conecte-se conosco


Economia

IGP-DI registra inflação de 0,85% em novembro, diz FGV

Publicado

O Índice Geral de Preços – Disponibilidade Interna (IGP-DI) – teve inflação de 0,85% em novembro deste ano, taxa maior do que a de outubro, de 0,55%. De acordo com a Fundação Getulio Vargas (FGV), o índice acumula taxas de inflação de 5,85% no ano e de 5,38% em 12 meses.

A alta da taxa na passagem de outubro para novembro foi puxada pelo atacado e pelo varejo. O Índice de Preços ao Produtor Amplo, que mede o atacado, subiu de 0,84% para 1,11% no período.

Já o Índice de Preços ao Consumidor, que mede o varejo e que havia registrado deflação (queda de preços) de 0,09% em outubro, passou a ter uma inflação de 0,49% em novembro. Por outro lado, a inflação do Índice Nacional de Custo da Construção caiu de 0,18% em outubro para 0,04% em novembro.

Edição: Maria Claudia

Fonte: EBC Economia
Leia Também:  BC: taxa de pagamento do cartão de crédito chegou a 79% em dezembro
publicidade
Clique para comentar

Deixe um comentário

Please Login to comment
avatar
  Subscribe  
Notify of

Economia

Mato Grosso está otimista com mercado da carne em 2020; setor discute avanços

Publicado

Segundo dados apresentados pelo Instituto Mato-Grossense de Economia Agropecuária (Imea), referente ao ano de 2019, MT aumentou em 11,16% o seu rebanho, alcançando as 30,34 milhões de cabeças de gado. O destaque ficou para o abate de fêmeas, que representou 43,3% do total, e para a precocidade, com o aumento anual de quase 20% no abate de novilhas (12 a 24 meses de idade), totalizando 445,40 mil cabeças. com relação aos machos, foram abatidos 3,22 milhões de cabeças em 2019, com avanço de 6,2% sobre a quantidade do ano anterior (3,03 milhões de cabeças). No total, Mato Grosso abateu 5,69 milhões de cabeças em 2019, volume 5,24% maior do que o alcançado em 2018, de 5,41 milhões de cabeças.

Vislumbrando o crescimento da pecuária nacional, a Biogénesis Bagó, uma das empresas líderes na América Latina na produção de soluções para a saúde animal, em parceria com a Celeiro Carnes Especiais, CRV Lagoa, Phibro, Acrimat e Rehagro, promove o evento “Fronteiras Produtivas – Produzir sempre, mais e melhor”, que esta acontecendo nesta quinta-feira (23), no Malai Manso Resort, localizado na Chapada dos Guimarães (MT).

Leia Também:  Natal sem dívidas: feirão on-line começa amanhã em 11 capitais

Com auditório lotado, a mesa redonda conta com a participação do Diretor Presidente do Grupo Celeiro Carnes, Marco Tulio Duarte Soares; do Country Manager da Phibro, Mauricio Graziani; do Gerente de Negócios em Gado de Corte da Rehagro, Diego Palucci; do CEO da Biogénesis Bagó, Esteban Turic; do Gerente Executivo de Desenvolvimento de Mercado na CRV Lagoa, Cesar Franzon e do pecuarista e Vice-Presidente da ACRIMAT, Amarildo Merotti.

Melhorar a performance do estado e consequentemente do Brasil é um grande desafio para todos os envolvidos. “O objetivo é reunir os elos mais importantes da cadeia pecuária para discutir os desafios, necessidades e oportunidades a fim de diminuir a lacuna existente entre o que se tem hoje de produção e o que se espera alcançar para atendermos a demanda do mercado mundial”, explica o Country Manager da Biogénesis Bagó, Marcelo Bulman um dos promovedores desta inciativa.

Continue lendo

Economia

Confiança do empresário é a maior desde junho de 2010, diz CNI

Publicado

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (Icei) subiu para 65,3 pontos em janeiro. Com a alta de 1 ponto em relação a dezembro de 2019, o indicador está 10,5 pontos acima da média histórica e é o maior desde junho de 2010.Os dados são da pesquisa divulgada hoje (23) pela Confederação Nacional da Indústria (CNI).

Os indicadores variam de zero a cem pontos. Quando estão acima de 50, mostram que os empresários estão confiantes. Quanto maior o índice, maior e mais disseminada é a confiança. O Icei é maior nas grandes empresas, segmento em que subiu para 66,4 pontos neste mês. Nas médias, o Icei é de 64,9 pontos e, nas pequenas, de 63,4 pontos.

“A confiança elevada se baseia não somente nas expectativas para os próximos seis meses, como também no sentimento de melhora da situação econômica corrente”, diz a pesquisa.

De acordo com a CNI, o índice que mede a percepção dos empresários sobre as condições atuais dos negócios e da economia aumentou 0,9 ponto frente a dezembro e ficou em 59 pontos em janeiro, o maior nível desde junho de 2010. O índice de expectativas subiu 1 ponto em relação ao mês passado e está em 68,4 pontos. Na avaliação da CNI, isso mostra que os empresários estão otimistas em relação ao desempenho das empresas e da economia nos próximos seis meses.

Leia Também:  BNDES e Reino Unido vão cooperar na área de finanças verdes

“Os empresários estão mais otimistas porque percebem melhoras no ambiente de negócios. Os juros e a inflação estão menores e há um aumento da demanda e da produção. Desde o fim do ano passado, há uma melhora da atividade”, afirmou, em nota, o economista da CNI Marcelo Azevedo.

“Além disso, os empresários acreditam que esse ambiente vai melhorar nos próximos seis meses. Por isso, a confiança começa o ano em alta”, completou Azevedo. Segundo o economista, a confiança elevada é condição necessária para aumentar a produção, os investimentos e o emprego.

De acordo com a pesquisa, a confiança é maior entre os empresários do Sul. Na região, o Icei de janeiro ficou em 67,2 pontos. Em seguida, vem a região Norte, onde o indicador alcançou 65 pontos. No Nordeste, o Icei foi de 64,5 pontos, e no Sudeste e Centro-Oeste, de 64,6 pontos.

O levantamento também mostra que o otimismo é maior entre os empresários da indústria de transformação. Nesse segmento, o Icei alcançou 65,7 pontos em janeiro. Na indústria extrativa, foi de 63,7 pontos e, na construção, de 64 pontos.

Leia Também:  Natal sem dívidas: feirão on-line começa amanhã em 11 capitais

Esta edição do Icei foi feita entre os dias 6 e 17 deste mês com 2.458 empresas de todo o país. Dessas, 921 são pequenas, 917 são médias e 620 são de grande porte.

Edição: Valéria Aguiar

Fonte: EBC Economia
Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana