conecte-se conosco


Mato Grosso

Índios da etnia Xavante recebem cestas básicas e cobertores do Governo do Estado

Publicado


.

A etnia xavante na Terra Indígena de Sangradouro, localizada entre os municípios de Primavera do Leste e Barra do Garças, a 241 e 516 km de Cuiabá, respectivamente, recebeu 400 cestas básicas e cobertores da campanha “Vem Ser mais Solidário- MT unido contra o coronavírus” e do programa “Aconchego”.  As ações sociais do Governo do Estado são realizadas pela Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania (Setasc) e lideradas voluntariamente pela primeira-dama Virginia Mendes. 

A secretária da Setasc, Rosamaria Carvalho, e a secretaria adjunta de Cidadania da Setasc, Rosineide Porcionato, acompanharam pessoalmente a entrega dos alimentos e dos cobertores na maior aldeia da região. No local, há aproximadamente mil índios. 

“Estamos buscando auxiliar todas as pessoas que necessitam de ajuda nesse momento de crise. As doações de alimentos para os índios é também uma forma do Estado estar presente nessas comunidades. No início da campanha repassamos 3,5 mil  kits de alimentos e com materiais de limpeza para famílias indígenas em 35 municípios mato-grossenses”, pontuou. 

O cacique Alexandre Tsereptsé, explicou que a aldeia tem sofrido também com a doença e que, por isso, adotaram medidas de restrições para evitar a contaminação entre seus companheiros de tribo. “Estamos todos passando por um momento muito crítico. Leve minhas lembranças ao governador do Estado. O índio gosta de quem tratem bem os seus irmãos. Agradeço em nome de toda a comunidade de Sangradouro”, ressaltou.

Valeriano Râiwi’a Werehité, liderança na aldeia, contou que sempre acompanha de perto as experiências vividas por seus companheiros, na aldeia e nos relata da difícil missão de colocar alimento para todos em sua comunidade.

“Nós recebemos do governador do Estado de Mato Grosso, Mauro Mendes, a doação de 400 cestas básicas e cobertores. Em nome de todos indígenas de Sangradou, quero agradecê-lo governador, desejo saúde a toda sua família”, disse.

O padre Wanderson de Souza Gomes, da paróquia São José do Sangradouro que realiza missões na área indígena Xavante, explica que nesse momento de pandemia a situação está difícil para todos, inclusive para os índios.

“Com essa ajuda de cestas básicas e cobertores os índios se alegram por poder receber atenção do Governo que sempre os atende com carinho. Agradeço a primeira-dama Virginia Mendes por nos atender tão prontamente. É uma oportunidade para eles saírem menos para a cidade em busca de alimento e ajuda. Também para que a questão do vírus não se propague aqui na aldeia”, completou.

Para o seminarista Moacir Gomes de Arruda Filho, a ação realizada na aldeia é vista com muita alegria. “Receber uma doação desse porte proveniente do governo do Estado, através da Secretaria de Estado de Assistência Social e Cidadania, é para nós uma grande alegria. Brota em nosso coração uma gratidão tremenda estamos vivendo tempos difíceis, de luta, confiança e amadurecimento da nossa fé”, pontuou.

Fonte: GOV MT

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Gefron apreende quase 100kg de drogas; quatro suspeitos morrem após confronto

Publicado


.

Quatro pessoas morreram após trocarem tiros com o Grupo Especial de Segurança na Fronteira (Gefron) em uma ação de combate ao tráfico de drogas na fronteira entre Brasil e Bolívia. O caso ocorreu na madrugada deste domingo (27.08), nas proximidades do Rio Jauru, em Cáceres (228km de Cuiabá).

O local é conhecido pela travessia de “mulas humanas”, que fazem o transporte de drogas de um país a outro. Na ocasião, os operadores de fronteira faziam o patrulhamento rural da região, quando avistaram os suspeitos armados carregando mochilas onde posteriormente foram encontrados os entorpecentes.

Os suspeitos ignoraram o sinal de advertência da equipe e atiraram contra os policiais, que revidaram a injusta agressão. Após cessar o conflito, os operadores de fronteira fizeram a varredura local e encontraram os suspeitos caídos, que foram socorridos e encaminhados à unidade hospitalar, onde morreram.

Com os quatro suspeitos – dois brasileiros e dois bolivianos – foram encontrados 90kg de substância análoga a pasta base de cocaína; 3,2kg de cloridrato de cocaína; 5kg de ácido bórico e alimentos. Também foram apreendidos dois revólveres calibre .38; uma pistola calibre 9mm e uma pistola calibre .22.

A apreensão resultou em prejuízo ao crime de mais de R$ 2 milhões.

Antecedentes criminais

Durante checagem via base do Gefron, constatou-se que um dos suspeitos de nacionalidade boliviana era irmão de uma das pessoas que entrou em confronto com equipe do Gefron no dia 11 de agosto, quando quatro pessoas vieram a óbito na ocasião.

Além disso, um dos suspeitos possuía uma passagem por tráfico de drogas e outra por homicídio e outro suspeito possuía passagem por tráfico de drogas, tendo inclusive mandado de prisão em aberto e fuga de presídio.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Centro de Triagem Covid-19 atinge marca de 40 mil atendimentos

Publicado


.

Atendendo há dois meses, o Centro de Triagem Covid-19 já diagnosticou 40.177 pessoas. Os dados atualizados foram divulgados neste domingo (27) pela coordenação da unidade.

Desde 22 de julho, 7.144 pessoas testaram positivo para o novo coronavírus. Outras 21.006 tiveram resultado negativo e 12.027 foram considerados suspeitos de estarem com a Covid-19. Foram realizadas 3.056 tomografias, importante exame de avaliação dos pulmões dos pacientes infectados. 

A farmácia do Centro de Triagem entregou aos pacientes 19.171 kits de medicamentos para o tratamento precoce da doença. Os remédios foram receitados após realização de consulta com os médicos que atuam na unidade.

“O Governo do Estrado queria um espaço em que as pessoas pudessem receber o tratamento precoce com orientação e atendimento médico. Durante dois meses trabalhamos intensamente. A Arena Pantanal está sendo procurada diariamente para realização dos testes”, explicou a coordenadora Caroline Dobes.

Como funciona o Centro de Triagem

O atendimento funciona de segunda-feira a domingo, das 7h às 17h. São entregues até 800 senhas por dia, sendo 500 emitidas pela internet, pelo link: triagem.mt.gov.br, além de 400 senhas presenciais, entregues no local, das 6h às 6h45.

A unidade conta com equipe de 20 médicos que atendem adultos com sintomas leves da Covid-19. Para casos graves, as referências continuam sendo as unidades da Atenção Primária, que regulam pacientes para os Hospitais de Referência no tratamento da doença.

É obrigatório o uso de máscaras de proteção e as equipes do Corpo de Bombeiros monitoram o local para garantir a organização do espaço durante a entrega das senhas.

Serviço

O Centro de Triagem na Arena Pantanal fica localizado na Av. Agrícola Paes de Barros, s/n – Verdão, em Cuiabá.

 

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana