conecte-se conosco


Curiosidades

Igreja dos EUA mobiliza pessoas para tentar ressuscitar criança de 2 anos

Publicado

Olive arrow-options
Reprodução/Instagram

Olive, de 2 anos, foi declarada como morta pelos médicos

Uma igreja dos Estados Unidos tem causado polêmica após a hashtag #WakeUpOlive (#AcordeOlive) ter viralizado nas redes sociais. No Instagram e no Twitter, fiéis da Bethel Church compartilham vídeos e mensagens pedindo a ressurreição de Olive, uma criança de 2 anos que foi declarada como morta pelos médicos após ter uma parada respiratória na cidade de Redding, na Califórnia. 

Leia também: Banhistas encontram perna que pode ser de homem que foi devorado por tubarão

Há cinco dias, os fiéis se reúnem na igreja e cantam músicas pedindo que a criança volte a viver. Os vídeos no Instagram chegaram a quase 500 mil visualizações em menos de 24 horas. Em um deles, pessoas ajoelhadas cantam e pedem “Olive, saia desta cova”. Assista: 


Nas redes sociais, a mãe de Olive, Kalley Heili publica mensagens afirmando que está na hora da filha “voltar a vida”. “Estamos pedindo oração. Acreditamos em um Jesus que morreu e derrotou conclusivamente todas as sepulturas, segurando as chaves do poder da ressurreição. Precisamos disso para a nossa pequena Olive Alayne, que parou de respirar ontem e foi declarada morta pelos médicos. Estamos pedindo orações ousadas e unificadas da igreja global para permanecerem conosco na crença de que Ele ressuscitará essa menininha de volta à vida. Seu tempo aqui não terminou, e é nossa hora de acreditar com ousadia, e com confiança empunhar o que o rei Jesus pagou. Está na hora de ela voltar à vida”, escreveu Kalley. 

O pastor da Bethel Church , Bill Johnson, também publicou um vídeo em que afirma que acredita no poder de Deus para ressuscitar Olive. “A razão pela qual Jesus ressuscitou dos mortos é porque nem todo mundo morre no tempo de Deus”, afirmou. 

Leia também: Homem tira tênia de 10 metros do próprio ânus ao ir ao banheiro

No Instagram, a igreja publica mensagens convocando os fiéis para orar pela ressurreição de Olive e ainda os convida para ajudar financeiramente. Uma vaquinha foi criada para arrecadar 100 mil dólares com o objetivo de “custear despesas médicas”. Já foram arrecadados 43 mil em quatro dias.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Curiosidades

Mulher filma peça de carne “se mexendo” e viraliza; veja vídeo

Publicado


source
pedaço de carne
Tero / Twitter

Pedaço de carne parecia pulsar em cima de tábua

Registrado no estado de Pahang, na Malásia , o vídeo de uma peça de carne “se mexendo” em uma tábua de cortar viralizou nas redes sociais na terça-feira (4), poucos dias após a publicação feita por uma artista identificada como Tero no twitter.

“Por que a carne está se mexendo? Minha mãe está se recusando a cozinhar ela porque está com medo”, afirmou a mulher na publicação. Em seguida, ela ainda brincou e disse: “nós estamos só fingindo que isso não aconteceu”.

Em pouco tempo, alguns seguidores informaram que o vídeo registrava um fenômeno “natural” das carnes extremamente frescas. Elas ficariam pulsando por algum tempo até que as terminações nervosas do músculo parassem de funcionar.

“Ficamos chocadas porque não sabíamos sobre este fenômeno. Ela parou de mexer quando minha mãe decidiu colocar a carne no congelador”, afirmou. Apesar disso, a autenticidade do vídeo viral ainda não foi confirmada. Veja, abaixo, registro publicado por Tero:


Continue lendo

Curiosidades

Pesquisadores descobrem fungo que transforma cigarras em “zumbis”

Publicado


source
Cigarra
Pixabay

Fungo consome parte do corpo das cigarras.

Um grupo de pesquisadores dos Estados Unidos descobriram que uma população de cigarras está sendo infectada por um fungo parasita que as controlas e faz com que infectem outras espécies. Os grupos infectados foram apelidadas de “cigarras zumbis”.

Elas foram infectadas e estão sob influência do Massospora, um fungo com substâncias químicas similares às encontradas em cogumelos alucinógenos. Depois de infectar o hospedeiro, o fungo corre os órgãos genitais, a bunda e o abdômen das cigarras. Eles são subsistuídos por esporos que transmitem o fungo.

As cigarras infectadas pelo fungo foram descobertas em junho deste ano por pesquisadores da Universidade de West Virginia. Ao todo, foram encontradas três populações diferentes que entraram em contato com o fungo.

Entretanto, como as cigarras tem ciclos de vida de até 17 anos, mas vivem no subsolo por mais de uma década, os pesquisadores acreditam que será difícil estudar como o fungo age nos animais.

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana