conecte-se conosco


Policial

Investigado por estupro de vulnerável ocorrido há 3 anos em MT é preso no interior do Paraná

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT 

Um homem de 34 anos, investigado pela Polícia Civil por estupro de vulnerável ocorrido em Sinop, há três anos, foi preso nesta quarta-feira (19.01), no interior do Paraná.

Após nformações repassadas pela Delegacia Especializada de Defesa da Mulher, Criança e Idoso de Sinop sobre o paradeiro do foragido, a Polícia Militar de Matelândia, cidade na região de Foz do Iguaçú, cumpriu o mandado de prisão contra o homem procurado pela Justiça de Mato Grosso.

L.S. era procurado desde 2018 peloc rime cometido contra sua enteada, que atualmente tem 12 anos. Depois da decretação da prisão pela Comarca de Sinop, ele ficou foragido até que a Polícia Civil conseguiu descobrir o paradeiro dele na cidade do interior paranaense.

Depois da prisão, ele foi encaminhado à Delegacia da Polícia Civil de Matelândia e aguardará a autorização para recambiamento a Mato Grosso.

Outra prisão

Na última semana, outro homem investigado por estupro de vulnerável foi preso pela Polícia Civil em Sinop. V.G., de 47 anos, teve a prisão decretada pela 2a Vara Criminal do município após investigação realizada pela Delegacia da Mulher, Criança e Idoso pelos crimes de estupro de vulnerável e ameaça.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Policial

Grupo que faturou R$ 350 milhões com tráfico e lavou dinheiro em postos é alvo da PF

Publicado

São cumpridos oito mandados de prisão em Cuiabá, Várzea Grande, Mirassol D’Oeste, Poconé e Pontes e Lacerda [Foto -Polícia Federal]

A Polícia Federal deflagrou, nesta segunda-feira (16), nos municípios de Cuiabá, Várzea Grande, Mirassol D’Oeste, Poconé e Pontes e Lacerda, a “Operação Jumbo”, onde foram expedidos pela 7ª Vara Criminal de Cuiabá-MT, 8 mandados de prisão preventiva,  29 mandados de busca e apreensão, além do sequestro de diversos bens.

A investigação da Polícia Federal evidenciou uma grande organização criminosa voltada ao tráfico de drogas e lavagem de dinheiro, que movimentou a quantia aproximada de R$ 350 milhões  num período de 4 anos.

Foi apurado, também, que a organização criminosa adquiria a cocaína no município de Porto Esperidião/MT, acondicionava em Mirassol D`Oeste, para, depois, distribuí-la em Cuiabá.

No decorrer da investigação, com o apoio da do setor de inteligência da Polícia Militar e do Gefron, foi possível interceptar 2 carregamentos de drogas, totalizando 210 quilos de cocaína.

Além disso, a investigação apontou que a organização criminosa utilizava postos de combustíveis em Cuiabá-MT para a lavagem de dinheiro decorrente do tráfico de drogas.

As investigações e diligências contra o tráfico de drogas continuam, com especial atenção à prisão das lideranças e descapitalização de organizações criminosas.

 

 

 

 

 

Continue lendo

Policial

Polícia Civil prende em flagrante autor de homicídio de mulher ocorrido em Cotriguaçu

Publicado

O autor de um homicídio qualificado foi preso em flagrante pela Polícia Civil, na tarde deste domingo (15.05), em Colniza, quando tentava fugir para o estado de Rondônia após cometer o crime que vitimou uma mulher, em Cotriguaçu.

O homicídio ocorreu na madrugada deste domingo, no distrito de Nova União, município de Cotriguaçu. Lindalva do Nascimento, 45 anos, foi encontrada morta dentro de sua residência. Ela tinha diversas perfurações causadas por arma cortante.

Na manhã de domingo, a Polícia Militar foi comunicada por um morador do distrito que foi até a casa da vítima levar uma encomenda que ela havia feito. Ao chegar à casa, ele viu marcas de sangue e imediatamente chamou a polícia.

A equipe da Delegacia da Polícia Civil de Cotriguaçu foi para o local e iniciou a coleta de informações para esclarecer o crime. A vítima foi encontrada em cima da cama e pelos vestígios no local, ela foi atingida entre a sala e a cozinha e foi arrastada até o quarto. O corpo estava com uma toalha enrolada e diversas  perfurações no pescoço.

A vítima e o suspeito foram vistos mais cedo em um estabelecimento comercia. Durante as diligências, os policiais civis foram informados de que o suspeito fugiu de motocicleta para a cidade de Colniza e de lá iria para Ji-Paraná, em Rondônia.

A Delegacia de Colniza foi acionada e a equipe seguiu em buscas e checou que neste domingo não tinha nenhum ônibus com destino ao estado vizinho. A procura pelo suspeito continuou e ele foi encontrado na casa da avó, onde já estava embarcando no veículo de um conhecido para fugir.

O delegado Bruno França deu voz de prisão e o suspeito foi conduzido para a delegacia de Colniza onde foi autuado em flagrante.

O crime terá inquérito instaurado pela Delegacia de Cotriguaçu, que investigará a motivação e circunstâncias do homicídio.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana