conecte-se conosco


Tecnologia

iOS 16 vai finalmente dividir mensagens entre linhas telefônicas

Publicado

source
Mensagens poderão ser melhor organizadas
Reprodução/Apple

Mensagens poderão ser melhor organizadas

Com a chegada da nova fase beta do iOS 16 , a Apple anunciou novidades para seu sistema operacional mobile. Uma delas é a tão aguardada funcionalidade de filtragem de SMS por linha telefônica no iPhone. Além disso, há doze novas subcategorias para melhor organizar mensagens recebidas de números desconhecidos nas categorias de Transação e Promoção.

Conforme revelado pela Apple nas notas de lançamento do iOS 16 beta 2, aqueles com acesso ao sistema operacional já podem filtrar suas mensagens com base em cada linha telefônica presente no aparelho. Isso significa que usuários de iPhones que comportam dois chips vão poder visualizar separadamente os SMS recebidos em cada um dos cartões SIM.

O que há de novo no app Mensagens no iOS 16

Há novas opções de organização no aplicativo Mensagens. Os usuários vão poder selecionar “Todas as linhas” para exibir todas as mensagens recebidas no aparelho. É possível também selecionar cada número de celular para visualizar somente os SMS recebidos pelo SIM principal ou secundário.

Na nova versão beta do iOS 16, há também doze novas subcategorias no app Mensagens. Com elas, é possível organizar melhor todos os SMS recebidos de números desconhecidos nas categorias de Transação e Promoção.

Outra novidade é que, para algumas operadoras de telefonia dos Estados Unidos, o beta 2 do iOS 16 amplia a função de denunciar mensagens. Assim, os usuários vão poder reportar SMS recebidos como spam, por exemplo, diretamente às operadoras. No entanto, ainda não sabemos se esse recurso chegará ao Brasil.

Há ainda mais uma nova função, mas somente para usuários da Índia. Na fase beta 2 do iOS 16, o app Mensagens do iPhone passa a extrair eventos dos SMS recebidos. Isso significa que mensagens recebidas referentes a eventos e compromissos pode ser apresentadas no calendário e como sugestões da Siri.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Tecnologia

Xiaomi Mix Fold 2 pode trazer design do Z Fold 3 e câmeras Leica

Publicado

Xiaomi Mix Fold 2 será o sucessor do Mi Mix Fold, visto na imagem
Divulgação/Xiaomi

Xiaomi Mix Fold 2 será o sucessor do Mi Mix Fold, visto na imagem

A Xiaomi está se preparando para oficializar o Mix Fold 2, seu novo smartphone dobrável.  A fabricante chinesa confirmou que o aparelho será apresentado ao público nesta quinta-feira (11). O modelo, que chegará como sucessor natural do Mi Mix Fold, lançado em 2021, pode trazer especificações de ponta, incluindo câmeras com otimizações da Leica, 12 GB de RAM e processador Snapdragon 8+ Gen 1.

Em sua conta no Weibo, uma espécie de Twitter da China, a Xiaomi divulgou uma imagem do que parece ser a dobradiça metálica do smartphone.

O pôster não revela muitas informações, exceto que a empresa adotará câmeras com tecnologias da Leica e que, possivelmente, teremos um design semelhante ao do Galaxy Z Fold 3, com um dispositivo que se dobra para dentro.

O que esperar do Mix Fold 2

O novo dobrável da Xiaomi pode trazer uma tela externa AMOLED de 6,5 polegadas com resolução de 2520×1080 pixels, enquanto o display interno deve somar 8 polegadas — ambos com taxa de atualização de 120 Hz.

Por dentro, espera-se um processador Snapdragon 8+ Gen 1, aliado a 12 GB de RAM e 512 GB ou 1 TB de armazenamento interno.

Na traseira, a fabricante chinesa pode inserir três câmeras, sendo a principal Sony IMX766 de 50 megapixels com suporte à estabilização óptica de imagem, a secundária ultrawide de 13 megapixels e a terciária telefoto (resolução desconhecida) com zoom óptico de 2x.

Não há informações sobre a capacidade da bateria, mas considerando que o modelo anterior trouxe 5.020 mAh, a tendência é que a Xiaomi mantenha ou aumente esse valor. O carregamento rápido, por outro lado, deve ficar nos 67 watts de potência.


Fonte: IG TECNOLOGIA

Continue lendo

Tecnologia

Twitter diz que Michelle Bolsonaro não foi banida, mas sim um fake

Publicado

Conta que se passava por Michelle Bolsonaro foi suspensa
Isac Nóbrega/PR – 28.07.2022

Conta que se passava por Michelle Bolsonaro foi suspensa

O Twitter suspendeu nesta terça-feira (9) uma conta associada à primeira-dama do Brasil, Michelle Bolsonaro, por identidade enganosa. “A referida conta (@mibolsonaro) foi suspensa por violar a Política de identidades enganosas e que induzem ao erro”, afirmou a rede social em nota ao portal iG.

A suspensão veio à tona no mesmo dia em que Michelle  usou seu perfil no Instagram para atacar religiões de matrizes africana  como o Candomblé. Diante disso, começou a circular nas redes sociais o boato de que a primeira-dama teria sido banida do Twitter por intolerância religiosa. Na verdade, a conta suspensa foi a de alguém que se passava por ela.

Michelle ataca Lula e religiões africanas

Nos Stories do Instagram, Michelle publicou nesta terça-feira um vídeo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) recebendo um banho de pipoca. A gravação foi feita no ano passado em um evento que ocorreu na Assembleia Legislativa da Bahia, em Salvador.

Ao compartilhar o vídeo, Michelle escreveu: “Isso pode, né! Eu falar de Deus, não”. A publicação original foi feita por Sonaira Fernandes, vereadora de São Paulo, e tem a seguinte legenda: “Lula já entregou sua alma para vencer essa eleição. Não lutamos contra a carne nem o sangue, mas contra os principados e potestades das trevas. O cristão tem que ter a coragem de falar de política hoje, para não ser proibido de falar de Jesus amanhã”.

Fonte: IG TECNOLOGIA

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana