conecte-se conosco


Mato Grosso

Ícone da defesa da Amazônia, dos direitos humanos e dos povos indígenas, Casaldáglia morre os 92 anos

Publicado

O bispo emérito Dom Pedro Casaldáliga morreu na manhã deste sábado (08.ago.2020) aos 92 anos. Ele estava internado desde o fim de julho na unidade de terapia intensiva da Santa Casa de Batatais, em São Paulo, por problemas respiratórios.

Casaldáliga realizou o exame para detectar a infecção por covid-19, mas o resultado foi negativo. Ele sofria do mal de Parkinson e teve tuberculose no ano passado.

Nascido em 16 de fevereiro de 1928 em Balsanery, na comunidade de Catalúnia, na Espanha, chegou ao Brasil em 1968. Chamado de “padre do povo”,  tornou-se conhecido por seus posicionamentos políticos em defesa dos direitos humanos e da Amazônia.

Participou da Pastoral da Terra e atuou em defesa dos indígenas e trabalhadores agrários. Também foi personagem importante no enfrentamento à ditadura militar.

Foi 1 dos responsáveis pela criação da Cimi (Conselho Indigenista Missionário) na década de 1970. Atuou por anos na Prelazia de São Félix, no Xingu. Também atuou contra casos de trabalho escravo e em defesa da floresta amazônica.

Recentemente, assinou com outros 3 bispos e arcebispos uma carta com críticas ao presidente Jair Bolsonaro. O texto fala em “omissão, apatia e rechaço pelos mais pobres” no enfrentamento à pandemia de covid-19, além de “incapacidade e inabilidade para enfrentar a crise” instaurada no país.

Várias personalidades políticas prestaram condolências e homenagens nas redes sociais. Entre os que se manifestaram estão as deputadas Erika Kokay (PT-DF), Sâmia Bomfim (Psol-SP) e Benedita da Silva (PT-RJ) e o senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP).

O velório será realizado em 3 locais. Neste sábado, a partir das 15h, na capela do Claretiano em Batatais. No santuário dos Mártires em Ribeirão de Cascalheira, a partir de 10 de agosto e no Centro Comunitário Tia Irene em São Félix do Araguaia, onde o corpo será sepultado.

publicidade
Clique para comentar

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mato Grosso

Segunda-feira (28): Mato Grosso registra 121.762 casos e 3.423 óbitos por Covid-19

Publicado


A Secretaria de Estado de Saúde (SES-MT) notificou, até a tarde desta segunda-feira (28.09), 121.762 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, sendo registrados 3.423 óbitos em decorrência do coronavírus no Estado.

Foram notificadas 1.388 novas confirmações de casos de coronavírus no Estado. Dos 121.762 casos confirmados da Covid-19 em Mato Grosso, 15.238 estão em isolamento domiciliar e 102.383 estão recuperados.

Entre casos confirmados, suspeitos e descartados para a Covid-19, 244 internações em UTIs públicas e 246 em enfermarias públicas. Isto é, a taxa de ocupação está em 58,10% para UTIs adulto e em 28% para enfermarias adulto.

Dentre os dez municípios com maior número de casos de Covid-19 estão: Cuiabá (23.740), Várzea Grande (8.999), Rondonópolis (8.842), Lucas do Rio Verde (5.481), Sorriso (5.163), Sinop (5.149), Tangará da Serra (4.930), Primavera do Leste (4.008), Cáceres (2.831) e Campo Novo do Parecis (2.691).

A lista detalhada com todas as cidades que já registraram casos da Covid-19 em Mato Grosso pode ser acessada por meio do Painel Interativo da Covid-19, disponível neste link.

O documento ainda aponta que um total de 97.706 amostras já foram avaliadas pelo Laboratório Central do Estado (Lacen-MT) e que, atualmente, restam 558 amostras em análise laboratorial.

Cenário nacional

No último domingo (27), o Governo Federal confirmou o total de 4.732.309 casos da Covid-19 no Brasil e 141.741 óbitos oriundos da doença. No levantamento do dia anterior, o país contabilizava 141.406 óbitos e 4.717.991 casos confirmados de pessoas infectadas pelo coronavírus.

Até o fechamento deste material, o Ministério da Saúde não divulgou os dados atualizados de segunda-feira (28).

Recomendações

Atualmente, não existe vacina para prevenir a infecção pelo novo coronavírus. A melhor maneira de prevenir a infecção é evitar ser exposto ao vírus. Os sites da SES e do Ministério da Saúde dispõem de informações oficiais acerca do novo coronavírus. A orientação é de que não sejam divulgadas informações inverídicas, pois as notícias falsas causam pânico e atrapalham a condução dos trabalhos pelos serviços de saúde.

O Ministério da Saúde orienta os cuidados básicos para reduzir o risco geral de contrair ou transmitir infecções respiratórias agudas, incluindo o novo coronavírus. Entre as medidas estão:

– Lavar as mãos frequentemente com água e sabão por pelo menos 20 segundos. Se não houver água e sabão, usar um desinfetante para as mãos à base de álcool;
– Evitar tocar nos olhos, nariz e boca com as mãos não lavadas;
– Evitar contato próximo com pessoas doentes;
– Cobrir boca e nariz ao tossir ou espirrar com um lenço de papel e jogar no lixo;
– Limpar e desinfetar objetos e superfícies tocados com frequência.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Mato Grosso

Escola Estadual realiza concursos de cartazes e distribui mudas de ipê para alunos

Publicado


O dia da árvore não passou em branco na Escola Estadual Filogônio Correa, no Distrito de Nossa Senhora da Guia, em Cuiabá. Alunos e professores realizaram o 1º Concurso de Cartazes com o tema: preservar o meio ambiente é preservar a vida. Em parceria com a Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer), foram distribuídas 80 mudas de ipês, árvore nativa do cerrado, aos alunos que realizaram os trabalhos – bastava fazer a inscrição de seus cartazes para levar a planta. A ação ocorreu neste sábado de manhã e contou com o distanciamento social.

Conforme a diretora Joelma Adriana Teixeira, houve respeito às normas de segurança com os alunos passando na escola para a entrega dos cartazes e recebendo a muda de ipê. “Foi marcado o horário das 7h30 as 11h30 para entrega dos trabalhos. O resultado foi divulgado pelo Facebook da escola ao vivo. Com isso, evitamos aglomeração”, salienta. Foram premiadas oito categorias, com aluno e professor ganhando um prêmio surpresa além de muda de Ipê.

A avaliação dos trabalhos foi realizada por três convidados especiais -, a assessora pedagógica Rosangela Roquete, a professora de artes Sonia Cristina de Jesus Gama e o engenheiro agrônomo, extencionista rural do escritório metropolitano da Empaer, Lucas Stevão da Silva Freire. Foram premiados dois trabalhos por categoria, com alunos e seus professores conselheiros.

A diretora destaca que a proposta do concurso é fazer com que os alunos e seus familiares identifiquem quais os problemas ambientais estão destruindo a natureza. Para reverter, é preciso mudar o comportamento e ter conscientização da população sobre o papel de cada um para termos um ambiente saudável e justo para todos.

“O resultado foi excelente, pois superou nossas expectativas, por se tratar de trabalho não presencial. Usamos a tecnologia para a divulgação e, com isso, evitamos aglomeração”, comemora.

A ação ambiental fez parte das comemorações ao dia da árvore, celebrado no 21 de setembro, valeu como sábado letivo do calendário escolar de setembro e também como atividades complementares das aulas não presenciais planejadas no Plano Pedagógico Estratégico de Atendimento Escolar (PPEAE) da unidade escolar.

Confira os alunos e professores premiados

Aluna do 4° A: Bianca Eduarda Leal.

Professora: Sirlene Angela da Silva

Aluna do 6° ano A: Hillary Silva.

Professor:

Gildo Rodrigues Teixeira

Aluno do 8° ano C. Davi Wasmiiller.

Professor: Edinei Valentim Neves Santos

Aluna do 9°ano B. Alessandra Rosinha.

Professor: Gildo Rodrigues Teixeira

Aluna do 3° ano B. E.M Regular: Jéssica Anunciação.

Professora: Paula Valéria de Carvalho Brito;

Aluna do 1°ano A E.M Regular: Geovana Cristina M. Fernandes.

Professor: Adnilson Augusto Da Silva Pinto;

Aluna do 1° ano E.M Campo: Kamile da Silva Santiago.

Professora: Shirley Marques de Souza.

Aluna do 3° ano E.M Campo: Ana Beatriz da Silva Costa.

Professor: José Pedro da Costa.

Fonte: GOV MT

Continue lendo

Envie sua denúncia

Clique no botão abaixo e envie sua denuncia para nossa equipe de redação
Denuncie

Política MT

Policial

Mato Grosso

Esportes

Entretenimento

Mais Lidas da Semana