conecte-se conosco


Educação

Inep realiza neste domingo últimas provas do Revalida 2022/1

Publicado

A segunda, e última parte, da avaliação prática que o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) realiza para atestar os conhecimentos e habilidades dos médicos formados em faculdades de medicina do exterior que desejam trabalhar no Brasil começou às 16 horas deste domingo (26).

O Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) avalia a competência dos candidatos em cinco áreas da medicina: clínica médica; cirurgia; ginecologia e obstetrícia; pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva).

A primeira etapa do Revalida 2022/1 ocorreu no início de março deste ano e testou os conhecimentos teóricos dos candidatos por meio de questões objetivas e discursivas. Somente os aprovados naquela fase puderam participar da segunda etapa, que começou ontem (25), com a avaliação de habilidades clínicas.

A segunda etapa do Revalida 2022/1 é estruturada em um conjunto de dez estações. Ao longo dos dois dias de exames práticos, os participantes devem percorrê-las realizando tarefas específicas que podem incluir investigação de história clínica, interpretação de exames, formulação de hipóteses diagnósticas, demonstração de procedimentos médicos e aconselhamento de pacientes ou familiares, entre outras.

Aplicado desde 2011, o exame de revalidação dos diplomas médicos obtidos no exterior está ocorrendo em 17 cidades que, segundo o Inep, cobrem todas as regiões brasileiras. O Inep divulgará a versão preliminar do Padrão Esperado de Procedimentos (PEP) na próxima quinta-feira (30). O PEP é como que um gabarito preliminar da segunda fase.

No mesmo dia, começa o período para apresentação de recursos aos resultados. As respostas aos pedidos de análise de procedimentos serão divulgadas no dia 24 de agosto, mesma data em que será conhecido o resultado preliminar da prova de habilidades clínicas.

Edição: Nádia Franco

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Educação

Cadernos de prova do Enem já estão prontos, diz presidente do Inep

Publicado

Os cadernos de provas da edição deste ano do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) já foram montados em ambiente seguro e as mídias digitais já estão prontas para serem enviadas para a gráfica na próxima semana. Quem antecipou as informações foi Carlos Moreno, presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em entrevista para o programa A Voz do Brasil desta sexta-feira (5).

O presidente do Inep lembrou as datas de realização das provas: 13 e 20 de novembro para o público em geral e 10 e 11 de janeiro para a população privada de liberdade.

Novidades

Neste ano, tanto a edição impressa quanto a digital do Enem serão realizadas no mesmo dia. “Com os mesmos itens e com o mesmo tema de redação”. Dentre as novidades nesta edição, está a possibilidade de os candidatos apresentarem documentos digitais no dia das provas, como o e-Título, Carteira Nacional de Habilitação Digital e o RG digital como documentos válidos. No entanto, só serão aceitos documentos apresentados em seus respectivos aplicativos, como o Gov.Br. Imagens de tela não serão aceitas.

Os protocolos contra a covid-19 se mantêm. Entre eles, a alocação dos estudantes nas salas de aula com distanciamento; o uso de máscara por parte dos aplicadores, fiscais e coordenadores e a higienização de ambientes. “Nós recomendamos que cada participante leve o seu próprio kit de proteção”, disse.

Segundo Moreno, o Enem é a principal porta de entrada para o Ensino Superior pois dá acesso a iniciativas como o Fundo de Financiamento da Educação (Fies), o Programa Universidade Para Todos (Prouni), o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e a Lei de Cotas. “O Enem ancora essas políticas públicas já consolidadas”, diz.

Confira a entrevista na íntegra:

Edição: Pedro Ivo de Oliveira

Fonte: EBC Educação

Continue lendo

Educação

Programa Caminho da Escola ganha novas regras

Publicado

O Diário Oficial da União de hoje (5) publica o Decreto 11.162 que traz novas regras para o Programa Caminho da Escola. O projeto visa renovar, padronizar e ampliar a frota de veículos escolares das redes municipal, do Distrito Federal e estadual de educação básica pública.

Segundo o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), o Caminho da Escola é voltado a estudantes da rede pública de educação básica residentes, prioritariamente, em áreas rurais.

O programa oferece diversos tipos de ônibus, lanchas e bicicletas fabricados especialmente para o tráfego nestas regiões. Os veículos devem atender a critérios de segurança e qualidade para garantir o acesso diário e a permanência dos estudantes tanto nas salas de aula como em atividades pedagógicas, esportivas, culturais ou de lazer previstas no plano pedagógico e realizadas fora do ambiente escolar.

Acesso

Os gestores educacionais são os responsáveis pela aquisição dos veículos. A compra da frota pode ser feita de três maneiras: assistência financeira do FNDE no âmbito do Plano de Ações Articuladas (PAR), conforme disponibilidade orçamentária consignada na Lei Orçamentária Anual; recursos próprios; e linha de crédito do junto a instituições financeiras, exceto para bicicletas. Os gestores devem aderir à ata respectiva no Sistema de Gerenciamento de Adesão a Registro de Preços – Sigarp

Edição: Kleber Sampaio

Fonte: EBC Educação

Continue lendo

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana