conecte-se conosco


Geral

Imóveis, carro e empresas são bloqueados em ação de R$ 805 mil contra acusada por acidente que matou cantor

Publicado

Ramon foi atropelado junto com duas amigas na avenida Isaac Póvoas, no Centro de Cuiabá

O juiz Yale Sabo Mendes, da Sétima Vara Cível de Cuiabá, determinou bloqueio de dois imóveis, um veículo e duas empresas ligadas à bióloga Rafaela Screnci da Costa Ribeiro, apontada como a motorista que causou o acidente que matou o cantor Ramon Viveiros, 25 anos, próximo à boate Valley, na avenida Issac Póvoas, em Cuiabá. A decisão atende uma ação da família de Ramon, que pede indenização de R$ 805 mil.

Assinam a ação o pai de Ramon, o procurador aposentado do Ministério Público Estadual (MPE) Mauro Viveiros, a esposa dele, Regina Revertido Viveiros, e os outros dois filhos do casal, Mauro Viveiros Filho e Victoria Regina Viveiros.

O magistrado determinou a expedição de ofício à Junta Comercial do Estado de Mato Grosso para inscrever o arresto das cotas sociais da empresa Manoel Randolfo da Costa Ribeiro Eireli-ME, com capital social integralizado de R$ 110 mil, e da empresa Manoel Randolfo da Costa Ribeiro EIRELI-ME, nome de fantasia “Digo Grill”. Ambas estão localizadas no Jardim Itália, bairro de classemédia alta, em Cuiabá.
Também foi determinado  a notificação aos Cartórios do 2º e 6º Ofícios de Registro de Imóveis da Capital, para que procedam a averbação do arresto em duas matrículas, além do bloqueio de um veículo Nissan Kicks ano 2017.

No acidente, ocorrido em 23 de dezembro de 2018, foram vítimas além de Ramon, a estudante de Direito, Myllena de Lacerda Inocêncio, de 22 anos, e Hya Giroto Santos, 21 anos.

Rafaela Screnci, que aparece como réu na ação, dirigia o veículo Renault Oroch que atropelou os três jovens. Ramon morreu após ficar 5 dias internado e Myllena morreu no local do acidente. Hya Giroto foi a única sobrevivente, após ficar várias semanas internada em estado grave e sofrer várias cirurgias.

Conforme a Delegacia Especializada de Delitos de Trânsito (Delatran), a motorista apresentava ‘visível estado de embriaguez’.

Rafaela foi presa em flagrante e autuada no plantão da Polícia Civil pelos crimes de homicídio culposo na direção de veículo e lesão corporal culposa na direção de veículo. Ela pagou fiança e foi posta em liberdade no dia seguinte ao acidente, 24 de dezembro.

publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Geral

Idosa de 61 anos morre por coronavírus em VG, que chega a dez óbitos

Publicado


Paciente era hipertensa e diabética

O Comitê de Enfrentamento ao Novo Coronavírus (COVID 19) e a Secretaria Municipal de Saúde, ambos de Várzea Grande, informam o óbito da 10ª vítima da Covid-19 na cidade. A paciente Maria Dorotéia, de 61 anos, veio a óbito no último dia 25 de maio, com quadro clínico da pandemia.

No entanto,os exames só ficaram pronto nesta quinta-feira (28) e confirmara a morte pelo coronavírus. A paciente é moradora do bairro Mapim.

Ela era portadora comorbidades como hipertensão arterial e diabetes e procurou a UPA Ipase com febre, tosse seca, coriza sem dispnéia após relato de seis dias de sintomas. O quadro evoluiu para esforço respiratório levando a óbito.
O Comitê de Enfrentamento e a Secretaria Municipal de Saúde, ambos de Várzea Grande, reforçam a importância do isolamento social e home office para aqueles que podem e para os que necessitam sair para trabalhar que
adotem as medidas de segurança como distância de 1,5 metros entre as pessoas, uso continuo de máscaras e luvas quando necessário, bem como, meios de higienização rigorosos como água e sabão e álcool gel.

Continue lendo

Geral

Mato Grosso registra 7 mortes em 24 horas e ultrapassa 2 mil casos de coronavírus; 69 pacientes estão na UTI

Publicado

De acordo com o Boletim Informativo da SES, 1.273 pacientes estão em isolamento domiciliar, 134 hospitalizados e 624 já estão recuperados

A Secretaria Estadual de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta quinta-feira (28), 2.085 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 54 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado. As sete mortes mais recentes confirmadas envolveram residentes de Várzea Grande, Cuiabá, Alta Floresta, Jauru, Jangada e Rondonópolis.

Dentre os 20 municípios com maior número de casos de Covid-19, estão: Cuiabá (655), Várzea Grande (203), Rondonópolis (162), Tangará da Serra (98), Primavera do Leste (89), Barra do Garças (70), Lucas do Rio Verde (64), Confresa (64), Sorriso (59), Sinop (45), Rosário Oeste (38), Jaciara (36), Alta Floresta (36), Pontes e Lacerda (27), Nova Mutum (27), Peixoto de Azevedo (25), Cáceres (25), Campo Verde (24), Querência (15) e Nova Ubiratã (15).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada no Boletim anexado à essa matéria.

Nas últimas 24 horas, surgiram 177 novas confirmações em Alta Floresta (4), Aripuanã (1), Barra do Garças (3), Cáceres (3), Campo Novo do Parecis (4), Campo Verde (2), Confresa (15), Cotriguaçu (2) Cuiabá (44), Jaciara (2), Lucas do Rio Verde (5), Matupá (2), Mirassol D’Oeste (1), Nova Mutum (3), Nova Olímpia (1), Nova Ubiratã (9), Novo Mundo (3), Paranaíta (1), Pedra Preta (1), Pontes e Lacerda (5), Ponto Esperidião (2), Primavera do Leste (5), Rondonópolis (14), Santo Antônio (1), Sinop (2), Sorriso (10), Tangará da Serra (14), Várzea Grande (10), Vila Rica (1) e municípios de outros estados (4).

O setor técnico informou que foi corrigido um caso de duplicidade em Campo Verde. Além disso, o óbito anteriormente notificado em Cuiabá passou a ser contabilizado em Várzea Grande, município de residência da vítima.

Dos 2.085 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 1.273 estão em isolamento domiciliar e 624 estão recuperados. Há ainda 134 pacientes hospitalizados, sendo 69 em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e 65 em enfermaria.

No boletim, a SES também divulga que a rede do Sistema Único de Saúde (SUS) dispõe, atualmente, de 256 leitos de UTI e 864 leitos de enfermaria especificamente para pacientes com coronavírus no Estado.

Considerando o número total de casos em Mato Grosso, 50,3% dos diagnosticados são do sexo feminino e 49,7% masculino; além disso, 598 pacientes têm faixa-etária entre 31 a 40 anos. O documento ainda aponta que um total de 6.718 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 405 amostras em análise laboratorial.

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada diariamente pela SES disponível neste link, a partir das 17h.

Cenário nacional

Até a última quarta-feira (27), o Governo Federal confirmou 411.821 casos da Covid-19 no Brasil e 25.598 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, divulgado pelo Ministério da Saúde, o país contabilizava 24.512 mortes e 391.222 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus. Até o fechamento deste material, não foram atualizados os dados desta quinta-feira (28).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes. Ficar em casa quando estiver doente;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

 

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana