conecte-se conosco


Policial

Investigação resulta na prisão de envolvidos em homicídio e tentativas de homicídio em Sapezal

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

Três envolvidos em um homicídio e três tentativas de homicídio ocorridas no mês de novembro do ano passado, em Sapezal, foram presos após investigações da Polícia Civil do município para esclarecer os crimes.

Com base no material coletado nas investigações, exames periciais, oitivas e outros elementos informativos, o delegado Heberth Hugo Montenegro representou à Justiça pelas prisões após identificação dos suspeitos do crime.

Um dos envolvidos, E.C.E., de 25 anos, foi preso nesta quarta-feira (03.03), em Sapezal. Com apoio da Delegacia de Campos de Júlio, outro dos investigados, M.G.N.F.,de 20 anos, foi detido na cidade.

Já para prender o terceiro envolvido nos crimes, a Delegacia de Sapezal contou com apoio da polícia alagoana, que cumpriu o mandado de prisão do suspeito em Maceió.

Com as investigações em andamento, os policiais civis chegaram à identificação dos envolvidos nos crimes que vitimaram quatro pessoas, dois homens e duas mulheres. Todas foram socorridas ao hospital Santa Marcelina, em Sapezal, mas Jorge Valdo Coelho de Macedo, 34 anos, não resistiu aos ferimentos.

Crime

Na madrugada do dia 30 de novembro, a Delegacia da Polícia Civil foi acionada pela Polícia Militar sobre uma ocorrência com disparos de arma de fogo em um bar, no bairro Águas Claras. No local, os policiais apuraram que as vítimas já haviam sido socorridas ao hospital, pelo Samu.

Testemunhas informaram que viram um veículo na cor preta parar em frente ao bar e dois homens, utilizando capuzes, desceram atirando na direção de Jorge Valdo e das outras três vítimas (um homem de 41 anos e duas mulheres de 27 e 28 anos).

Durante as diligências no local do crime, os investigadores foram informados de que uma das vítimas havia morrido no hospital.  

Um dos atingidos teve perfurações no ombro e nas costas e precisou passar por cirurgia. Já as mulheres foram atingidas nos braços.

Motivação

A partir das evidências colhidas durante a investigação, a Polícia Civil constatou que os crimes podem estar relacionados com o tráfico de drogas.

Fonte: PJC MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Policial

Polícia Civil instaura investigação preliminar para apurar condições de atendimento ao idoso durante vacinação em Cuiabá

Publicado


Assessoria/Polícia Civil-MT

A Polícia Civil, através da Delegacia Especializada de Delitos Contra a Pessoa Idosa (DEDCPI), abrirá um Auto de Investigação de Preliminar (AIP) para apurar as condições de atendimento aplicadas aos idosos que compareceram para vacinação contra a covid-19 no Sesc Balneário, em Cuiabá.

A equipe da DEDCPI recebeu informações que no ponto de vacinação, os idosos estavam enfrentando problemas nas condições de atendimento até chegarem ao momento de serem efetivamente vacinados.

Segundo as informações, não era permitida a entrada de veículos no local e os idosos tinham que ficar esperando em uma fila, no sol, do lado de fora, para então embarcarem em um ônibus em que eram levados para triagem. A denúncia aponta que os idosos iam em pé e aglomerados dentro do ônibus, que transportava cerca de 30 pessoas por vez.

Após a triagem, os idosos tinham que novamente embarcar no mesmo ônibus para depois serem levados para o local em que era aplicada a vacina. Os investigadores da Delegacia do Idoso estiveram no local e constataram a veracidade das informações, assim como o descontentamento e indignação das pessoas presentes.

As pessoas com agendamento para a vacinação acreditavam que a vacina seria aplicada no sistema de “Drive-thru”, porém ao chegarem no local não puderem nem entrar com o veículo, havendo apenas a possibilidade de ser conduzido no ônibus junto a terceiros.

O delegado da DEDCPI, Vitor Chab Domingues, disse que abrirá o procedimento para averiguar os fatos e já comunicou o Conselho Municipal do Idoso, assim como também oficiará 34ª Promotoria Civil do Idoso e as Secretarias Municipal e Estadual de Saúde.

“Em relação aos agentes de saúde que aplicaram as vacinas não há reclamações, as vítimas ressaltaram que eles foram bastante educados e atenciosos. As condições que será apurada é em relação ao momento anterior, que os idosos tiveram que enfrentar até o momento em que finalmente fossem vacinados”, disse o delegado.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Policial

Suspeito de tentativa de latrocínio contra segurança de hemocentro é preso em flagrante pela Polícia Civil

Publicado


Raquel Teixeira/Polícia Civil-MT

A equipe da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Rondonópolis (Derf) esclareceu a tentativa de latrocínio ocorrida no final da noite de domingo, no banco de sangue da cidade e prendeu em flagrante nesta segunda-feira (19) um dos envolvidos no crime.

A Polícia Civil foi acionada já no início da madrugada de segunda-feira a uma das seguranças do Hemocentro relatou que estava no horário de repouso no local junto onde trabalha com o outro segurança, quando por volta das 23h do domingo ouviu um barulho e ao sair para ver o que estava ocorrendo se deparou com o colega, de 51 anos, ferido e com lesões na cabeça. Ela acionou o Samu e o segurança foi encaminhado com lesão craniana ao Hospital Regional.

A equipe da DERF apurou que dois suspeitos roubaram alguns objetos e tentaram matar a vítima que trabalhava como segurança no Hemocentro.  

A partir da análise de câmeras de segurança, os policiais civis identificaram os dois envolvidos no crime e coletaram informações de que um deles, C.Q.N., 33 anos, saiu recentemente da Penitenciária de Rondonópolis. A

Com as informações da descrição dos suspeitos, a equipe policial iniciou buscas para localizar os dois. No bairro Santa Marta, os policiais avistaram uma pessoa com as mesmas características e roupas usadas por um dos suspeitos. Um detalhe que chamou a atenção da equipe é a forma do suspeito andar, que em alguns momentos dá uma “puxada” da perna esquerda, sendo esse idêntico à mesma pessoa que aparecia nas câmeras de segurança.

Ao abordá-lo, os investigadores constataram que se tratava de um suspeito do crime, que estava com as mesmas vestimentas usadas no momento do fato e com um celular que depois foi reconhecido como sendo da vítima.

Conduzido à DERF de Rondonópolis, o suspeito confirmou ser ele nas imagens e passou informações sobre seu parceiro na empreitada criminosa. Ele foi autuado por roubo seguido de morte na forma tentada e depois dos procedimentos, encaminhado à Penitenciária Major Eldo de Sá Corrêa.

As diligências da DERF continuam para a localização do segundo suspeito.

Fonte: PJC MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana