conecte-se conosco


Política MT

Investimentos da gestão Mauro Mendes em Cuiabá somam mais de R$ 1,7 bilhão em três anos

Publicado

Recursos envolvem construção de dois hospitais, obras de infraestrutura e logística, ações sociais e melhorias na educação e segurança pública

O Governo de Mato Grosso já investiu mais de R$ 1,7 bilhão no município de Cuiabá nos últimos três anos. Os recursos foram aplicados para melhorias na qualidade de vida da população.

Além de melhorias na infraestrutura, saúde e educação, o Estado constrói o Parque Novo Mato Grosso, com investimento previsto de R$ 300 milhões. O espaço, localizado em uma área de 300 hectares, contará com espaço para shows e eventos para mais de 100 mil pessoas, além de autódromo, kartódromo, pistas de caminhada, motocross, skate, ciclismo, bicicross, e cujas obras estão em andamento.

Dentre outras grandes obras também executadas pelo Governo em Cuiabá a retomada das construções dos Hospital Universitário Júlio Muller e Hospital Central do Estado. O investimento é de R$ 207,4 milhões e R$ 128,6 milhões, respectivamente.

O Estado também promoveu a reforma do Cermac, do Hemocentro e do Lacen. Assim como a construção do Centro Logístico de Abastecimento e Distribuição (R$ 45,9 milhões) e do Centro de Atenção Psicossocial Infantil (R$ 7,8 milhões), que estão em obras, a retomada da reforma do CIAPS Adauto Botelho, que já foi contratada com investimento de R$ 15,2 milhões.

Ao todo, os investimentos do Estado na saúde em Cuiabá somam mais de R$ 500 milhões.

Infraestrutura

Já na área de infraestrutura, as principais obras somam mais de R$ 695 milhões. Desse valor, R$ 214,6 milhões são empregados para a implantação e restauração do Rodoanel (contorno norte), e da sinalização de diversas rodovias estaduais.

Também foram investidos R$ 106,5 milhões para a duplicação de trechos da MT-010, próximo ao rodoanel, MT-040 (que liga Cuiabá e Santo Antônio do Leverger) e da MT-251 (Estrada para Chapada dos Guimarães).

Outra obra que vai auxiliar na mobilidade da Capital é a construção da ponte que ligará Cuiabá e Várzea Grande pelo Parque Atalaia. Ao todo, o complexo viário recebe R$ 64,1 milhões e já está em fase de conclusão.

A Secretaria de Infraestrutura e Logística (Sinfra) também recuperou o asfalto da Trincheira da Jurumirim e finaliza os reparos na Arquimedes Pereira Lima – importantes vias de trânsito em Cuiabá.

Com recursos do governo estadual, também foram executadas obras de restauração e implantação de asfalto novo em diversos bairros, assim como a substituição da iluminação pública por lâmpadas de LED na MT-010 e MT-251.

Nesta quarta-feira (29), o governador Mauro Mendes ainda autoriza mais R$ 54,6 milhões em convênios para asfaltamento de 11 bairros de Cuiabá, e assina a ordem de contrato para execução da obra de 28 quilômetros de gasoduto no Distrito Industrial, com investimento de R$ 30 milhões.

Educação

Uma das áreas prioritárias da gestão, a educação de Cuiabá recebeu R$ 236,5 milhões. Parte dos recursos, R$ 71,6 milhões, foi empregada para reparos e manutenção em diversas escolas estaduais. Outros R$ 52 milhões estão destinados à reforma e ampliação das Escolas Estaduais Raimundo Pinheiro, Ulisses Cuiabano, Profª Almira de Amorim Silva, Aureolina Eustacia Ribeiro, Dom José do Despraiado, Ana Maria do Couto, e Heliodoro Capistrano da Silva. A autorização para licitação será assinada pelo governador nesta quarta-feira.

Também são executados R$ 11,7 milhões em reformas nas Escolas Estaduais Alina do Nascimento Tocantins, Alcebiades Calhão, Dr. Hélio Palma de Arruda, Pascoal Moreira Cabral, Eliane Digigov Santana, Antônio Epaminondas, João Brienne de Camargo, Djalma Ferreira de Souza, Mariana Luiza Moreira e Manoel Cavalcanti Proença.

Apenas em móveis e equipamentos, a fim de garantir a modernização e melhor infraestrutura nas escolas, o Estado investiu R$ 15,1 milhões. Além disso, foram empregados R$ 8,7 milhões para a compra de mais de 3,5 mil chromebooks para os estudantes da rede estadual, e repassados mais de R$ 10,1 milhões para professores comparem notebooks e custearem o serviço de internet durante a pandemia da covid-19.

Já para a construção da Escola Técnica Estadual de Cuiabá, inaugurada no mês de março deste ano, foram empregados R$ 16 milhões.

Mais investimentos

A área da segurança pública recebeu R$ 153 milhões para a construção de novos raios na Penitenciária Central do Estado, compra de fardamentos, munições e armas, e de viaturas para o Corpo de Bombeiros. O recurso ainda envolve equipamentos para a Polícia Oficial e Identificação Técnica, investimentos em delegacias da Polícia Civil, como a nova Delegacia da Mulher, e reformas no Centro de Atendimento Socioeducativo Masculino (Pomeri), do Centro de Custódia, do Rede Cidadã e da Penitenciária Feminina Ana Maria do Couto May.

Já a área social investiu mais de R$ 39 milhões em Cuiabá, com a distribuição de 288,5 mil cestas básicas, 78,5 mil cobertores, 2,5 milhões de refeições pelo Restaurante Prato Popular, e transferência de renda para 5.535 famílias vulneráveis da Capital.

O Governo também determinou a construção de 60 casas populares para idosos, com investimento de R$ 8 milhões, e oferta vagas em cursos de qualificação para os beneficiários dos programas sociais. Já a realização do Casamento Abençoado recebeu R$ 115 mil de investimento.

Os pequenos comerciantes da Capital também foram contemplados com R$ 17 milhões em créditos liberados pela agência de fomento Desenvolve MT. Da mesma forma, o Estado fomentou a agricultura familiar de Cuiabá, com investimento de R$ 7,6 milhões para compra de máquinas e equipamentos.

Confira os demais investimentos do Governo de Mato Grosso aqui.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Política MT

Senador ironiza Emanuel por lançar esposa ao governo e filho à reeleição: “É muita coragem para um homem só”

Publicado

Jaime Campos lembra que prefeito de Cuiabá adotou postura parecida nas eleições de 2020

“Eu acho que o Emanuel foi muito corajoso. Ele é prefeito da capital, o filho é deputado federal e lança a esposa como candidata a governadora? Vamos respeitar, é muita coragem por um homem só”. A declaração com leve tom de ironia foi dada na manhã desta terça-feira (9) pelo senador Jaime Campos (União Brasil) à rádio CBN Cuiabá, devido o fato do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB) decidir articular politicamente a candidatura da primeira-dama de Cuiabá, Márcia Pinhero (PV) ao governo do Estado, mesmo tendo o filho Emanuelzinho (MDB) como candidato à reeleição à Câmara Federal.

“Não sei avaliar se é coragem ou vaidade. Isso extrapola qualquer capacidade de raciocínio de um cidadão em sã consciência, eu não tô entendendo [essa decisão de Emanuel]. Mas de qualquer forma, tem que respeitar. A decisão é dele. Ele é uma pessoa madura, tem capacidade de fazer o que acha melhor. Sobretudo porque envolve a família dele, é a esposa dele e o filho dele também”, completou o senador.

Jaime lembrou que o fato não é inédito e que em 2020, o emedebista lançou o filho na disputa pela prefeitura de Várzea Grande, mesmo ele sendo candidato à reeleição em Cuiabá.  “O Emanuel, com todo respeito que tenho por ele. É meu amigo pessoal, mas há menos de dois anos, ele lançou candidatura à reeleição em Cuiabá e atravessou a ponte, foi para Várzea Grande e lançou o deputado federal Emanuelzinho, filho dele, a prefeito. Então, de lá pra cá, eu já estou vacinado. Ele é corajoso. Como é que o cidadão que disputar a reeleição em Cuiabá e lançar o filho em Várzea Grande?, questionou”.

Márcia Pinheiro foi oficializada candidata a governadora na noite da última sexta-feira e terá além do seu partido, o PV, apoio do PT, PCdoB, PP e PSD. Para Jaime, o fato de Mauro Mendes ser o favorito na disputa ao governo, e de ela ser confirmada na disputa apenas no dia da convenção, não vai atrapalhar de apresentar o nome para a população e lembrou do poder de articulação de Emanuel Pinheiro em reverter situações políticas adversas, como em 2020, o que seria favorável na campanha da esposa.

“Eu espero que ela possa ter um bom desempenho, levar uma boa proposta para que a população possa avaliar ela e os demais candidatos também. O Emanuel é valente, temos que respeitar. Em 2020 ele vinha de uma campanha difícil e foi reeleito prefeito de Cuiabá .A derrota dele era quase um fato consumado e ele foi lá, e quando ninguém apostava nem uma moedinha, venceu a eleição. Isso serve de alerta. Ninguém deve subestimar ninguém em eleição”.

 

Continue lendo

Política MT

Após dobradinha com Mauro, Wellington ‘fecha’ apoio com a maioria dos prefeitos do MDB para o Senado

Publicado

O senador Wellington Fagundes ao lado do ex-secretário Mauro Carvalho (esquerda) e do prefeito Léo Bortolin: apoio de 80% dos prefeitos da legenda

A maioria dos prefeitos do MDB decidiu apoiar a reeleição do senador Wellington Fagundes (PL). A dobradinha com o governador Mauro Mendes (União Brasil) por mais quatro anos no comando do Palácio Paiaguás também encontra eco junto aos prefeitos emedebistas.

A afirmação é do prefeito de Primavera do Leste, Léo Bortolin. Segundo ele, apesar do MDB ter definido pela independência dos correligionários, ele e a maioria dos prefeitos decidiram não mexer “no time que já está ganhando e fazendo o melhor pelo Estado”.

“Cerca de 80% dos prefeitos do MDB que estão juntos nesta campanha, ao lado do presidente Bolsonaro, do governador Mauro Mendes e do senador Wellington. O MDB e o PL estão caminhando juntos. A convenção do MDB liberou os prefeitos e os correligionários para escolherem qual caminho seguir pelo Senado. Mas a maioria já confirmou e vai estar ao lado de Wellington Fagundes. Cerca de 20 prefeitos já estão juntos com Wellington”, Bortolin.

O prefeito de Várzea Grande Kalil Baracat também é um apoiadores da reeleição de Wellington. “É um senador que tem serviços prestados a Várzea Grande e a Mato Grosso e veja que através das emendas e esforços do senador Wellington Fagundes conseguimos ampliar nossa malha asfáltica levando pavimento para diversos bairros e retomar as obras do Instituto Federal de Mato Grosso, o IFMT e também da Universidade Federal de Mato Grosso”, disse Kalil.

“Mas considero como mais importante são os recursos que estão ajudando na solução do problema crônico do desabastecimento de água em Várzea Grande que será solucionado até 2024 com as obras que estão em execução e com aquelas que ainda serão realizadas”.

Kalil afirmou que a boa relação dele com os membros da bancada federal, estadual e com o governador Mauro Mendes, coloca a gestão de Várzea Grande em destaque e como resolutiva visando uma melhor qualidade de vida para as pessoas.

Entre os prefeitos do MDB que já declararam apoio publicamente a Wellington Fagundes estão Dr. Mariano (Água Boa), Adair José Alves de Moura (Alto Paraguai), Osmar Froner (Chapada dos Guimarães), Parassu de Souza Freitas (Luciara), Vanderlei de Abreu (Porto dos Gaúchos), José Guedes de Souza (Rondolândia), André (Vila Bela da Santíssima Trindade.

 

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana