conecte-se conosco


Mato Grosso

Ipem constata irregularidades em comércios de fios e cabos de Cuiabá e Várzea Grande

Publicado


O Instituto de Pesos e Medidas de Mato Grosso (Ipem-MT) está realizando a fiscalização de fios e cabos em estabelecimentos que comercializam os produtos, em Cuiabá e Várzea Grande. A operação “Energia Segura”, realizada em nível nacional, teve início na segunda-feira (29.11) e se estende até esta sexta-feira (03.12). 

Desde que começou a operação, oito locais já foram vistoriados. Desse total, foram constatadas irregularidades em seis comércios. Nos quatro dias de operação, foram apreendidos cerca de 20 mil metros de fios e cabos irregulares.

De acordo com o presidente do Ipem, Bento Bezerra, os ensaios feitos nos produtos têm o intuito conferir a resistência do fio e se estão de acordo com a norma do Inmetro.

“Em geral, as irregularidades se referem à quantidade de cobre que consta na embalagem do produto não ser a encontrada durante o ensaio, normalmente tem estipulado um percentual de cobre e ele é menor que o descrito. O que quer dizer que o consumidor paga por um produto e leva outro menos eficaz e inseguro”.

A ação fiscalizatória conta com o apoio da Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decon) e Secretaria Adjunta de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon-MT). O objetivo é fazer a fiscalização técnica da venda de fios e cabos elétricos para garantir a eficácia dos materiais e a segurança do consumidor quem os levar para casa.

A verificação dos produtos é feita no momento em que ocorre a fiscalização, com o uso de dois microhmímetros (equipamento que avalia a resistência elétrica dos condutores), que possibilitam a identificação de fraudes por meio do ensaio dos produtos. Os equipamentos auxiliam os fiscais nas medições das resistências nos fios ensaiados, seguindo a Norma 280 do Inmetro.

Os materiais que apresentam irregulares acima de 10% são apreendidos durante a fiscalização, bem como as marcas e lotes considerados fora dos padrões legais.

Durante a operação, o Ipem também coletou amostras de fios cobreados indicados para indústrias de automóveis e eletrodomésticos, que são vendidos como produtos para instalação elétrica comum. Após a testagem dos produtos recolhidos, o laudo técnico será entregue à Decon para tomar as providências de defesa do consumidor.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Governador: “É mais uma obra da Copa que consertamos e entregamos em condições adequadas para a população”

Publicado


O governador Mauro Mendes afirmou que a parte interna da Trincheira Jurumirim, em Cuiabá, é mais uma das obras da Copa de 2014 que o Governo do Estado consertou e entregou “em condições adequadas para a população”. 

A entrega da trincheira Jurumirum, batizada de Complexo Viário Engenheiro José Luiz Borges Garcia, foi feita na manhã desta sexta-feira (28.01). Na ocasião, o trânsito foi liberado em definitivo. 

Para recuperar a obra, projetada para a Copa do Mundo de 2014 e nunca entregue oficialmente, o Estado investiu R$ 14 milhões em recursos próprios. Foram realizados serviços de drenagem, impermeabilização, pavimentação e recomposição da iluminação.

“Existem ainda alguns serviços a serem executados na parte superior, mas precisamos primeiro liberar essa parte inferior. Essa é mais uma obra da Copa que consertamos e entregamos em condições adequadas para a população. Essas trincheiras ao longo da Miguel Sutil são entroncamentos que quando feitos só pela parte superior, causam um transtorno muito grande. Então liberar essa parte inferior em boas condições colabora muito para a logística urbana de Cuiabá e Várzea Grande”, relatou.

Mauro Mendes registrou que o Governo do Estado assumiu a obra com uma série de problemas estruturais vindos de gestões passadas. 

“Essa obra tinha muitos vícios. Fizemos um trabalho para corrigir todos os erros de construção e de engenharia que ocorreram. O pavimento estava comprometido, tinha risco até de desmoronamento e a drenagem falhou. Nós acionamos a construtora, e é uma briga jurídica que vai acontecer, mas a população não pode pagar o pato, por isso recuperamos e entregamos agora essa obra”, frisou.

O governador ainda lembrou que a atual gestão tem resolvido e concluído diversas obras “herdadas” da Copa

“Temos uma intervenção programada para a Avenida Arquimedes Pereira Lima, estamos licitando essa obra, que era de difícil solução, mas encontramos o caminho. Terminamos a Avenida Oito de Abril, e a última delas é o COT do Pari, que já está acordado que será um Centro de Treinamento das Forças de Segurança. Com isso, podemos sepultar parte dessa história das obras da Copa, que não orgulha a nenhum de nós”, finalizou.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Seduc publica edital para inscrição de alfabetizadores do Programa Mais MT Muxirum

Publicado


A Secretaria Estadual de Educação (Seduc) publicou no Diário Oficial do Estado desta sexta-feira (28.01) o edital  01/22 que dispõe sobre o processo de indicação de coordenadores locais, inscrições para alfabetizadores e estabelece normas relativas ao funcionamento do Programa Mais MT Muxirum para o ano de 2022.

Com o objetivo de erradicar o analfabetismo nos próximos cinco anos, o programa foi lançado pelo Governo de Mato Grosso no ano passado e conta com recursos do programa Mais MT.  As ações são desenvolvidas por meio do regime de colaboração entre Estado e municípios.

“Neste ano queremos atingir a meta de ter 30 mil mato-grossenses alfabetizados. O governo vai disponibilizar todos os recursos necessários para que isso possa acontecer, além de contratar cerca de 2,6 mil professores para o programa”, destacou o governador Mauro Mendes.  

São 95 municípios em parceria com o Estado que vão indicar os coordenadores locais, no período de 14 a 18 de fevereiro de 2022. Na segunda fase, entre 22 a 25 de fevereiro, será aberta a inscrição para os alfabetizadores. A seleção dos professores será feita após entrevista agendada pelas secretarias municipais de educação e coordenadores locais. 

O resultado do seletivo de alfabetizadores deverá ser divulgado no dia 1º de março pelas secretarias municipais de Educação e Diretorias Regionais de Educação (DREs). Os alfabetizadores terão carga horária de 12 horas semanais, conforme o horário de atendimento planejado pelos coordenadores locais.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana