuar no design antigo.

Agora, o Google está se preparando para reformular o Gmail de maneira definitiva. No blog oficial do Google Workspace, a empresa anunciou que uma parcela de usuários vai passar a ver a nova interface da plataforma como padrão. Entretanto, ainda haverá uma opção para reverter o layout a qualquer momento.

A implementação começou em 28 de junho e deve durar por mais de 15 dias. Após esse período, a empresa pretende aposentar de vez o visual atual do Gmail, dando espaço às novas funções do serviço.

Novo Gmail integra apps do Google Workspace

A ideia do novo layout do Gmail é oferecer uma visualização integrada de aplicativos do Google Workspace, como Mail, Chat, Espaços e Meet. Nele, os serviços ficam localizados em uma barra lateral no canto esquerdo da tela.

Com isso, não é preciso mudar de aba ou janela para acessar outras plataformas do Google Workspace. As bolhas de notificação também irão ficar visíveis em cima dos seus respectivos aplicativos, mantendo as informações concentradas em uma única aba no navegador.

No futuro, o Google ainda pretende unificar a ferramenta de busca para mostrar resultados em todos os aplicativos ao mesmo tempo. Caso o usuário não queira utilizar as demais plataformas do Google Workspace, será possível remover todos os serviços e manter somente o Gmail.

Por enquanto, o novo layout do Gmail está disponível para usuários de contas Google pessoais, assim como do Google Workspace, com exceção do plano Google Workspace Essentials.

O Google prometeu lançar o redesign até o final de junho. Porém, como as novidades ainda estão em fase de testes, a estreia deve ser adiada por mais algum tempo.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Continue lendo

Tecnologia

Computador aprende sozinho a jogar Minecraft ao assistir vídeos

Publicado

Minecraft foi escolhido para teste por ser jogo 'genérico'
Reprodução

Minecraft foi escolhido para teste por ser jogo ‘genérico’

Pesquisadores da OpenAI conseguiram fazer com que um computador aprendesse a jogar Minecraft ao assistir vídeos de outros jogadores publicados na internet. A tecnologia, chamada de Video PreTraining (VPT), treinou uma rede neural para executar a função.

Para cumprir a tarefa, os pesquisadores reuniram um conjunto de dados que incluía vídeos e também as ações realizadas por trás das imagens, como toques em teclas e cliques no mouse. Em seguida, a rede neural foi treinada com essas informações, conseguindo prever qual ação deveria ser feita para executar cada função.

O resultado foi bastante surpreendente. Depois de assistir a 70 mil horas de vídeos, o sistema aprendeu a executar várias tarefas em Minecraft, inclusive algumas bastante complexas. “Ele aprendeu a derrubar árvores para coletar troncos, transformar esses troncos em tábuas e, em seguida, criar essas tábuas em uma mesa de trabalho; esta sequência leva um humano proficiente em Minecraft aproximadamente 50 segundos ou 1.000 ações consecutivas do jogo”, relatam os pesquisadores.

De acordo com os cientistas, os resultados podem ser expandidos para outras áreas do conhecimento, já que o jogo Minecraft “é muito aberto e a interface humana nativa (mouse e teclado) é muito genérica”.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana